Ir para conteúdo

OS JOVENS PERGUNTAM

Será que o ocultismo é apenas uma diversão inofensiva?

Será que o ocultismo é apenas uma diversão inofensiva?

O que achas?

  • Será perigoso consultar o horóscopo, tabuleiros ouija ou videntes?

  • Serão as histórias do ocultismo apenas ficção – uma representação da luta entre o bem e o mal – ou algo mais?

Este artigo vai analisar porque é que o ocultismo pode parecer atraente e porque precisas de ter cuidado.

 Por que motivos o ocultismo é atraente?

A indústria do entretenimento tem ganhado muito dinheiro por produzir filmes, programas de televisão, videojogos e livros que dão destaque ao ocultismo. Em resultado disso, muitos jovens passaram a interessar-se por coisas tais como astrologia, demónios, vampiros e bruxaria. Porquê? Algumas razões são:

  • Curiosidade: Para descobrir se realmente existe um mundo espiritual;

  • Preocupação: Para tentar saber o que vai acontecer no futuro;

  • Comunicação: Para tentar falar com alguém querido que morreu.

Estas razões não são necessariamente erradas. Por exemplo, é natural pensar no futuro ou sentir saudade de alguém querido que morreu. Mas precisas de conhecer os perigos do ocultismo.

 Porque é que deves ter cuidado?

A Bíblia dá fortes avisos contra qualquer coisa relacionada com o ocultismo. Por exemplo, ela diz:

“Não se deve encontrar no teu meio alguém que [...] empregue adivinhação, ou que pratique magia, ou que procure presságios, ou um feiticeiro, ou alguém que prenda outros com encantamento, ou que consulte quem invoca espíritos, ou um adivinho, ou alguém que consulte os mortos. Pois quem faz estas coisas é detestável para Jeová.” — Deuteronómio 18:10-12.

Porque é que a Bíblia condena o ocultismo desta maneira?

  • O ocultismo torna-nos aliados dos demónios. A Bíblia ensina que alguns anjos se rebelaram contra Deus e se tornaram seus inimigos. (Génesis 6:2; Judas 6) Estes anjos maus, chamados demónios, usam médiuns espíritas, videntes, adivinhos e astrólogos para enganar as pessoas. Se praticarmos estas coisas, seremos amigos dos inimigos de Deus.

  • O ocultismo promove a mentira de que alguns humanos podem prever o futuro. Mas apenas Deus pode dizer o seguinte: “Desde o princípio anuncio o final, e desde os tempos antigos as coisas que ainda não foram feitas.” — Isaías 46:10; Tiago 4:13, 14.

  • O ocultismo promove a mentira de que os mortos podem comunicar-se com os vivos. Mas a Bíblia diz: “Os mortos não sabem absolutamente nada [...]. Não há trabalho, nem planeamento, nem conhecimento, nem sabedoria na Sepultura.” — Eclesiastes 9:5, 10.

Por estas razões, as Testemunhas de Jeová evitam práticas relacionadas com o ocultismo. Evitam também diversão que contém coisas tais como zombies, vampiros ou atividade paranormal. “Se [um programa] contém qualquer coisa ligada ao ocultismo”, diz uma jovem chamada Maria, “então não devo ver.” *

Assim como um criminoso tenta enganar-te por te fazer pensar que é outra pessoa, os demónios fingem ser alguém querido que já morreu.

 O que podes fazer

  • Toma a decisão de “manter uma consciência limpa” perante Jeová e evita qualquer prática ou diversão que envolva o ocultismo. — Atos 24:16.

  • Deita fora qualquer coisa que esteja relacionada com o ocultismo. Lê Atos 19:19, 20 e aprende do bom exemplo dos cristãos do primeiro século.

Lembra-te: quando evitas práticas e diversão que envolvem o ocultismo, mostras que estás do lado de Jeová. E isso deixa-o feliz! — Provérbios 27:11.

^ par. 24 Isto não quer dizer que todas as histórias de fantasia promovam diretamente o ocultismo. Mas os cristãos usam a sua consciência treinada pela Bíblia para evitar qualquer prática ou diversão que o faça. — 2 Coríntios 6:17; Hebreus 5:14.