Ir para conteúdo

OS JOVENS PERGUNTAM

Tenho muitos trabalhos de casa – e agora?

Tenho muitos trabalhos de casa – e agora?

“É muito cansativo ficar acordado até à 01h00 da manhã a fazer trabalhos de casa. Só dá vontade de ir para a cama.” — David.

“Às vezes, eu ficava a estudar até às 04h30 da manhã e depois levantava-​me às 06h00 para ir para a escola. Era ridículo!” — Theresa.

Sentes que te estás a afogar em trabalhos de casa? Se te sentes assim, este artigo pode ajudar-​te a voltar à superfície para respirar.

 Porque é que os professores mandam trabalhos de casa?

Entre outras coisas, os trabalhos de casa:

  • dão-​te mais conhecimento;

  • ensinam-​te a ser responsável;

  • melhoram a tua capacidade de gerir o tempo;

  • ajudam-​te a entender e a aplicar o que aprendeste nas aulas.​ *

“Mandar trabalhos de casa é uma maneira de os professores se assegurarem de que os alunos vão praticar aquilo que aprenderam, em vez de a matéria simplesmente entrar por um ouvido e sair pelo outro.” — Marie.

Algumas disciplinas, nomeadamente, a matemática, a física e a química, desenvolvem a tua capacidade de resolver problemas. Peritos dizem que isso pode criar e fortalecer novas ligações no cérebro. Então, os trabalhos de casa são como musculação para o teu cérebro!

Quer vejas as suas vantagens quer não, os trabalhos de casa são uma realidade da vida com que tens de lidar. A boa notícia é que, apesar de não poderes controlar a quantidade de trabalhos de casa que tens, podes reduzir o tempo que demoras a fazê-​los. Vamos ver como.

 Dicas para fazer os trabalhos de casa

Se estás a ter dificuldade em acabar os teus trabalhos de casa, talvez não tenhas de trabalhar mais, mas apenas de uma forma mais inteligente. Tenta as seguintes dicas.

  • Dica nº 1: Pensa antes de começares. A Bíblia diz: “Os planos do diligente certamente dão bons resultados.” (Provérbios 21:5) Organiza-​te de maneira a que tenhas tudo o que precisas junto de ti antes de começares, para poderes trabalhar sem teres de te levantar.

    Para além disso, escolhe um sítio em que te consigas concentrar. Alguns acham que uma divisão silenciosa e bem iluminada da casa é o ideal. Outros preferem estudar fora de casa, talvez numa biblioteca.

    “Ter um uma agenda ou um calendário pode ajudar-​te a organizar melhor o teu tempo. Se souberes que trabalhos tens para fazer e quando é que os tens de entregar, a tua vida vai torna-​se muito menos stressante.” — Richard.

  • Dica nº 2: Organiza o teu trabalho. A Bíblia diz: “Que todas as coisas ocorram com decência e ordem.” (1 Coríntios 14:40) Com isto em mente, decide a ordem pela qual vais realizar os teus trabalhos.

    Há quem prefira começar com os mais difíceis. Outros preferem começar pelos mais fáceis, porque assim sentem a satisfação, ou o incentivo, de já terem acabado alguma coisa. Escolhe o método que funciona melhor para ti.

    “Algo que ajuda muito é teres uma lista de tudo o que precisas de fazer e por que ordem. Dessa maneira vais sentir que tens a situação controlada e não te sentes tão sufocada.” — Heidi.

  • Dica nº 3: Mãos à obra. A Bíblia diz: “Sejam diligentes, não preguiçosos.” (Romanos 12:11) Não deixes que outras atividades te roubem o tempo de que precisas para fazeres os trabalhos de casa, por muito tentadoras que sejam.

    Quem costuma estar sempre a adiar as coisas acaba por não entregar os trabalhos a tempo ou por fazer tudo à pressa e, normalmente, não com a melhor qualidade. Podes poupar-​te a muita ansiedade e aflição se simplesmente começares a fazer os trabalhos de casa assim que possível.

    “Quando fazia os meus trabalhos de casa imediatamente depois das aulas ou começava um projeto assim que o recebia, ficava mais tranquila e esses trabalhos já não interferiam com outras atividades.” — Serina.

    SUGESTÃO: Faz os teus trabalhos de casa todos os dias à mesma hora. Isso vai ajudar-​te a ter autodisciplina e a manteres uma rotina.

  • Dica nº 4: Mantém a concentração. A Bíblia diz: “Fixa o olhar diretamente para a frente.” (Provérbios 4:25) Para seguires este conselho enquanto estudas, precisas de evitar distrações, especialmente os dispositivos eletrónicos.

    Se ficares a navegar na Internet e a mandar mensagens, o tempo que demoras a acabar os teus trabalhos de casa pode duplicar. Mas, se te mantiveres focado, é possível que te apercebas de que não só tens menos stress, como também tens mais tempo livre.

    “Com o telemóvel, o computador, a consola de jogos e a televisão, é difícil estar concentrado. O que me ajuda é desligar o telemóvel e quaisquer outras possíveis distrações que estejam por perto.” — Joel.

  • Dica nº 5: Sê equilibrado. A Bíblia diz: “Que a vossa razoabilidade seja conhecida.” (Filipenses 4:5) Quando for necessário, faz uma pausa. Isso vai ajudar-​te a relaxar um pouco. Sai para fazer uma caminhada, uma corrida ou dar uma volta de bicicleta.

    Se, mesmo seguido estas dicas, ainda sentires que estás a ser soterrado por uma avalanche de trabalhos de casa, fala com os teus professores. Se eles virem que tu estás mesmo a tentar fazer o teu melhor, talvez eles decidam fazer ajustes.

    “Não permitas que a ansiedade relacionada com os trabalhos de casa te leve ao limite e te faça perder a paz. Faz o teu melhor. Há certas coisas pelas quais não vale a pena enlouquecer, e os trabalhos de casa são uma delas.” — Julia.

Perguntas para fazeres a ti próprio:

  • De que coisas preciso para fazer os meus trabalhos de casa?

  • Qual é a melhor altura para fazer os meus trabalhos de casa?

  • Onde é que vou conseguir concentrar-​me melhor?

  • Como é que posso evitar deixar tudo para a última hora?

  • Que distrações podem fazer com que eu perca tempo?

  • Como é que vou evitar distrações, sejam os dispositivos eletrónicos ou outras?

  • Como posso ser equilibrado na maneira como encaro os trabalhos de casa?

LEMBRETE IMPORTANTE: Certifica-​te de que entendeste bem o que é para fazer no trabalho de casa. Se tiveres alguma dúvida, pergunta ao teu professor antes de saíres da sala de aula.

^ par. 14 Estes pontos foram tirados do livro School Power, de Jeanne Schumm.