Ir para conteúdo

OS JOVENS PERGUNTAM

O que posso fazer quando estou aborrecido?

O que posso fazer quando estou aborrecido?

Para algumas pessoas, não há nada pior do que ficar trancado em casa num dia de chuva, sem nada para fazer e sem saber onde ir. Um jovem chamado Robert diz: “Quando isso acontece, fico parado a olhar para o nada, sem saber o que fazer.”

Já te sentiste assim? Então, este artigo é para ti!

 O que deves saber

  • A tecnologia nem sempre ajuda.

    Navegar na Internet pode ser uma maneira de passar o tempo, mas isso também pode atrapalhar a tua criatividade e, assim, alimentar o tédio. Jeremy, de 21 anos, diz: “Tu percebes que estás só a olhar para um ecrã sem pensar em nada.”

    Elena concorda: “Existe um limite do que podes fazer com a tecnologia. Ela tira-te do mundo real. Mas, depois, quando largas o computador ou o telemóvel, sentes-te ainda mais aborrecido!”

  • A tua atitude faz diferença.

    Será que simplesmente teres muitas coisas para fazer vai impedir que te aborreças? Tudo vai depender do quanto te interessas por aquilo que estás a fazer. Por exemplo, uma jovem chamada Karen relembra: “Para mim, a escola era muito aborrecida, embora eu tivesse muita coisa para fazer. Se não quiseres ficar entediado, tens de estar bem envolvido no que estás a fazer.”

Sabias? “Não ter nada para fazer” não é uma coisa má. É uma oportunidade. Pode ser um solo fértil para a criatividade.

Ter tempo é como um solo fértil onde a criatividade pode crescer

 O que podes fazer

Amplia os teus horizontes. Faz novos amigos. Encontra um novo passatempo. Pesquisa coisas novas. Pessoas que gostam de fazer várias coisas dificilmente ficam entediadas quando estão sozinhas, e dificilmente são entediantes quando estão com outras pessoas.

Princípio bíblico: “Tudo o que te vier à mão para fazer, fá-lo com toda a tua força.” — Eclesiastes 9:10.

Há pouco tempo comecei a aprender chinês mandarim. Estudar chinês todos os dias fez-me ver que sentia falta de aprender algo assim. Eu gosto imenso de ter um projeto a que me dedicar. A minha mente fica envolvida, e isso ajuda-me a usar melhor o meu tempo.— Melinda.

Concentra-te no teu objetivo. Quando vês um objetivo naquilo que estás a fazer, isso vai tornar-se mais interessante para ti. Até os trabalhos da escola podem ser menos aborrecidos quando tu sabes qual é o teu objetivo.

Princípio bíblico: “Não há nada melhor para o homem do que [...] desfrutar do seu trabalho árduo.” — Eclesiastes 2:24.

Quando estava a terminar a escola, eu estudava oito horas por dia, todos os dias, para conseguir recuperar a matéria em atraso. Se eu achava isso aborrecido? Não, porque estava decidida a alcançar o meu objetivo: passar de ano! Foi isso que me deu gás para continuar.” — Hannah.

Aceita o que não podes mudar. Até as atividades mais interessantes têm alguma parte chata. E até os melhores amigos podem cancelar os planos e deixar-te sem nada para fazer. Quando isso acontecer, não te faças de vítima, nem alimentes sentimentos negativos. Em vez disso, tenta ser uma pessoa positiva.

Princípio bíblico: “Quem é alegre de coração tem sempre um banquete.” — Provérbios 15:15.

“Uma amiga disse-me para aprender a aproveitar o tempo que passo sozinha. Ela disse que saber equilibrar o tempo que passo sozinha e o tempo em que estou com outras pessoas é uma coisa que todos deveriam saber fazer.” — Ivy.