Pular para conteúdo

Pular para sumário

Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada (Edição de Estudo)

C3

Versículos do livro de Atos em que o nome de Deus não aparece como parte de uma citação direta ou indireta

ATOS 1:24 “Ó Jeová, tu que conheces o coração de todos”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje usam a palavra Kýrios (Senhor) nesse versículo. Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir a Jeová Deus ou a Jesus Cristo, dependendo do contexto. As Escrituras Hebraicas com frequência falam de Jeová Deus como aquele que tem a habilidade de ler corações. (Deuteronômio 8:2; 1 Samuel 16:7; 1 Reis 8:39; 1 Crônicas 28:9; Salmo 44:21; Jeremias 11:20; 17:10) Os cristãos que estavam fazendo essa oração eram judeus e falavam hebraico. Assim, nesse contexto que faz referência a ler corações, seria natural para eles usar o nome de Deus. A palavra grega traduzida aqui como “que conheces o coração”, kardiognóstes (lit.: “conhecedor de corações”), aparece apenas aqui e em Atos 15:8, onde ela se refere claramente a Deus. Assim, o contexto, as passagens das Escrituras Hebraicas que falam sobre Deus conhecer os corações e a ambiguidade da palavra Kýrios dão bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal desse versículo.

APOIO:

  • The Anchor Yale Bible (Bíblia Anchor Yale), de Joseph A. Fitzmyer, 1998, (vol. 31) diz sobre Atos 1:24: “Senhor, tu conheces o coração de todos. A comunidade cristã se dirige a Deus como Kyrie [forma de Kýrios], título usado por Lucas em outras ocorrências para se referir ao Iavé do AT [Antigo Testamento] (Lucas 1:16, 32, 68; 4:8, 12; 10:27; 19:38; 20:37, 44; Atos 2:39; 3:22; 5:9).” Quanto à expressão “conheces o coração”, essa obra de referência reconhece que “é um título para Deus que só aparece nos escritos cristãos”.

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 1:24 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • The Companion Bible (A Bíblia Companheira), com notas de E. W. Bullinger, impressão de 1999, no Apêndice 98, “Nomes e Títulos de Deus no Novo Testamento”, na página 143, alista Atos 1:24 debaixo do tópico “SENHOR . . . Usado para se referir a Jeová”.

  • Aramaic English New Testament (Novo Testamento Aramaico-Inglês), de Andrew Gabriel Roth, terceira edição, 2008, diz sobre esse versículo: “Tu, Amo YHWH, conheces aquilo que está no coração de todos.” A nota de rodapé sobre esse versículo diz: “Os antigos talmidim invocavam o Nome de YHWH em oração, mas isso ficou obscurecido quando termos gregos genéricos passaram a ser usados para substituir o Nome Pessoal e do Pacto de YHWH. Isso foi uma violação dos Mandamentos: Não acrescente nem tire nada da Palavra, D’varim/Deut. 4:2, e não tome o Nome de YHWH em vão, Sh’mot [Êx] 20:7.”

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 17, 22, 23, 29, 30, 32, 36, 44, 65, 66, 93, 96, 100, 106, 115, 125, 132, 138, 139, 145-147, 160, 164, 201

ATOS 2:39 “todos os que Jeová, nosso Deus, chamar para si”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje usam a palavra Kýrios (Senhor) nesse versículo, mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Conforme indicado pelo contexto (Atos 2:33-38), “a promessa” que Pedro menciona nesse versículo se refere ao que está escrito em Joel 2:28-32 sobre o derramamento do espírito santo. Assim, a frase “todos os que Jeová, nosso Deus, chamar para si” parece ser uma referência às palavras finais de Joel 2:32. O texto hebraico de Joel 2:32 usa o nome de Deus três vezes e diz especificamente que quem está chamando é Jeová. Além disso, a expressão grega traduzida aqui como “Jeová, nosso Deus” é uma combinação das palavras Kýrios (Senhor), Theós (Deus) e um pronome pessoal (neste caso, o pronome “nosso”). Esse é um tipo de combinação comum em passagens das Escrituras Gregas Cristãs que citam trechos das Escrituras Hebraicas. (Compare com o uso da expressão “Jeová, seu Deus” em Lucas 4:8, 12; 10:27 e Atos 3:22.) Além disso, o artigo definido não foi usado antes de Kýrios nesse versículo. De acordo com a gramática grega, seria de esperar que houvesse o artigo definido ali. A ausência dele faz Kýrios parecer um nome próprio. Assim, por causa do modo como as Escrituras Hebraicas usam essas palavras, da ausência do artigo definido grego e da ambiguidade da palavra Kýrios, o nome de Deus foi usado no texto principal desse versículo. — Veja a explicação sobre Lucas 1:16.

APOIO:

  • The Interpretation of the Acts of the Apostles (A Interpretação de Atos dos Apóstolos), de R. C. H. Lenski, 1934, diz sobre esse versículo na página 110: “Κύριος ὁ Θεὸς [Kýrios ho Theós] = Yahweh Haelohim . . . esse Senhor do pacto e Deus onipotente exerce seu poder a favor de Israel.”

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 2:39 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ [Iesoús Kýrios] Their Usage and Sense in Holy Scripture (ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ Seu Uso e Sentido nas Escrituras Sagradas), de Herman Heinfetter, 1857, alista Atos 2:39 como um dos versículos em que “a Omissão do Artigo antes de Κυριος [Kýrios] . . . determina que essa Denominação se refere ao Deus Todo-Poderoso”.

  • The Anchor Yale Bible (Bíblia Anchor Yale), de Joseph A. Fitzmyer, 1998, (vol. 31), numa nota sobre Atos 1:24, alista Atos 2:39 como um exemplo em que o título Kýrios é “usado por Lucas em outras ocorrências para se referir ao Iavé do AT [Antigo Testamento]”. — Veja a explicação sobre Atos 1:24.

  • Bíblia Judaica Completa, de David H. Stern, 2010, usa “ADONAI em maiúscula e versaletes (maiúsculas menores) nesse versículo. Na introdução dessa Bíblia, o tradutor explica: “O vocábulo ‘ADONAI’ é usado . . . todas as vezes que eu, o tradutor, creio que ‘kyrios’ seja a representação grega do tetragrama.”

  • The Companion Bible (A Bíblia Companheira), com notas de E. W. Bullinger, impressão de 1999, usa SENHOR em maiúscula e versaletes (maiúsculas menores) no texto principal de Atos 2:39 para mostrar que essa ocorrência se refere a Jeová. O Apêndice 98, “Nomes e Títulos de Deus no Novo Testamento”, na página 143, alista Atos 2:39 debaixo do tópico “SENHOR . . . Usado para se referir a Jeová”.

  • The ‘Holy Scriptures’ (As ‘Escrituras Sagradas’), de J. N. Darby, 1949, diz numa nota de rodapé sobre Atos 2:21: “‘Jeová’; como [versículo] 39.”

  • The Scofield Reference Bible (Bíblia de Referência Scofield), de C. I. Scofield, 1909, diz numa nota marginal em Atos 2:39: “Jeová. Joel 2.32.”

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 17, 18, 22-24, 32-35, 37, 40, 41, 43, 44, 46, 48, 52, 61, 65, 66, 88, 90, 95, 100-102, 105, 106, 114, 115, 117, 125, 138, 144-147, 154, 163-167, 172, 181, 185-187, 201, 202, 223, 236, 243, 244

ATOS 2:47 “Jeová diariamente continuava a lhes acrescentar os que estavam sendo salvos”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje usam a palavra Kýrios (Senhor) nesse versículo, mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Em Atos capítulo 2, a palavra Kýrios aparece oito vezes. Duas dessas ocorrências claramente se referem a Jesus, e por isso foram traduzidas como “Senhor”. (Atos 2:34b, 36) Das outras seis ocorrências, quatro são citações das Escrituras Hebraicas (Atos 2:20, 21, 25, 34a) em que o nome de Deus aparece no texto hebraico original, e por isso foram traduzidas como “Jeová”. O texto de Atos 2:39 (onde há mais uma ocorrência) é uma clara referência às palavras de Joel 2:32, que usa o nome de Deus três vezes. Em Atos 2:47, o contexto indica que a palavra Kýrios se refere a Deus. Além disso, a expressão traduzida “os que estavam sendo salvos” faz lembrar as palavras da parte final de Joel 2:32, e Pedro citou a parte inicial de Joel 2:32 em Atos 2:21. Assim, por causa do contexto, das referências às Escrituras Hebraicas e da ambiguidade da palavra Kýrios, o nome de Deus foi usado no texto principal de Atos 2:47. — Veja a explicação sobre Atos 2:39.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 2:47 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • The Companion Bible (A Bíblia Companheira), com notas de E. W. Bullinger, impressão de 1999, no Apêndice 98, “Nomes e Títulos de Deus no Novo Testamento”, na página 143, alista Atos 2:47 debaixo do tópico “SENHOR . . . Usado para se referir a Jeová”.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 31-33, 37, 41, 44, 48, 65, 94, 99-102, 115, 125, 144-147, 167, 172, 187, 201, 202

ATOS 3:19 “tempos de refrigério da parte de Jeová”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje dizem literalmente “de face do Senhor”, mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. A palavra grega que aparece nesse versículo Kýrios (Senhor) também é usada em Atos 3:22, que cita Deuteronômio 18:15, onde o Tetragrama aparece no texto hebraico original. (Veja a nota de estudo em Atos 3:22.) Em Atos 3:19, Pedro explica que Deus perdoaria os judeus que rejeitaram Jesus por ignorância se eles se arrependessem. Assim, o contexto (Atos 3:17-22) indica que o Senhor mencionado em Atos 3:19 é Jeová Deus. Nas Escrituras Hebraicas, a expressão “a face de Jeová” é formada pela palavra hebraica para “face” mais o Tetragrama. (Gênesis 3:8; Êxodo 34:24; Juízes 5:5; Salmo 34:16; Lamentações 4:16) Embora as cópias disponíveis da Septuaginta usem a palavra Kýrios nesses versículos, existem manuscritos que provam que as cópias mais antigas da Septuaginta usavam o nome de Deus. Assim, tanto o contexto quanto o modo como as Escrituras Hebraicas usam essa expressão indicam que a palavra Kýrios foi usada nesse versículo para substituir o nome de Deus.

APOIO:

  • The Interpretation of the Acts of the Apostles (A Interpretação de Atos dos Apóstolos), de R. C. H. Lenski, 1934, diz sobre esse versículo na página 141: “Épocas de refrigério ou frescor que vêm da presença do Senhor (Yahweh).”

  • The Anchor Yale Bible (Bíblia Anchor Yale), de Joseph A. Fitzmyer, 1998, (vol. 31), num comentário sobre Atos 3:20, diz o seguinte sobre essa expressão em Atos 3:19: “Kyrios é usado para se referir a Iavé, o Deus do AT [Antigo Testamento], como em 2:39; Lucas 1:16, 32, 68; 4:12; 10:27; 20:37.”

  • The Companion Bible (A Bíblia Companheira), com notas de E. W. Bullinger, impressão de 1999, usa SENHOR em maiúscula e versaletes (maiúsculas menores) no texto principal de Atos 3:19 para mostrar que essa ocorrência se refere a Jeová.

REFERÊNCIAS: J14-18, 22, 23, 28-32, 34, 35, 38, 40, 41, 43, 44, 46, 47, 52, 65, 88, 93, 95, 96, 100-102, 105, 106, 114, 115, 138, 144-147, 154, 167, 172, 186, 187, 201, 202

ATOS 4:29 “Agora, Jeová, dá atenção às ameaças deles”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje usam nesse versículo a palavra Kýrios (Senhor), mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Por exemplo, essas palavras fazem parte de uma oração dirigida ao “Soberano Senhor” (Atos 4:24b), em grego despótes. Essa palavra grega também foi usada para se dirigir a Deus na oração registrada em Lucas 2:29. Na oração registrada em Atos 4:24b-30, os discípulos se referiram a Jesus como “o teu santo servo”. Isso indica que no versículo 29 a palavra Kýrios se refere a Jeová Deus, não a Jesus. Parte da oração é uma citação do Salmo 2:1, 2, onde aparece o nome de Deus. (Veja a nota de estudo em Atos 4:26.) Além disso, quando os discípulos pediram que Jeová ‘desse atenção às ameaças deles’, ou seja, às ameaças do Sinédrio, eles usaram palavras que lembram orações registradas nas Escrituras Hebraicas. Alguns exemplos são 2 Reis 19:16, 19 e Isaías 37:17, 20, onde o nome de Deus aparece. — Veja a explicação sobre Atos 1:24.

APOIO:

  • The Expositor’s Greek Testament (Testamento Grego do Expositor), de W. Robertson Nicoll, 2002, (vol. II, pág. 68) diz o seguinte ao comentar sobre Atos 1:24: “É bem verdade que em [At 4:29] Κύριος [Kýrios] é usado numa oração claramente dirigida ao Senhor Jeová.”

  • The Anchor Yale Bible (Bíblia Anchor Yale), de Joseph A. Fitzmyer, 1998, (vol. 31) diz o seguinte sobre Atos 4:29: “Compare com 2 Rs 19:19. Os cristãos pedem a Deus que dê atenção às ameaças que o Sinédrio fez a Pedro e João, e por extensão a todos eles. Eles suplicam a Deus que se importe com as ‘ameaças’ feitas a eles.” O nome de Deus aparece no texto hebraico de 2 Reis 19:19.

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 4:29 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 29-36, 40, 41, 43, 46, 61, 65, 66, 88, 93, 100-102, 114, 115, 132, 145-147, 222, 237

ATOS 5:9 “o espírito de Jeová”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos diz nesse versículo “o espírito de Senhor” (to pneúma Kyríou), mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. A mesma expressão aparece em Lucas 4:18 como parte de uma citação de Isaías 61:1, onde o texto hebraico original usa o Tetragrama junto com a palavra para “espírito”. (Veja a nota de estudo em Lucas 4:18.) A expressão “o espírito de Jeová” aparece muitas vezes nas Escrituras Hebraicas. (Alguns exemplos são: Juízes 3:10; 6:34; 11:29; 13:25; 14:6; 15:14; 1 Samuel 10:6; 16:13; 2 Samuel 23:2; 1 Reis 18:12; 2 Reis 2:16; 2 Crônicas 20:14; Isaías 11:2; 40:13; 63:14; Ezequiel 11:5; Miqueias 2:7; 3:8.) Por outro lado, as palavras hebraicas para “espírito” e “Senhor” só aparecem juntas uma vez nas Escrituras Hebraicas. E, mesmo nesse caso, o Tetragrama aparece junto com elas, formando a expressão “o espírito do Soberano Senhor Jeová”. (Isaías 61:1) Além disso, o artigo definido não foi usado antes da palavra Kýrios em Atos 5:9. De acordo com a gramática grega, seria de esperar que houvesse o artigo definido ali. A ausência dele faz Kýrios parecer um nome próprio. Assim, o modo como as Escrituras Hebraicas usam essa expressão e a ausência do artigo definido onde normalmente seria usado indicam que a palavra Kýrios foi usada nesse versículo para substituir o nome de Deus.

APOIO:

  • The Anchor Yale Bible (Bíblia Anchor Yale), de Joseph A. Fitzmyer, 1998, (vol. 31) diz o seguinte sobre Atos 5:9: “A ideia de ‘pôr Deus à prova’ ocorre no AT [Antigo Testamento] em Êxod 17:2; Núm 20:13, 24 (a rebeldia de Israel põe Deus à prova no deserto); Sal 106:32. Lucas usa o mesmo verbo (peirazein) que é usado em Deut 33:8 (LXX) para descrever o que Israel fez. Kyrios se refere a Iavé, cujo Espírito foi posto à prova.”

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 5:9 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • Ao comentar a mesma expressão que aparece em 2 Coríntios 3:17, Margaret E. Thrall, no seu livro A Critical and Exegetical Commentary on the Second Epistle to the Corinthians (Comentário Crítico e Exegético sobre a Segunda Epístola aos Coríntios), diz o seguinte: “Esta é a única ocasião em que ele [Paulo] chama o Espírito de πνεῦμα κυρίου [pneúma kyríou], e isso indica que ele ainda tem em mente o modo como o AT [Antigo Testamento] expressa essa ideia, visto que πνεῦμα κυρίου aparece muitas vezes na LXX como a tradução de ruaḥ yhwh, o Espírito de Iavé.”

  • ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ [Iesoús Kýrios] Their Usage and Sense in Holy Scripture (ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ Seu Uso e Sentido nas Escrituras Sagradas), de Herman Heinfetter, 1857, alista Atos 5:9 como um dos versículos em que “a Omissão do Artigo antes de Κυριος [Kýrios] . . . determina que essa Denominação se refere ao Deus Todo-Poderoso”.

  • The Companion Bible (A Bíblia Companheira), com notas de E. W. Bullinger, impressão de 1999, usa SENHOR em maiúscula e versaletes (maiúsculas menores) no texto principal de Atos 5:9 para mostrar que essa ocorrência se refere a Jeová. O Apêndice 98, “Nomes e Títulos de Deus no Novo Testamento”, na página 143, alista Atos 5:9 debaixo do tópico “SENHOR . . . Usado para se referir a Jeová”.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15-18, 22-24, 29-34, 40-43, 46, 47, 52, 61, 65, 66, 88, 93-96, 100-102, 106, 114, 115, 132, 145-147, 154, 187, 201, 222

ATOS 5:19 “o anjo de Jeová”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje usam a expressão “o anjo de Senhor” nesse versículo, mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Essa expressão aparece pela primeira vez em Gênesis 16:7 e é usada muitas vezes nas Escrituras Hebraicas, onde é formada pela palavra hebraica para “anjo” mais o Tetragrama. Em cópias mais antigas da Septuaginta grega, essa expressão aparece formada pela palavra grega ággelos (anjo; mensageiro) seguida pelo nome de Deus em letras hebraicas. Um exemplo disso é o texto de Zacarias 3:5, 6 numa cópia da Septuaginta datada de entre 50 a.C. e 50 d.C., que foi encontrada numa caverna em Nahal Hever, no deserto da Judeia, em Israel. No entanto, cópias mais recentes da Septuaginta grega substituíram o nome de Deus por Kýrios (Senhor) nesses versículos e em muitos outros. É interessante que, quando essa substituição foi feita, o artigo definido não foi usado antes de Kýrios. De acordo com a gramática grega, seria de esperar que houvesse o artigo definido ali. A ausência dele faz Kýrios parecer um nome próprio. Assim, por causa do uso da expressão “anjo de Jeová” nas Escrituras Hebraicas e da ausência do artigo definido onde normalmente seria usado, o nome “Jeová” foi usado no texto principal. Várias outras traduções da Bíblia também preservam o nome de Deus ao traduzir a expressão “anjo de Jeová” em Atos 5:19.

APOIO:

  • The Interpretation of St. Luke’s Gospel (A Interpretação do Evangelho de São Lucas), de R. C. H. Lenski, no comentário sobre Lucas 2:9 (pág. 128-129), diz o seguinte sobre a expressão “anjo do Senhor”: “A palavra grega Κύριος [Kýrios] é usada como equivalente para Yahweh. E, como um genitivo junto com substantivos sem artigo, ela forma um só conceito: ‘anjo-Jeová’, ‘glória-Jeová’ . . . Foi o anjo de Jeová que veio sobre eles como um clarão.”

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329) alista Atos 5:19; 8:26; 12:7, 23 como versículos em que Kýrios é “usado no NT [Novo Testamento] para se referir a Iavé/Deus”.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15-18, 22-24, 28-35, 41, 43, 46, 47, 52, 61, 65, 66, 88, 93-95, 100-104, 106, 114, 115, 117, 128, 132, 138, 144-147, 154, 164, 165, 187, 201, 202, 237

ATOS 7:31 “a voz de Jeová”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos disponíveis hoje usa a expressão “a voz de Senhor” (foné Kyríou) nesse versículo, mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Essa parte do discurso de Estêvão (Atos 7:30-33) faz referência ao relato de Êxodo 3:2-10. O contexto desse relato de Êxodo deixa claro que Jeová é quem está falando por meio de seu anjo. De acordo com Êxodo 3:6, Jeová disse a Moisés a frase citada por Estêvão em Atos 7:32. A expressão “a voz de Jeová” é usada muitas vezes nas Escrituras Hebraicas, onde é formada pela palavra hebraica para “voz” mais o Tetragrama. (Alguns exemplos são: Gênesis 3:8; Êxodo 15:26; Deuteronômio 5:25; 8:20; 15:5; 18:16; 26:14; 27:10; 28:1, 62; Josué 5:6; 1 Samuel 12:15; 1 Reis 20:36; Salmo 106:25; Isaías 30:31; Jeremias 3:25; Daniel 9:10; Zacarias 6:15.) É interessante que, quando a expressão “voz de Jeová” é usada em Deuteronômio 26:14; 27:10; 28:1, 62 num fragmento de papiro muito antigo da Septuaginta, o nome de Deus aparece escrito em letras hebraicas quadradas no meio do texto grego. Esse fragmento, da coleção Papiro Fouad Inventário n.º 266, é datado do século 1 a.C. A expressão “a voz de Jeová” também ocorre no Salmo 29:3 num códice chamado Ambrosianae O 39 sup., datado do fim do século 9 d.C., que está na Biblioteca Ambrosiana em Milão, Itália. Esse códice contém cinco colunas com diferentes traduções das Escrituras Hebraicas para o grego. Em todas essas colunas, o nome de Deus aparece na forma do Tetragrama escrito em letras hebraicas quadradas () no meio do texto grego. Além disso, o artigo definido não foi usado antes da palavra Kýrios em Atos 7:31. De acordo com a gramática grega, seria de esperar que houvesse o artigo definido ali. A ausência dele faz Kýrios parecer um nome próprio. Assim, o contexto, o uso da expressão “voz de Jeová” nas Escrituras Hebraicas, a forma em que essa expressão aparece em manuscritos de antigas traduções e a ausência do artigo definido apoiam o uso do nome de Deus em Atos 7:31.

APOIO:

  • The Anchor Yale Bible (Bíblia Anchor Yale), de Joseph A. Fitzmyer, 1998, (vol. 31), diz o seguinte sobre Atos 7:31: “Lit.: ‘veio a haver a voz do Senhor’. Mais uma vez, Kyrios é usado para se referir a Iavé.”

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 7:31 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • Word Pictures in the New Testament (Figuras de Linguagem no Novo Testamento), de Archibald Thomas Robertson, 1930, (vol. III) diz sobre esse versículo: “Aqui se fala do anjo de Jeová do versículo 30 como o próprio Jeová.” Sobre o versículo 30, essa obra diz: “Em Êx. 3:20 é Jeová quem fala.”

  • The Expositor’s Greek Testament (Testamento Grego do Expositor), de W. Robertson Nicoll, 2002, (vol. II, pág. 191) faz o seguinte comentário sobre Atos 7:30: “Senão, podemos apenas dizer que o Próprio Jeová fala por meio do Anjo.”

  • ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ [Iesoús Kýrios] Their Usage and Sense in Holy Scripture (ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ Seu Uso e Sentido nas Escrituras Sagradas), de Herman Heinfetter, 1857, alista Atos 7:31 como um dos versículos em que “a Omissão do Artigo antes de Κυριος [Kýrios] . . . determina que essa Denominação se refere ao Deus Todo-Poderoso”.

  • The Companion Bible (A Bíblia Companheira), com notas de E. W. Bullinger, impressão de 1999, usa SENHOR em maiúscula e versaletes (maiúsculas menores) no texto principal de Atos 7:31 para mostrar que essa ocorrência se refere a Jeová. O Apêndice 98, “Nomes e Títulos de Deus no Novo Testamento”, na página 143, alista Atos 7:31 debaixo do tópico “SENHOR . . . Usado para se referir a Jeová”.

  • Bíblia Judaica Completa, de David H. Stern, 2010, usa “ADONAI em maiúscula e versaletes (maiúsculas menores) nesse versículo. Na introdução dessa Bíblia, o tradutor explica: “O vocábulo ‘ADONAI’ é usado . . . todas as vezes que eu, o tradutor, creio que ‘kyrios’ seja a representação grega do tetragrama.”

  • The ‘Holy Scriptures’ (As ‘Escrituras Sagradas’), de J. N. Darby, 1949, diz numa nota de rodapé sobre Atos 7:31: “A frase não tem artigo e por isso é muito mais enfática. ‘Senhor’ é um título solene. Essa expressão equivale a ‘veio uma declaração de Jeová’.”

REFERÊNCIAS: J11, 12, 14-18, 22-24, 28-36, 38, 40-44, 46, 47, 52, 61, 65, 66, 80, 88-90, 93-96, 100-103, 105, 106, 114, 115, 117, 125, 130, 132, 144, 146, 152, 154, 160, 167, 172, 181, 185-187, 199, 201, 217, 222, 243, 244

ATOS 7:33 “Jeová lhe disse”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos diz “o Senhor” (ho Kýrios) nesse versículo, mas o relato que Estêvão estava citando em seu discurso (Atos 7:30-34) apoia o uso do nome de Deus no texto principal. Estêvão estava se referindo ao relato de Êxodo 3:2-10, onde fica claro que quem estava falando com Moisés era Jeová, por meio de um anjo. Apesar de praticamente todas as informações desse versículo terem sido tiradas de Êxodo 3:5, a frase usada para introduzir as palavras de Jeová (traduzida nesse versículo como “Jeová lhe disse”) é muito parecida com a frase usada para esse mesmo objetivo em Êxodo 3:7, que no texto hebraico original diz literalmente: “E Jeová disse.” Assim, o contexto do versículo, o relato citado das Escrituras Hebraicas e a ambiguidade da palavra Kýrios são motivos válidos para se entender que a palavra Kýrios foi usada em Atos 7:33 como um equivalente do nome de Deus.

APOIO: Veja a explicação sobre Atos 7:31.

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 7:33 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • The New King James Version (A Nova Versão King James), impressa pela primeira vez em 1979, usa SENHOR em maiúscula e versaletes (maiúsculas menores) no texto principal de Atos 7:33. O prefácio dessa edição explica: “O nome de Deus ligado ao pacto era geralmente traduzido do hebraico como ‘SENHOR’ (com letras maiúsculas conforme mostrado aqui) no Antigo Testamento da King James. Essa tradição foi mantida. Nesta edição o nome é escrito assim, em maiúsculas, sempre que o Novo Testamento cita uma passagem do Antigo Testamento que usa o nome do pacto.”

  • NLT Study Bible (Bíblia de Estudo NTV), segunda edição, 2008, usa SENHOR em maiúscula e versaletes (maiúsculas menores) no texto principal de Atos 7:33. Em sua “Introdução à Nova Tradução Viva”, encontramos a seguinte explicação: “A palavra grega kurios [kýrios] é consistentemente traduzida ‘Senhor’; como exceção, ela é traduzida ‘SENHOR’ sempre que o Novo Testamento está claramente citando o Antigo Testamento e a palavra está em versaletes ali.” Explicando o significado disso, a introdução diz: “Nós geralmente traduzimos o tetragrama (YHWH) de modo consistente como ‘o SENHOR’, usando uma forma com versaletes que é comum nas traduções para o inglês.”

REFERÊNCIAS: J11, 12, 14-18, 22, 23, 27-36, 38, 40-44, 46, 47, 52, 61, 65, 66, 80, 88, 93-95, 100-102, 105, 106, 114, 115, 117, 130, 132, 144, 146, 152, 154, 160, 164-167, 172, 181, 185-187, 199, 201, 217, 222, 243, 244

ATOS 7:60 “Jeová, não os condenes por este pecado”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje usam a palavra “Senhor” (Kýrios) nesse versículo, mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir tanto a Jeová Deus como a Jesus Cristo, dependendo do contexto. As palavras de Estêvão lembram as palavras de Jesus em Lucas 23:34: “Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que estão fazendo.” Em Atos 7:2-53, onde Lucas registra o discurso de Estêvão, a palavra Kýrios é usada três vezes — e todas elas são citações diretas ou indiretas das Escrituras Hebraicas que se referem claramente a Deus. (Veja as explicações sobre Atos 7:31, 33 e a nota de estudo em Atos 7:49.) Muitos comentaristas bíblicos e tradutores concordam que, nesses versículos de Atos, Kýrios se refere a Jeová. A palavra Kýrios também é usada em Atos 7:59, onde Estêvão disse especificamente “Senhor Jesus”. Mas isso não quer dizer que em Atos 7:60 Kýrios também se refira a Jesus, como alguns afirmam. Entre o versículo 59 e o versículo 60, há uma interrupção nas palavras de Estêvão. Ele estava em pé e então se ajoelhou na frente de seus inimigos. É provável que Estêvão tenha feito isso para orar a Jeová. (Compare com Lucas 22:41; Atos 9:40; 20:36; 21:5, onde se ajoelhar está ligado com oração.) Por esses motivos, tudo indica que as últimas palavras de Estêvão eram uma oração ao Deus Todo-Poderoso, Jeová. Além disso, Atos 7:56 diz que Estêvão viu “o céu aberto, e o Filho do homem em pé à direita de Deus”. Assim, faz sentido que ele tenha se dirigido primeiro a Jesus (versículo 59) e depois a Jeová (versículo 60). Algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam a expressão “Senhor Jesus” no versículo 59 e o Tetragrama no versículo 60.

APOIO:

  • The Expositor’s Greek Testament (Testamento Grego do Expositor), de W. Robertson Nicoll, 2002, (vol. II, pág. 204) faz o seguinte comentário sobre o discurso de Estêvão como um todo: “O discurso começa com uma declaração da divina majestade de Jeová.”

  • Sobre o uso da palavra grega Kýrios (Senhor) em Atos 7:59, 60, um comentário alemão sobre o livro de Atos, Kommentar und Studien zur Apostelgeschichte (Wissenschaftliche Untersuchungen zum Neuen Testament, 22), de Otto Bauernfeind, 1980, diz na página 120: “No versículo 59, o κύριος é Jesus; no versículo 60, provavelmente é Deus.”

REFERÊNCIAS: J17, 18, 22, 23, 41, 46, 95, 96, 100, 101, 132, 145, 147

ATOS 8:22 “suplique a Jeová”

MOTIVO(S): Muitos manuscritos gregos dizem “o Senhor” (tou Kyríou) nesse versículo, e outros dizem “Deus”. Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir tanto a Jeová Deus como a Jesus Cristo, dependendo do contexto. O contexto de Atos 8:22 indica que Simão precisava suplicar o perdão de Jeová, não de Jesus. Simão tinha tentado pagar para obter “o dom de Deus”. (Atos 8:20) Pedro então respondeu que o coração de Simão não era “reto à vista de Deus”. (Atos 8:21) Além disso, o verbo grego para “suplicar” é usado na Septuaginta para se referir a fazer orações, pedidos e súplicas a Jeová. Nesses contextos, o nome de Deus muitas vezes aparece no texto hebraico. (Gênesis 25:21; Êxodo 32:11; Números 21:7; Deuteronômio 3:23; 1 Reis 8:59; 13:6) Algumas traduções antigas das Escrituras Gregas Cristãs usam a palavra “Deus” em Atos 8:22, e algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o Tetragrama. Assim, tanto o contexto como as passagens das Escrituras Hebraicas apoiam a conclusão de que a expressão “o Senhor” (tou Kyríou) nesse versículo se refere a Deus e foi usada para substituir o nome de Deus. — Veja a explicação sobre Atos 8:24.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 8:22 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

REFERÊNCIAS: J18, 22, 23, 36, 43, 46, 48, 65, 94, 95, 100, 101, 125, 132, 146

ATOS 8:24 “Façam súplicas a Jeová por mim”

MOTIVO(S): Muitos manuscritos gregos dizem “o Senhor” (ton Kýrion) nesse versículo, e outros dizem “Deus”. Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir tanto a Jeová Deus como a Jesus Cristo. O contexto indica que em Atos 8:24 essa palavra se refere a Deus. (Veja a explicação sobre Atos 8:22.) Algumas traduções antigas das Escrituras Gregas Cristãs usam a palavra “Deus” nesse versículo, e algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o Tetragrama. Tanto o contexto como passagens das Escrituras Hebraicas que falam de suplicar a Jeová apoiam a conclusão de que a expressão “o Senhor” (ton Kýrion) nesse versículo se refere a Deus e foi usada para substituir o nome de Deus.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 8:24 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ [Iesoús Kýrios] Their Usage and Sense in Holy Scripture (ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ Seu Uso e Sentido nas Escrituras Sagradas), de Herman Heinfetter, 1857, faz o seguinte comentário sobre Atos 8:24: “O contexto não dá apoio à suposição de que Simão imaginasse ter pecado contra Jesus ou de que se devesse orar a Jesus (veja o v. 22) para que o pensamento do coração dele fosse perdoado.”

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15-18, 22, 23, 36, 43, 46, 65, 94, 95, 100, 101, 132, 201, 237

ATOS 8:25 “a palavra de Jeová”

MOTIVO(S): Muitos manuscritos gregos dizem “a palavra do Senhor” (ton lógon tou Kyríou) nesse versículo, e alguns poucos manuscritos dizem “a palavra de Deus”. Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir tanto a Jeová Deus como a Jesus Cristo, dependendo do contexto. O livro de Atos usa também a expressão “a palavra de Deus”, que tem o mesmo significado, o que apoia a conclusão de que a palavra Kýrios em Atos 8:25 se refere a Deus. (Atos 4:31; 6:2, 7; 8:14; 11:1; 13:5, 7, 46; 17:13; 18:11) As duas expressões têm sua origem nas Escrituras Hebraicas. Mas a expressão “a palavra de Jeová” (formada pelo termo hebraico para “palavra” junto com o Tetragrama) aparece muito mais vezes do que a expressão “a palavra de Deus”. (“A palavra de Jeová” aparece em cerca de 200 versículos. Alguns exemplos são: 2 Samuel 12:9; 24:11; 2 Reis 7:1; 20:16; 24:2; Isaías 1:10; 2:3; 28:14; 38:4; Jeremias 1:4; 2:4; Ezequiel 1:3; 6:1; Oseias 1:1; Miqueias 1:1; Zacarias 9:1.) Numa cópia muito antiga da Septuaginta, feita em pergaminho, essa expressão aparece em Zacarias 9:1 e foi traduzida pela palavra grega lógos seguida pelo nome de Deus em letras hebraicas antigas (). O rolo que contém essa passagem foi encontrado em Nahal Hever, no deserto da Judeia, em Israel, e é datado de entre 50 a.C. e 50 d.C. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o Tetragrama em Atos 8:25. Assim, por causa do uso da expressão nas Escrituras Hebraicas, da forma como ela aparece no manuscrito mencionado, da ambiguidade da palavra Kýrios e do fato de ela ter sido muitas vezes usada para substituir o nome de Deus, o nome de Deus foi usado no texto principal de Atos 8:25.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329) alista Atos 8:25 como um dos versículos em que Kýrios é “usado no NT [Novo Testamento] para se referir a Iavé/Deus”.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 17, 18, 32, 41, 43, 46, 61, 65, 66, 95, 100, 101, 106, 114, 115, 132, 145-147, 167, 187, 201

ATOS 8:26 “o anjo de Jeová”

MOTIVO(S): Essa expressão é usada muitas vezes nas Escrituras Hebraicas, a primeira delas em Gênesis 16:7. Em cópias mais antigas da Septuaginta, essa expressão aparece formada pela palavra grega ággelos (anjo; mensageiro) seguida pelo nome de Deus em letras hebraicas. No entanto, cópias mais recentes da Septuaginta grega substituíram o nome de Deus por Kýrios (Senhor) em Gênesis 16:7 e em muitos outros versículos. É interessante que, quando essa substituição foi feita, o artigo definido não foi usado antes de muitas ocorrências de Kýrios. De acordo com a gramática grega, seria de esperar que houvesse o artigo definido ali. Assim, a ausência do artigo definido em Atos 8:26 e em outros versículos pode ser outra indicação de que a palavra Kýrios foi usada nesse versículo para substituir o nome de Deus.

APOIO: Veja as explicações sobre Mateus 1:20; Lucas 1:11; Atos 5:19; 12:11.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15-18, 22-24, 28-36, 40-43, 46, 47, 61, 65, 66, 88, 90, 93, 95, 100-103, 106, 114, 115, 117, 125, 128, 132, 144-147, 187, 201

ATOS 8:39 “o espírito de Jeová”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos diz nesse versículo “espírito de Senhor” (pneúma Kyríou), mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. A mesma expressão grega é usada em Lucas 4:18 como parte de uma citação de Isaías 61:1, onde o texto hebraico original usa o Tetragrama junto com a palavra para “espírito”. (Veja a nota de estudo em Lucas 4:18.) A expressão “espírito de Jeová” aparece muitas vezes nas Escrituras Hebraicas. (Alguns exemplos são: Juízes 3:10; 6:34; 11:29; 13:25; 14:6; 15:14; 1 Samuel 10:6; 16:13; 2 Samuel 23:2; 1 Reis 18:12; 2 Reis 2:16; 2 Crônicas 20:14; Isaías 11:2; 40:13; 63:14; Ezequiel 11:5; Miqueias 2:7; 3:8.) Por outro lado, as palavras hebraicas para “espírito” e “Senhor” só aparecem juntas uma vez nas Escrituras Hebraicas. E, mesmo nesse caso, o Tetragrama aparece junto com elas, formando a expressão “o espírito do Soberano Senhor Jeová”. (Isaías 61:1) Além disso, o artigo definido não foi usado antes da palavra Kýrios em Atos 8:39. De acordo com a gramática grega, seria de esperar que houvesse o artigo definido ali. A ausência dele faz Kýrios parecer um nome próprio. Assim, o modo como as Escrituras Hebraicas usam essa expressão e a ausência do artigo definido onde normalmente seria usado indicam que a palavra Kýrios foi usada nesse versículo para substituir o nome de Deus.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 8:39 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ [Iesoús Kýrios] Their Usage and Sense in Holy Scripture (ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ Seu Uso e Sentido nas Escrituras Sagradas), de Herman Heinfetter, 1857, alista Atos 8:39 como um dos versículos em que “a Omissão do Artigo antes de Κυριος [Kýrios] . . . determina que essa Denominação se refere ao Deus Todo-Poderoso”.

  • The Scofield Reference Bible (Bíblia de Referência Scofield), de C. I. Scofield, 1909, diz numa nota marginal em Atos 8:39: “Jeová.”

REFERÊNCIAS: J15-18, 22-24, 28-34, 36, 40-42, 46, 47, 52, 61, 65, 66, 88, 93-96, 100-102, 106, 114, 115, 125, 128, 132, 145-147, 187, 201, 202, 222, 236, 237, 243

ATOS 9:31 “temor de Jeová”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos diz nesse versículo “o temor do Senhor” (toi fóboi tou Kyríou). Nas Escrituras Gregas Cristãs, a palavra Kýrios (Senhor) pode se referir tanto a Jeová Deus como a Jesus Cristo. Mas o modo como a expressão aparece nas Escrituras Hebraicas dá bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. A expressão “temor de Jeová”, formada pela palavra hebraica para “temor” e o Tetragrama, ocorre muitas vezes no texto original das Escrituras Hebraicas. (Alguns exemplos são: 2 Crônicas 19:7, 9; Salmo 19:9; 111:10; Provérbios 2:5; 8:13; 9:10; 10:27; 19:23; Isaías 11:2, 3.) Por outro lado, a expressão “temor do Senhor” não aparece nenhuma vez. As cópias mais antigas da Septuaginta seguem o texto hebraico e usam o nome de Deus. Mas cópias mais recentes usam no lugar dele a palavra Kýrios em muitas ocorrências. Isso indica que a palavra Kýrios passou a ser usada para substituir o nome de Deus. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o nome de Deus em Atos 9:31.

APOIO:

  • The Anchor Yale Bible (Bíblia Anchor Yale), de Joseph A. Fitzmyer, 1998, (vol. 31) diz sobre Atos 9:31: “Um elemento novo é usado para descrever a igreja cristã: a ideia do ‘temor do Senhor’ trazida do AT [Antigo Testamento] (Prov 1:7, 29; 2:5; 9:10; 19:23; Sal 19:9).” O nome de Deus aparece em cada uma dessas citações no texto hebraico original.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15, 16, 18, 22, 32, 40-43, 65, 66, 96, 100, 101, 106, 114, 115, 132, 144-147, 172, 187

ATOS 10:33 “que Jeová lhe mandou dizer”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos diz “o Senhor” (tou Kyríou) nesse versículo, mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Um deles é o contexto, que indica que Kýrios se refere a Deus. Em Atos 10:31, Pedro disse que a ajuda que Cornélio dava aos pobres havia sido “lembrada diante de Deus”. Ele disse também: “Deus me mostrou que eu não devo chamar nenhum homem de aviltado ou impuro.” (Atos 10:28) O próprio Cornélio disse: “Estamos todos presentes perante Deus para ouvir todas as coisas.” (Atos 10:33) Outra coisa que indica que nesse caso Kýrios se refere a Deus é o fato de que alguns manuscritos gregos usam a palavra Theós (“Deus”) nesse versículo. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o Tetragrama nessa passagem. Assim, com base no contexto e para evitar ambiguidade, o nome de Deus foi usado em Atos 10:33.

APOIO:

  • The Anchor Yale Bible (Bíblia Anchor Yale), de Joseph A. Fitzmyer, 1998, (vol. 31) diz sobre Atos 10:33: “Kyrios pode se referir ao Cristo ressuscitado, mas saindo dos lábios de Cornélio, que ainda não tinha ouvido a mensagem cristã, provavelmente é melhor entendido como se referindo a Iavé; veja as NOTAS sobre 2:20, 36.” A nota sobre Atos 2:20 diz: “Kyrios é usado para se referir a Iavé, como na LXX.”

  • The Interpretation of the Acts of the Apostles (A Interpretação de Atos dos Apóstolos), de R. C. H. Lenski, 1934, diz sobre esse versículo na página 417: “Os presentes desejam obedecer ao que o Senhor (aqui se referindo a Deus) vai lhes dizer por meio de Pedro.”

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 10:33 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

REFERÊNCIAS: J17, 18, 23, 33, 40, 43, 48, 65, 94, 95, 100, 101, 125, 132, 145-147, 163, 167

ATOS 11:21 “a mão de Jeová”

MOTIVO(S): A expressão “mão de Jeová” aparece muitas vezes nas Escrituras Hebraicas como uma combinação da palavra hebraica para “mão” com o Tetragrama. (Alguns exemplos são: Êxodo 9:3; Números 11:23; Juízes 2:15; Rute 1:13; 1 Samuel 5:6, 9; 7:13; 12:15; 1 Reis 18:46; Esdras 7:6; Jó 12:9; Isaías 19:16; 40:2; Ezequiel 1:3.) Por isso, apesar de os manuscritos gregos disponíveis do livro de Atos dizerem Kýrios (Senhor) nesse versículo, o uso da expressão nas Escrituras Hebraicas dá bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Além disso, estudiosos apontam que o artigo definido não foi usado antes de Kýrios em Atos 11:21. De acordo com a gramática grega, seria de esperar que houvesse o artigo definido ali. A ausência dele faz Kýrios parecer um nome próprio. Isso é interessante porque lembra o modo como Kýrios foi usado em cópias mais recentes da Septuaginta. As cópias mais antigas da Septuaginta usavam o nome de Deus. Mas, nas cópias mais recentes, em que o nome de Deus foi substituído por Kýrios, o artigo definido muitas vezes não foi usado antes de Kýrios, como a gramática grega normalmente exigiria. (Isso aconteceu em todos os versículos citados acima.) A ausência do artigo definido em Atos 11:21 é outra indicação de que a palavra Kýrios foi usada para substituir o nome de Deus. A expressão grega traduzida como “mão de Jeová” também aparece em Lucas 1:66 e Atos 13:11. — Veja as explicações sobre Lucas 1:666.

APOIO:

  • The Interpretation of the Acts of the Apostles (A Interpretação de Atos dos Apóstolos), de R. C. H. Lenski, 1934, diz sobre esse versículo na página 451: “Isso foi graças à ‘mão do Senhor’, com a palavra Κύριος [Kýrios] sem artigo para significar Yahweh, que Lucas distingue da palavra Κύριος com artigo, que aparece antes e depois.”

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329) alista Atos 11:21 como um dos versículos em que Kýrios é “usado no NT [Novo Testamento] para se referir a Iavé/Deus”.

  • A Translator’s Handbook on the Acts of the Apostles (Atos dos Apóstolos: Um Manual para Tradutores), de Barclay M. Newman e Eugene A. Nida, 1972, Sociedades Bíblicas Unidas, faz o seguinte comentário sobre Atos 11:21: “O poder do Senhor traduz uma expressão do Antigo Testamento, ‘a mão do Senhor’, e provavelmente se refere a Deus, o Pai, em vez de a Jesus. Por outro lado, a expressão voltaram-se para o Senhor se refere ao Senhor Jesus.”

  • ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ [Iesoús Kýrios] Their Usage and Sense in Holy Scripture (ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ Seu Uso e Sentido nas Escrituras Sagradas), de Herman Heinfetter, 1857, alista Atos 11:21 como um dos versículos em que “a Omissão do Artigo antes de Κυριος [Kýrios] . . . determina que essa Denominação se refere ao Deus Todo-Poderoso”.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15-18, 22, 23, 28, 29, 32, 34, 41, 47, 65, 93, 95, 96, 100-102, 106, 115, 132, 146, 187, 201

ATOS 12:7 “o anjo de Jeová”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje usam a expressão “anjo de Senhor” (ággelos Kyríou) nesse versículo, mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Essa expressão aparece pela primeira vez em Gênesis 16:7 e é usada muitas vezes nas Escrituras Hebraicas, onde é formada pela palavra hebraica para “anjo” mais o Tetragrama. Em cópias mais antigas da Septuaginta, essa expressão aparece formada pela palavra grega ággelos (anjo; mensageiro) seguida pelo nome de Deus em letras hebraicas. Um exemplo disso é o texto de Zacarias 3:5, 6 numa cópia da Septuaginta datada de entre 50 a.C. e 50 d.C., que foi encontrada numa caverna em Nahal Hever, no deserto da Judeia, em Israel. No entanto, cópias mais recentes da Septuaginta grega substituíram o nome de Deus por Kýrios (Senhor) nesses versículos e em muitos outros. É interessante que, quando essa substituição foi feita, o artigo definido não foi usado antes de Kýrios. De acordo com a gramática grega, seria de esperar que houvesse o artigo definido ali. A ausência dele faz Kýrios parecer um nome próprio. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o Tetragrama nesse versículo. Assim, por causa do uso da expressão “anjo de Jeová” nas Escrituras Hebraicas e da ausência do artigo definido onde normalmente seria usado, o nome de Deus foi usado no texto principal. Várias outras traduções da Bíblia (veja a lista de referências “J” abaixo) também preservaram o nome de Deus nesse versículo.

APOIO: Veja as explicações sobre Mateus 1:20; Lucas 1:11; Atos 5:19; 12:11.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15-18, 22-24, 28-34, 36, 41-43, 47, 61, 65, 66, 88, 90, 93, 95, 100-102, 104, 106, 114, 115, 117, 125, 128, 132, 139, 144-147, 185, 187, 201, 202

ATOS 12:11 “Jeová enviou seu anjo”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos usa a palavra Kýrios (Senhor) nesse versículo, mas há vários bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Primeiro: conforme mencionado na explicação sobre Atos 12:7, há razões para acreditar que a palavra Kýrios naquele versículo foi usada para substituir o nome de Deus. Por isso, é lógico concluir que a palavra Kýrios nesse versículo também foi usada como equivalente do nome de Deus, já que aparece no mesmo contexto e descreve o mesmo acontecimento. Segundo: as palavras “enviou seu anjo” lembram situações mencionadas nas Escrituras Hebraicas em que Jeová salvou seus servos de forma parecida. Por exemplo, Deus “enviou o seu anjo” para salvar os companheiros de Daniel (Daniel 3:28) e, mais tarde, fez o mesmo pelo próprio Daniel (Daniel 6:22). (Compare com o Salmo 34:7.) Terceiro: em alguns manuscritos gregos muito antigos e confiáveis, o artigo definido não aparece antes de Kýrios nesse versículo. De acordo com a gramática grega, seria de esperar que houvesse o artigo definido ali. Isso reforça a conclusão de que Kýrios foi usado para substituir o nome de Deus. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o nome de Deus nesse versículo. Assim, por causa do contexto, do modo como as Escrituras Hebraicas usam a expressão “enviou seu anjo” e da ambiguidade da palavra Kýrios, o nome de Deus foi usado em Atos 12:11.

APOIO:

  • The Interpretation of the Acts of the Apostles (A Interpretação de Atos dos Apóstolos), de R. C. H. Lenski, 1934, diz sobre esse versículo na página 475: “Κύριος [Kýrios] (Yahweh) tinha realmente enviado seu anjo.”

  • The Expositor’s Greek Testament (Testamento Grego do Expositor), de W. Robertson Nicoll, 2002, (vol. II, pág. 275) faz o seguinte comentário sobre Atos 12:11: “Κύριος [Kýrios], veja notas críticas, quando sem o artigo . . . se refere a Deus, Jeová.”

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 12:11 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ [Iesoús Kýrios] Their Usage and Sense in Holy Scripture (ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ Seu Uso e Sentido nas Escrituras Sagradas), de Herman Heinfetter, 1857, alista Atos 12:11 como um dos versículos em que “a Omissão do Artigo antes de Κυριος [Kýrios] . . . determina que essa Denominação se refere ao Deus Todo-Poderoso”.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15, 16, 18, 23, 28-34, 36, 41, 42, 47, 61, 65, 66, 88, 93, 95, 96, 100-102, 106, 115, 132, 139, 144-147, 187, 201, 202

ATOS 12:17 “Jeová o havia tirado da prisão”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos diz “o Senhor” (ho Kýrios) nesse versículo, mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Conforme mencionado na explicação sobre Atos 12:7, há razões para acreditar que a palavra Kýrios naquele versículo foi usada para substituir o nome de Deus. Por isso, é lógico concluir que a palavra Kýrios em Atos 12:17 também foi usada como equivalente do nome de Deus, já que aparece no mesmo contexto e descreve o mesmo acontecimento. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o nome de Deus nesse versículo. Assim, por causa do contexto, do acontecimento descrito e da ambiguidade da palavra Kýrios, o nome de Deus foi usado no texto principal.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 12:17 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 28-32, 41, 65, 93, 100-102, 106, 115, 132, 144-147, 187, 201

ATOS 12:23 “o anjo de Jeová”

MOTIVO(S): Essa expressão aparece pela primeira vez em Gênesis 16:7 e é usada muitas vezes nas Escrituras Hebraicas. Em cópias mais antigas da Septuaginta, essa expressão aparece formada pela palavra grega ággelos (anjo; mensageiro) seguida pelo nome de Deus em letras hebraicas. No entanto, cópias mais recentes da Septuaginta grega substituíram o nome de Deus por Kýrios (Senhor) em Gênesis 16:7 e em muitos outros versículos. É interessante que, quando essa substituição foi feita, o artigo definido não foi usado antes de muitas ocorrências de Kýrios. De acordo com a gramática grega, seria de esperar que houvesse o artigo definido ali. Assim, a ausência do artigo definido em Atos 12:23 e em outros versículos pode ser outra indicação de que a palavra Kýrios foi usada nesse versículo para substituir o nome de Deus.

APOIO: Veja as explicações sobre Mateus 1:20 e Lucas 1:11.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15-18, 22-24, 28-36, 41-43, 47, 48, 65, 66, 88, 90, 93, 95, 96, 100-102, 104, 106, 114, 115, 117, 125, 128, 132, 138, 144-147, 163, 167, 187, 201

ATOS 12:24 “a palavra de Jeová”

MOTIVO(S): Alguns manuscritos e traduções antigas dizem “palavra do Senhor”, enquanto outros dizem “palavra de Deus”. De qualquer forma, há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal desse versículo. As duas expressões têm sua origem nas Escrituras Hebraicas. Mas a expressão “a palavra de Jeová” (formada pelo termo hebraico para “palavra” junto com o Tetragrama) aparece muito mais vezes do que a expressão “a palavra de Deus”. A expressão “a palavra de Jeová” aparece em cerca de 200 versículos. (Alguns exemplos são: 2 Samuel 12:9; 24:11; 2 Reis 7:1; 20:16; 24:2; Isaías 1:10; 2:3; 28:14; 38:4; Jeremias 1:4; 2:4; Ezequiel 1:3; 6:1; Oseias 1:1; Miqueias 1:1; Zacarias 9:1.) Numa cópia muito antiga da Septuaginta, feita em pergaminho, essa expressão aparece em Zacarias 9:1 e foi traduzida pela palavra grega lógos seguida pelo nome de Deus em letras hebraicas antigas (). O rolo que contém essa passagem foi encontrado em Nahal Hever, no deserto da Judeia, em Israel, e é datado de entre 50 a.C. e 50 d.C. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o Tetragrama em Atos 12:24. Assim, por causa do uso da expressão nas Escrituras Hebraicas, da forma como ela aparece no manuscrito mencionado, da ambiguidade da palavra Kýrios e do fato de ela ter sido muitas vezes usada para substituir o nome de Deus, o nome de Deus foi usado no texto principal de Atos 12:24.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329) alista Atos 12:24 como um dos versículos em que Kýrios é “usado no NT [Novo Testamento] para se referir a Iavé/Deus”.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 23, 32, 33, 37, 48, 65, 94, 100, 101, 115, 125, 132, 144, 146, 163

ATOS 13:2 “estavam servindo a Jeová”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje usam a expressão “ao Senhor” (toi Kyríoi) nesse versículo, mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir a Jeová Deus ou a Jesus Cristo, dependendo do contexto. Assim, para entender a quem Kýrios se refere nesse versículo, é necessário levar em conta o modo como a expressão “estavam servindo” (em grego, leitourgéo) e outras expressões semelhantes são usadas nas Escrituras Hebraicas. Quando a palavra leitourgéo é usada na Septuaginta para se referir ao serviço que os sacerdotes e os levitas prestavam a Deus no tabernáculo e no templo (Êxodo 28:35; Números 8:22; 1 Reis 8:11), ela muitas vezes ocorre em passagens onde o nome de Deus aparece no texto hebraico original. Por exemplo, as mesmas palavras gregas que aparecem em Atos 13:2 (“servindo ao Senhor”) são usadas pela Septuaginta na tradução de 2 Crônicas 13:10, onde o texto hebraico diz “servindo a Jeová”. Essas mesmas palavras gregas também são usadas para traduzir a expressão hebraica “sirvam a Jeová” em 2 Crônicas 35:3. (Veja também 1 Samuel 2:11; 3:1; Ezequiel 45:4; Joel 2:17.) Além disso, elas são usadas na Septuaginta em Deuteronômio 18:5 para traduzir a expressão hebraica “para servir em nome de Jeová”. É interessante que um fragmento da Septuaginta datado do século 1 a.C. (Papiro Fouad Inventário n.º 266) contém o nome de Deus escrito em letras hebraicas quadradas no meio do texto grego desse versículo de Deuteronômio. Assim, por causa do uso da expressão “servir a Jeová” nas Escrituras Hebraicas, dos manuscritos antigos que mostram como essa expressão era traduzida e da ambiguidade da palavra Kýrios, o nome de Deus foi usado em Atos 13:2.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 13:2 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • Did the First Christians Worship Jesus? (Os Primeiros Cristãos Adoravam a Jesus?), de James D. G. Dunn, 2010, diz sobre esse versículo: “Será que ‘o Senhor’ aqui é Jesus (como em muitas ocorrências de Atos)? Ou Lucas está se referindo à adoração do Senhor Deus? É difícil decidir. Mas, assim como nas outras ocorrências de Atos em que ‘Senhor’ = Deus, a influência do estilo do Antigo Testamento sugere que Lucas tinha em mente a adoração de Deus.”

  • The Acts of the Apostles​—A Commentary (Os Atos dos Apóstolos — Comentário), de Ernst Haenchen, 1971, diz sobre essa expressão: “Em ‘serviam ao Senhor’, Lucas utilizou uma expressão especialmente solene da LXX [Septuaginta] para fazer alusão, acima de tudo, à oração.” A nota de rodapé nesse comentário alista os seguintes textos: “II Crôn. 5.14, 13.10 e 35.3; . . . Joel 1.13 e 2.17; Ezeq. 40.46, 44.16 e 45.4; Dan. 7.10.”

  • The Anchor Yale Bible (Bíblia Anchor Yale), de Joseph A. Fitzmyer, 1998, (vol. 31) diz sobre essa expressão encontrada em Atos 13:2: “Mais uma vez, Kyrios é usado no sentido do Deus de Israel, não do Cristo ressuscitado.”

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15-18, 22, 23, 32, 34, 41, 43, 65, 95, 100, 101, 106, 115, 125, 132, 145-147, 201, 219

ATOS 13:10 “os caminhos retos de Jeová”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje usam a palavra Kýrios (Senhor) nesse versículo. Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Estudiosos apontam que a resposta de Paulo ao feiticeiro judeu Barjesus (registrada nos versículos 10 e 11) inclui expressões que vêm das Escrituras Hebraicas. Por exemplo, as palavras gregas traduzidas nesse versículo como “distorcer os caminhos” aparecem na Septuaginta em Provérbios 10:9 (“perverte os seus caminhos”). E as palavras gregas traduzidas em Atos 13:10 como “os caminhos retos de Jeová” aparecem na Septuaginta em Oseias 14:9. Nesse versículo de Oseias, o texto hebraico original usa o nome de Deus e diz: “Pois os caminhos de Jeová são retos.” Estudiosos também apontam que alguns dos manuscritos gregos mais confiáveis não contêm o artigo definido antes da palavra Kýrios em Atos 13:10. De acordo com a gramática grega, seria de esperar que houvesse o artigo definido ali. A ausência dele faz Kýrios parecer um nome próprio. Também, no versículo seguinte (Atos 13:11), a palavra Kýrios aparece como parte de uma expressão (“mão de Jeová”) que claramente se origina nas Escrituras Hebraicas, e tudo indica que essa palavra foi usada para substituir o nome de Deus. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o nome “Jeová” em Atos 13:10. Assim, o contexto (Paulo estava falando com um judeu) e o fato de haver em Atos 13:10, 11 expressões que vêm das Escrituras Hebraicas apoiam o uso do nome de Deus no texto principal.

APOIO:

  • Critical and Exegetical Handbook to the Acts of the Apostles (Manual Crítico e Exegético dos Atos dos Apóstolos), de Heinrich August Wilhelm Meyer, 1884, diz sobre Atos 13:10: “Κυρίου [Kyríou, forma da palavra Kýrios] não se refere a Cristo, mas a Deus, a quem o filho do diabo resiste, como fica evidente no ver. 11.”

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329) alista Atos 13:10 como um dos versículos em que a palavra Kýrios é “usada no NT [Novo Testamento] para se referir a Iavé/Deus”.

  • The NET Bible, New English Translation (Bíblia NET, Nova Tradução Inglesa), 1996, inclui a seguinte nota sobre a expressão “caminhos do Senhor” em Atos 13:10: “Essa censura é semelhante às feitas pelos profetas do AT [Antigo Testamento]: Jer 5:27; Gên 32:11; Prov 10:7; Os 14:9 . . . A pergunta retórica do fim do v. 10 (“você não vai parar de . . . ?”) mostra o quanto ele [Elimas] se opõe ao caminho de Deus.”

  • The Anchor Yale Bible (Bíblia Anchor Yale), de Joseph A. Fitzmyer, 1998, (vol. 31) faz o seguinte comentário sobre Atos 13:10: “Kyrios: Deus ou o Cristo ressuscitado; provavelmente o primeiro, como no v 11.”

  • ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ [Iesoús Kýrios] Their Usage and Sense in Holy Scripture (ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ Seu Uso e Sentido nas Escrituras Sagradas), de Herman Heinfetter, 1857, alista Atos 13:10 como um dos versículos em que “a Omissão do Artigo antes de Κυριος [Kýrios] . . . determina que essa Denominação se refere ao Deus Todo-Poderoso”.

  • The ‘Holy Scriptures’ (As ‘Escrituras Sagradas’), de J. N. Darby, 1949, diz o seguinte numa nota de rodapé sobre a expressão “os caminhos retos de [o] Senhor”, usada em Atos 13:10: “Possivelmente ‘Jeová’.”

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15-18, 22, 23, 28-34, 42, 43, 47, 65, 66, 93-96, 100-102, 106, 114, 115, 132, 144-147, 154, 163, 167, 172, 187, 201

ATOS 13:11 “a mão de Jeová”

MOTIVO(S): A expressão “a mão de Jeová” aparece muitas vezes nas Escrituras Hebraicas como uma combinação da palavra hebraica para “mão” com o Tetragrama. (Alguns exemplos são: Êxodo 9:3; Números 11:23; Juízes 2:15; Rute 1:13; 1 Samuel 5:6, 9; 7:13; 12:15; 1 Reis 18:46; Esdras 7:6; Jó 12:9; Isaías 19:16; 40:2; Ezequiel 1:3.) Por isso, apesar de os manuscritos gregos disponíveis hoje dizerem Kýrios (Senhor) nesse versículo, o uso da expressão nas Escrituras Hebraicas dá bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Além disso, estudiosos apontam que o artigo definido não foi usado antes de Kýrios em Atos 13:11. De acordo com a gramática grega, seria de esperar que houvesse o artigo definido ali. A ausência dele faz Kýrios parecer um nome próprio. Isso é interessante porque lembra o modo como Kýrios foi usado em cópias mais recentes da Septuaginta. As cópias mais antigas da Septuaginta usavam o nome de Deus. Mas, nas cópias mais recentes, em que o nome de Deus foi substituído por Kýrios, o artigo definido muitas vezes não foi usado antes de Kýrios, como a gramática grega normalmente exigiria. (Isso aconteceu em todos os versículos citados acima.) A ausência do artigo definido em Atos 13:11 é outra indicação de que a palavra Kýrios foi usada para substituir o nome de Deus. A expressão grega traduzida como “mão de Jeová” também aparece em Lucas 1:66 e Atos 11:21.

APOIO:

  • ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ [Iesoús Kýrios] Their Usage and Sense in Holy Scripture (ΙΗΣΟΥΣ ΚΥΡΙΟΣ Seu Uso e Sentido nas Escrituras Sagradas), de Herman Heinfetter, 1857, alista Atos 13:11 como um dos versículos em que “a Omissão do Artigo antes de Κυριος [Kýrios] . . . determina que essa Denominação se refere ao Deus Todo-Poderoso”.

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 13:11 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • The ‘Holy Scriptures’ (As ‘Escrituras Sagradas’), de J. N. Darby, 1949, diz o seguinte numa nota de rodapé sobre a expressão “[a] mão do Senhor”, usada em Atos 13:11: “Possivelmente ‘Jeová’.”

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15-18, 22-24, 28-34, 36, 42, 43, 47, 65, 66, 93-96, 100-102, 104, 114, 115, 132, 144-147, 154, 172, 187, 201, 219

ATOS 13:12 “os ensinamentos de Jeová”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos diz nesse versículo “os ensinamentos do Senhor” (tei didakheí tou Kyríou), mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir a Jeová Deus ou a Jesus Cristo, dependendo do contexto. Nos dois versículos anteriores, Kýrios aparece duas vezes e se refere a Deus. Nos dois casos, é possível concluir que Kýrios foi usado para substituir o nome de Deus. (Veja as explicações sobre Atos 13:10, 11.) A expressão “os ensinamentos de Jeová” tem o mesmo significado da expressão “a palavra de Deus”, usada em Atos 13:5. Ali, o versículo diz que Paulo e seus companheiros “começaram a proclamar a palavra de Deus nas sinagogas dos judeus” quando chegaram em Chipre. Isso fez com que o procônsul Sérgio Paulo ‘quisesse muito ouvir a palavra de Deus’. (Atos 13:7) Assim, é natural concluir que, depois de ter presenciado o que Paulo disse e fez, Sérgio Paulo ficou impressionado com o que aprendeu sobre Jeová Deus e seus ensinamentos. Algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o nome de Deus em Atos 13:12. Assim, por causa do contexto, do modo como a expressão “ensinamentos de Jeová” é usada nesse relato e da ambiguidade da palavra Kýrios, o nome de Deus foi usado no texto principal.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 13:12 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • Holy Bible From the Ancient Eastern Text​—George M. Lamsa’s Translation From the Aramaic of the Peshitta (Bíblia Sagrada Baseada no Texto Oriental Antigo — Tradução do Aramaico da Peshitta por George M. Lamsa) usa “SENHOR” com maiúscula e versaletes (maiúsculas menores) em Atos 13:12 e diz numa nota de rodapé: “Atos. 13:10, 11, 12, 49 - A forma siríaca e aramaica do Nome Divino, ‘Mar-Yah’ ou ‘Mor-Yah’, significa literalmente ‘Senhor Yah’, ou seja, ‘Iavé’, ‘YHWH’.”

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 29-31, 41, 43, 93, 100, 101, 106, 132, 144, 146, 187, 201

ATOS 13:44 “a palavra de Jeová”

MOTIVO(S): Muitos dos manuscritos gregos mais antigos dizem “a palavra do Senhor” (ton lógon tou Kyríou) nesse versículo. Alguns manuscritos dizem “a palavra de Deus” (ton lógon tou Theoú). Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir tanto a Jeová Deus como a Jesus Cristo, dependendo do contexto. Em outros textos de Atos, como Atos 13:46, é usada a expressão “a palavra de Deus”, que tem o mesmo significado. Isso apoia a conclusão de que a palavra Kýrios no versículo 44 se refere a Deus. (Essa expressão também aparece em Atos 4:31; 6:2, 7; 8:14; 11:1; 13:5, 7; 17:13; 18:11.) As duas expressões têm sua origem nas Escrituras Hebraicas. Mas a expressão “a palavra de Jeová” (formada pelo termo hebraico para “palavra” junto com o Tetragrama) aparece muito mais vezes do que a expressão “a palavra de Deus”. (“A palavra de Jeová” aparece em cerca de 200 versículos. Alguns exemplos são: 2 Samuel 12:9; 24:11; 2 Reis 7:1; 20:16; 24:2; Isaías 1:10; 2:3; 28:14; 38:4; Jeremias 1:4; 2:4; Ezequiel 1:3; 6:1; Oseias 1:1; Miqueias 1:1; Zacarias 9:1.) Numa cópia muito antiga da Septuaginta, feita em pergaminho, essa expressão aparece em Zacarias 9:1 e foi traduzida pela palavra grega lógos seguida pelo nome de Deus em letras hebraicas antigas (). O rolo que contém essa passagem foi encontrado em Nahal Hever, no deserto da Judeia, em Israel, e é datado de entre 50 a.C. e 50 d.C. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o nome de Deus em Atos 13:44. Assim, por causa do uso da expressão nas Escrituras Hebraicas, da forma como ela aparece no manuscrito mencionado, da ambiguidade da palavra Kýrios e do fato de ela ter sido muitas vezes usada para substituir o nome de Deus, o nome de Deus foi usado no texto principal de Atos 13:44.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 13:44 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

REFERÊNCIAS: J17, 22, 32, 33, 37, 48, 65, 94, 100, 101, 115, 125, 146, 167

ATOS 13:47 “Jeová nos deu esta ordem”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje dizem “o Senhor” (ho Kýrios) nesse versículo. Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. A citação que aparece nesse versículo é de Isaías 49:6. No versículo anterior de Isaías (Isaías 49:5), o texto hebraico original mostra claramente que é Jeová quem está falando. (Veja também Isaías 42:6.) O trabalho feito por Jesus Cristo, o Servo de Jeová, e por seus seguidores cumpre a profecia de Isaías. (Isaías 42:1; veja a nota de estudo em Lucas 2:32.) Por esses motivos, fica claro que em Atos 13:47 Kýrios se refere a Deus. Levando em conta o contexto e a passagem das Escrituras Hebraicas que foi citada, o nome de Deus foi usado para evitar ambiguidade.

APOIO:

  • The Interpretation of the Acts of the Apostles (A Interpretação de Atos dos Apóstolos), de R. C. H. Lenski, 1934, diz sobre esse versículo na página 551: “Eles devem primeiro acertar contas com o grande ʽEbed Yahweh, o Servo de Jeová, o qual transmitiu o que Jeová declarou a ele . . . E agora os mensageiros de Jesus estão agindo de acordo com essa vontade de Jeová.”

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 13:47 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • The Acts of the Apostles Explained (Third Edition) (Os Atos dos Apóstolos Explicados [Terceira Edição]), de Joseph Addison Alexander, 1872, diz sobre esse versículo: “O Senhor, de acordo com o uso no Novo Testamento, poderia ser entendido como significando o Senhor Jesus Cristo . . . Mas, visto que as palavras a seguir são dirigidas ao Messias, o Senhor pode ser considerado como sendo a tradução costumeira de Jeová.”

  • Commentary on the Book of the Acts (Comentário sobre o Livro de Atos), de F. F. Bruce, 1954, página 283, diz sobre esse versículo e a citação de Isaías 49:6: “É interessante que, no contexto dessa profecia (o segundo Cântico do Servo), primeiro a nação de Israel é chamada de servo de Jeová . . . Mas Israel como um todo foi um servo desobediente, e a profecia teve seu cumprimento específico no Messias.”

  • Bíblia Judaica Completa, de David H. Stern, 2010, usa “ADONAI em maiúscula e versaletes (maiúsculas menores) nesse versículo. Na introdução dessa Bíblia, o tradutor explica: “O vocábulo ‘ADONAI’ é usado . . . todas as vezes que eu, o tradutor, creio que ‘kyrios’ seja a representação grega do tetragrama.”

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 17, 22, 23, 32, 35, 41, 43, 65, 68, 94, 100, 101, 106, 114, 115, 117, 132, 138, 144, 146, 201

ATOS 13:48 “a palavra de Jeová”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos diz “a palavra do Senhor” (ton lógon tou Kyríou) nesse versículo; outros manuscritos dizem “a palavra de Deus” (ton lógon tou Theoú). Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir a Jeová Deus ou a Jesus Cristo, dependendo do contexto. O contexto indica que em Atos 13:48 essa palavra se refere a Deus. No versículo anterior, Kýrios é usado para se referir àquele que deu a ordem profética registrada em Isaías 49:6, ou seja, Jeová. (Veja a explicação sobre Atos 13:47.) Conforme mostrado na explicação sobre Atos 13:44, existem outros motivos que apoiam o uso do nome de Deus na expressão “a palavra de Jeová”. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o Tetragrama em Atos 13:48.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329) alista Atos 13:48 como um dos versículos em que Kýrios é “usado no NT [Novo Testamento] para se referir a Iavé/Deus”.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15-17, 22, 23, 32, 33, 37, 41, 42, 65, 66, 94, 96, 100, 101, 106, 114, 115, 125, 132, 144, 146, 163, 167, 201

ATOS 13:49 “a palavra de Jeová”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos diz “a palavra do Senhor” (ho lógos tou Kyríou) nesse versículo, mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal, como mostram as explicações sobre Atos 13:44, 48. Além disso, várias traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o Tetragrama em Atos 13:49.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329) alista Atos 13:49 como um dos versículos em que Kýrios é “usado no NT [Novo Testamento] para se referir a Iavé/Deus”.

  • Holy Bible From the Ancient Eastern Text​—George M. Lamsa’s Translation From the Aramaic of the Peshitta (Bíblia Sagrada Baseada no Texto Oriental Antigo — Tradução do Aramaico da Peshitta por George M. Lamsa) usa “SENHOR” com maiúscula e versaletes (maiúsculas menores) em Atos 13:49 e diz numa nota de rodapé: “Atos. 13:10, 11, 12, 49 - A forma siríaca e aramaica do Nome Divino, ‘Mar-Yah’ ou ‘Mor-Yah’, significa literalmente ‘Senhor Yah’, ou seja, ‘Iavé’, ‘YHWH’.”

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15-18, 22, 23, 28-32, 41, 65, 66, 93-95, 100, 101, 106, 114, 115, 125, 132, 144, 146, 167, 201

ATOS 14:3 “com a autoridade de Jeová”

MOTIVO(S): Lit.: “em cima do Senhor”. Os manuscritos gregos disponíveis hoje usam a palavra Kýrios (Senhor) nesse versículo. Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir a Jeová Deus ou a Jesus Cristo, dependendo do contexto. O contexto indica que em Atos 14:3 essa palavra se refere a Deus. Na maioria das vezes que a expressão “bondade imerecida” aparece no livro de Atos ela se refere à bondade imerecida de Deus (Atos 11:23; 13:43; 14:26; 20:24), e Atos 20:32 menciona “Deus e . . . [a] palavra a respeito de Sua bondade imerecida”. Além disso, em Atos 15:12, Deus é identificado como aquele que tinha feito “sinais e milagres”. (Veja também Atos 2:19; 19:11.) No contexto de Atos 14:3, entende-se que a preposição epí (“sobre; em cima de”) foi usada para indicar qual era a base para os discípulos falarem corajosamente. O resto do versículo mostra que Deus estava confirmando que o que eles pregavam vinha realmente dele e que essa pregação tinha o seu apoio e a sua aprovação. (Compare com Atos 4:29-31.) A expressão grega que aparece nesse versículo também foi usada na Septuaginta em frases onde o Tetragrama aparece no texto hebraico original. (Salmo 31:6 [30:7, LXX]; Jeremias 17:7) Com base no sentido dessas frases, alguns sugerem que a expressão também inclui a ideia de falar “com confiança em Jeová”. Assim, por causa do contexto e do modo como a palavra Kýrios era usada, o nome de Deus foi usado no texto principal de Atos 14:3.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15-18, 23, 29-31, 41, 93-95, 100, 101, 106, 132, 146, 201

ATOS 14:23 “os entregaram aos cuidados de Jeová”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje dizem “ao Senhor” (toi Kyríoi), mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios (Senhor) pode se referir a Jeová Deus ou a Jesus Cristo, dependendo do contexto. O contexto indica que em Atos 14:23 essa palavra se refere a Deus. Em Atos 14:26, uma expressão parecida é usada: “Entregues à bondade imerecida de Deus.” Além disso, o verbo grego usado em Atos 14:23 também foi usado em Atos 20:32 na frase: “Eu os entrego aos cuidados de Deus.” Certo léxico define essa expressão como “entregar uma pessoa aos cuidados ou à proteção de alguém . . . [Refere-se à] proteção de Deus . . . At 14:23; cp. [compare com] 20:32”. O mesmo verbo também aparece em Lucas 23:46, que registra as palavras de Jesus: “Pai, às tuas mãos confio o meu espírito.” Jesus estava citando o Salmo 31:5, onde a Septuaginta (30:6, LXX) usa esse mesmo verbo grego. No texto hebraico original desse salmo, aparece o nome de Deus. A ideia de uma pessoa se entregar aos cuidados de Jeová é comum nas Escrituras Hebraicas. (Salmo 22:8; 37:5; Provérbios 16:3) Assim, por causa do contexto, da origem dessa ideia nas Escrituras Hebraicas e da ambiguidade da palavra Kýrios, o nome de Deus foi usado nesse relato. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o nome de Deus em Atos 14:23.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15, 16, 41, 65, 100, 101, 106, 132, 163, 167, 201

ATOS 15:17a “a fim de que o restante dos homens busque diligentemente a Jeová”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos diz “ao Senhor” (ton Kýrion) nesse versículo, mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir a Jeová Deus ou a Jesus Cristo, dependendo do contexto. Em Atos 15:14, Tiago disse que Simeão tinha relatado “como Deus . . . voltou sua atenção para as nações”. E no versículo 19, Tiago fala “das nações, que estão se convertendo a Deus”. Além disso, em Atos 15:17, Tiago estava citando Amós 9:11, 12 e, no texto hebraico original de Amós, o nome de Deus é usado uma vez, na expressão “diz Jeová”. Assim, levando em conta o contexto, o uso do nome de Deus na passagem que Tiago estava citando e a forma como a palavra Kýrios é usada na Septuaginta, há bons motivos para se usar o nome de Deus na primeira ocorrência de Kýrios em Atos 15:17, embora o texto hebraico da profecia citada não tenha uma palavra equivalente nessa parte da passagem.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 15:17a como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • Critical and Exegetical Handbook to the Acts of the Apostles (Manual Crítico e Exegético dos Atos dos Apóstolos), de Heinrich August Wilhelm Meyer, 1884, diz sobre Atos 15:14-17: “Amós prediz [que] . . . nações estrangeiras se juntarão a ela [à teocracia davídica] e se converterão à adoração de Jeová . . . Jeová tinha se retirado do Seu povo; mas agora Ele promete por meio do profeta: Eu voltarei e construirei de novo o tabernáculo de Davi que caiu (por desolação).”

  • The Jerome Biblical Commentary (Comentário Bíblico de Jerônimo), editado por Raymond E. Brown, Joseph A. Fitzmyer e Roland E. Murphy, 1968, diz sobre Atos 15:17: “Essa expressão do AT [Antigo Testamento] (veja 2 Cr 6:35 [6:33]; 7:14) transmite a ideia de consagração a Iavé; portanto, Amós falou de nações que pertenciam a Deus.”

  • The New King James Version (Nova Versão King James), impressa pela primeira vez em 1979, usa “SENHOR” em maiúscula e versaletes (maiúsculas menores) duas vezes no texto principal de Atos 15:17. O prefácio dessa edição explica: “O nome de Deus ligado ao pacto era geralmente traduzido do hebraico como ‘SENHOR’ (com letras maiúsculas conforme mostrado aqui) no Antigo Testamento da King James. Essa tradição foi mantida. Nesta edição o nome é escrito assim, em maiúsculas, sempre que o Novo Testamento cita uma passagem do Antigo Testamento que usa o nome do pacto.”

  • NLT Study Bible (Second Edition) (Bíblia de Estudo NTV [Segunda Edição]), 2008, usa “SENHOR” em maiúscula e versaletes (maiúsculas menores) duas vezes no texto principal de Atos 15:17. Em sua “Introdução à Nova Tradução Viva”, encontramos a seguinte explicação: “A palavra grega kurios [kýrios] é consistentemente traduzida ‘Senhor’; como exceção, ela é traduzida ‘SENHOR’ sempre que o Novo Testamento está claramente citando o Antigo Testamento e a palavra está em versaletes ali.” Explicando o significado disso, a introdução diz: “Nós geralmente traduzimos o tetragrama (YHWH) de modo consistente como ‘o SENHOR’, usando uma forma com versaletes que é comum nas traduções para o inglês.”

REFERÊNCIAS: J11, 12, 14-18, 22, 23, 28-31, 34, 35, 38, 41-43, 47, 59, 61, 65, 66, 88, 90, 93, 94, 96, 100-102, 104-106, 114, 115, 126, 132, 145-147, 149, 154, 164, 178, 186, 187, 201, 228, 236, 244

ATOS 15:35 “da palavra de Jeová”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos diz “da palavra do Senhor” (ton lógon tou Kyríou) nesse versículo, mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir a Jeová Deus ou a Jesus Cristo, dependendo do contexto. O livro de Atos usa também a expressão “a palavra de Deus”, que tem o mesmo significado, o que apoia a conclusão de que a palavra Kýrios em Atos 15:35 se refere a Deus. (Atos 4:31; 6:2, 7; 8:14; 11:1; 13:5, 7, 46; 17:13; 18:11) As duas expressões têm sua origem nas Escrituras Hebraicas. Mas a expressão “a palavra de Jeová” (formada pelo termo hebraico para “palavra” junto com o Tetragrama) aparece muito mais vezes do que a expressão “a palavra de Deus”. (“A palavra de Jeová” aparece em cerca de 200 versículos. Alguns exemplos são: 2 Samuel 12:9; 24:11; 2 Reis 7:1; 20:16; 24:2; Isaías 1:10; 2:3; 28:14; 38:4; Jeremias 1:4; 2:4; Ezequiel 1:3; 6:1; Oseias 1:1; Miqueias 1:1; Zacarias 9:1.) Numa cópia muito antiga da Septuaginta, feita em pergaminho, essa expressão aparece em Zacarias 9:1 e foi traduzida pela palavra grega lógos seguida pelo nome de Deus em letras hebraicas antigas (). O rolo que contém essa passagem foi encontrado em Nahal Hever, no deserto da Judeia, em Israel, e é datado de entre 50 a.C. e 50 d.C. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o Tetragrama em Atos 15:35. E a Peshitta siríaca usa a expressão “a palavra de Deus” nesse versículo. Assim, por causa do uso da expressão nas Escrituras Hebraicas, da forma como ela aparece no manuscrito mencionado, da ambiguidade da palavra Kýrios e do fato de ela ter sido muitas vezes usada para substituir o nome de Deus, o nome de Deus foi usado no texto principal.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329) alista Atos 15:35 como um dos versículos em que Kýrios é “usado no NT [Novo Testamento] para se referir a Iavé/Deus”.

  • The New Testament in Basic English (O Novo Testamento em Inglês Básico), 1946, diz “a palavra de Deus”.

REFERÊNCIAS: J17, 18, 22, 23, 31, 32, 41, 65, 66, 94, 95, 100, 101, 106, 115, 132, 146, 201

ATOS 15:36 “a palavra de Jeová”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos diz “a palavra do Senhor” (ton lógon tou Kyríou) nesse versículo. Mas, conforme mostrado na explicação sobre Atos 15:35, há bons motivos para se usar o nome de Deus na expressão “a palavra de Jeová”. O contexto desse versículo identifica a Jeová como a Fonte da palavra. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o Tetragrama em Atos 15:36. A Peshitta siríaca usa a expressão “a palavra de Deus” nesse versículo.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329) alista Atos 15:36 como um dos versículos em que Kýrios é “usado no NT [Novo Testamento] para se referir a Iavé/Deus”.

  • The New Testament in Basic English (O Novo Testamento em Inglês Básico), 1946, diz “a palavra de Deus”.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 17, 18, 22, 23, 32, 41, 65, 66, 94, 95, 100, 101, 106, 115, 132, 146, 201

ATOS 15:40 “à bondade imerecida de Jeová”

MOTIVO(S): Muitos manuscritos gregos dizem “do Senhor” (tou Kyríou); outros dizem “de Deus”. Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios (Senhor) pode se referir a Jeová Deus ou a Jesus Cristo, dependendo do contexto. O contexto indica que em Atos 15:40 a expressão “o Senhor” se refere a Deus. Na maioria das vezes que a expressão “bondade imerecida” aparece no livro de Atos, ela se refere à bondade imerecida de Deus. (Atos 11:23; 13:43; 20:24) Uma frase parecida com a que foi usada nesse versículo aparece em Atos 14:26, que diz “entregues à bondade imerecida de Deus”. Além disso, alguns manuscritos e traduções antigas para outros idiomas usam “Deus” (Theós) em vez de “Senhor” (Kýrios) nesse versículo, apoiando a conclusão de que a “bondade imerecida” mencionada em Atos 15:40 é a de Deus. Algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico também usam o nome de Deus em Atos 15:40. Assim, por causa do contexto, da ambiguidade da palavra Kýrios e do fato de ela ter sido muitas vezes usada para substituir o nome de Deus, o nome de Deus foi usado no texto principal desse versículo.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 15:40 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • The Orthodox Jewish Bible (A Bíblia Judaica Ortodoxa), 2011, usa “Hashem” para representar o nome de Deus em Atos 15:40. A palavra “Hashem” vem da expressão hebraica hashShém, que significa “o Nome”. Os judeus muitas vezes usam essa expressão para substituir YHWH.

REFERÊNCIAS: J17, 18, 22, 32, 48, 65, 94, 95, 100, 101, 115, 125, 132, 144, 146, 167

ATOS 16:14 “Jeová lhe abriu amplamente o coração”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje usam a expressão “o Senhor” (ho Kýrios) nesse versículo. Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir a Jeová Deus ou a Jesus Cristo, dependendo do contexto. O contexto indica que em Atos 16:14 a expressão “o Senhor” se refere a Jeová Deus. Lídia é chamada de “adoradora de Deus”, o que indica que ela era uma prosélita. (Compare com Atos 13:43.) Ela estava reunida com outras mulheres no sábado em um lugar de oração que ficava junto de um rio, fora da cidade de Filipos. (Atos 16:13) Ela talvez tenha entrado em contato com a adoração de Jeová na sua cidade de origem, Tiatira, que tinha uma grande população de judeus e um local de reuniões. Assim, por causa do contexto, do histórico de Lídia e da ambiguidade da palavra Kýrios, o nome de Deus foi usado em Atos 16:14. Algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o Tetragrama nesse versículo.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 16:14 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • The Orthodox Jewish Bible (A Bíblia Judaica Ortodoxa), 2011, usa “Hashem” para representar o nome de Deus em Atos 16:14. A palavra “Hashem” vem da expressão hebraica hashShém, que significa “o Nome”. Os judeus muitas vezes usam essa expressão para substituir YHWH.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 17, 18, 23, 32, 33, 48, 65, 94, 95, 100, 101, 105, 106, 115, 125, 130, 144, 146, 163, 167, 201

ATOS 16:15 “fiel a Jeová”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos disponíveis hoje usa a expressão “ao Senhor” (toi Kyríoi) nesse versículo; alguns poucos manuscritos dizem “a Deus”. Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir a Jeová Deus ou a Jesus Cristo, dependendo do contexto. O contexto indica que em Atos 16:15 a expressão “o Senhor” se refere a Jeová Deus. Como mostra a explicação sobre Atos 16:14, tudo indica que Lídia era uma prosélita. Assim, parece lógico que ela estivesse se referindo a Jeová. Ela tinha acabado de ouvir a pregação de Paulo sobre Jesus Cristo e ainda não tinha tido a oportunidade de mostrar que era fiel a ele. Por isso, faz mais sentido que ela estivesse se referindo à sua fidelidade a Jeová, o Deus a quem ela adorava. Assim, por causa do contexto, do histórico de Lídia, da ambiguidade da palavra Kýrios e do fato de ela ter sido muitas vezes usada para substituir o nome de Deus, o nome de Deus foi usado no texto principal.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 16:15 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • The Orthodox Jewish Bible (A Bíblia Judaica Ortodoxa), 2011, usa “Hashem” para representar o nome de Deus em Atos 16:15. A palavra “Hashem” vem da expressão hebraica hashShém, que significa “o Nome”. Os judeus muitas vezes usam essa expressão para substituir YHWH.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 32, 41, 65, 94, 100, 101, 106, 115, 144-147, 172, 201

ATOS 16:32 “a palavra de Jeová”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos mais antigos diz “a palavra do Senhor” (ton lógon tou Kyríou). Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios (Senhor) pode se referir tanto a Jeová Deus como a Jesus Cristo, dependendo do contexto. Embora Jesus seja mencionado no versículo anterior como “o Senhor Jesus” (ton Kýrion Iesoún), há bons motivos para se usar o nome de Deus nesse versículo. Alguns poucos manuscritos gregos dizem “a palavra de Deus” (ton lógon tou Theoú). No livro de Atos, as expressões “a palavra do Senhor” e “a palavra de Deus” são usadas com o mesmo significado, o que apoia a conclusão de que a palavra Kýrios em Atos 16:32 se refere a Deus. (Atos 4:31; 6:2, 7; 8:14; 11:1; 13:5, 7, 46; 17:13; 18:11) As duas expressões têm sua origem nas Escrituras Hebraicas. Mas a expressão “a palavra de Jeová” (formada pelo termo hebraico para “palavra” junto com o Tetragrama) aparece muito mais vezes do que a expressão “a palavra de Deus”. (“A palavra de Jeová” aparece em cerca de 200 versículos. Alguns exemplos são: 2 Samuel 12:9; 24:11; 2 Reis 7:1; 20:16; 24:2; Isaías 1:10; 2:3; 28:14; 38:4; Jeremias 1:4; 2:4; Ezequiel 1:3; 6:1; Oseias 1:1; Miqueias 1:1; Zacarias 9:1.) Numa cópia muito antiga da Septuaginta, feita em pergaminho, essa expressão aparece em Zacarias 9:1 e foi traduzida pela palavra grega lógos seguida pelo nome de Deus em letras hebraicas antigas (). O rolo que contém essa passagem foi encontrado em Nahal Hever, no deserto da Judeia, em Israel, e é datado de entre 50 a.C. e 50 d.C. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o nome de Deus em Atos 16:32. Assim, por causa do uso da expressão nas Escrituras Hebraicas, da forma como ela aparece no manuscrito mencionado, da ambiguidade da palavra Kýrios e do fato de ela ter sido muitas vezes usada para substituir o nome de Deus, o nome de Deus foi usado no texto principal.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 16:32 como um dos versículos em que Kýrios possivelmente é “usado para se referir a Iavé”.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 17, 18, 22, 23, 28-30, 32, 41, 65, 66, 93-95, 100, 101, 106, 115, 146, 163, 167

ATOS 18:21 “se Jeová quiser”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje dizem literalmente “Deus querendo” nesse versículo. Essa expressão também já foi traduzida como “se for da vontade de Deus” ou “se Deus quiser”. Nas Escrituras Gregas Cristãs, expressões semelhantes usam tanto a palavra Kýrios (Senhor) como a palavra Theós (Deus). (Atos 21:14; 1 Coríntios 4:19; 16:7; Hebreus 6:3; Tiago 4:15) Na Septuaginta, o verbo grego traduzido nesse versículo como “quiser” e o substantivo grego para “vontade” foram usados muitas vezes em traduções de passagens das Escrituras Hebraicas em que aparece o nome de Deus. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o Tetragrama em Atos 18:21. Assim, por causa do uso dessa expressão nas Escrituras Hebraicas e de expressões semelhantes nas Escrituras Gregas Cristãs, é correto usar o nome de Deus nesse versículo. — Veja a explicação sobre Atos 21:14.

APOIO:

  • A Handbook on the Letter From James (Manual da Carta de Tiago), de I-Jin Loh e Howard A. Hatton, produzido pelas Sociedades Bíblicas Unidas, 1997, diz o seguinte sobre a expressão “se o Senhor quiser” conforme aparece em Tiago 4:15: “Se o Senhor quiser . . . não é apenas uma frase pronta, mas expressa convicção e reconhecimento de que Deus tem a palavra final em tudo, e de que o futuro está nas mãos de Deus . . . O Senhor aqui não se refere a Jesus como em 2.1, mas a Deus.”

REFERÊNCIAS: J17, 32, 33, 37, 48, 65, 94, 100, 101, 115, 125, 144-147, 163, 167

ATOS 18:25 “no caminho de Jeová”

MOTIVO(S): Os manuscritos gregos disponíveis hoje dizem “no caminho do Senhor” (ten hodón tou Kyríou) nesse versículo. Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir a Jeová Deus ou a Jesus Cristo, dependendo do contexto. O contexto indica que em Atos 18:25 a expressão “o Senhor” se refere a Deus. Em Atos 18:26, é usada a expressão paralela “caminho de Deus”. O livro de Atos mostra que o modo de vida cristão gira em torno da adoração ao único Deus verdadeiro, Jeová, e da fé em seu Filho, Jesus Cristo, e chama esse modo de vida de o “Caminho” ou “esse Caminho”. (Atos 19:9, 23; 22:4; 24:22; veja a nota de estudo em Atos 9:2.) Além disso, a expressão traduzida como “o caminho de Jeová” aparece quatro vezes nos Evangelhos, onde é parte de uma citação de Isaías 40:3. Nessas quatro ocorrências, o artigo definido não aparece antes de Kýrios. (Veja as notas de estudo em Mateus 3:3; Marcos 1:3; Lucas 3:4; João 1:23.) No texto hebraico original de Isaías 40:3, aparece o Tetragrama. A expressão “caminho de Jeová” também aparece em Juízes 2:22 e Jeremias 5:4, 5. Algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o nome de Deus ou um equivalente do Tetragrama em Atos 18:25 e dizem “o caminho de Jeová”. Assim, por causa do contexto e do uso dessa expressão nas Escrituras Hebraicas, o nome de Deus foi usado no texto principal.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329) alista Atos 18:25 como um dos versículos em que Kýrios é “usado no NT [Novo Testamento] para se referir a Iavé/Deus”.

  • Holy Bible From the Ancient Eastern Text​—George M. Lamsa’s Translation From the Aramaic of the Peshitta (Bíblia Sagrada Baseada no Texto Oriental Antigo — Tradução do Aramaico da Peshitta por George M. Lamsa) usa “SENHOR” com maiúscula e versaletes (maiúsculas menores) em Atos 18:25 e diz numa nota de rodapé: “A forma siríaca e aramaica do Nome Divino, ‘Mar-Yah’ ou ‘Mor-Yah’, significa literalmente ‘Senhor Yah’, ou seja, ‘Iavé’, ‘YHWH’.”

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15, 16, 24, 29, 30, 32, 41, 42, 48, 65, 93, 94, 96, 100, 101, 115, 125, 132, 144, 146, 172, 201

ATOS 19:20 “a palavra de Jeová”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos diz “o Senhor” (tou Kyríou) nesse versículo. Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios pode se referir tanto a Jeová Deus como a Jesus Cristo, dependendo do contexto. O livro de Atos usa também a expressão “a palavra de Deus”, que tem o mesmo significado, o que apoia a conclusão de que a palavra Kýrios em Atos 19:20 se refere a Deus. (Atos 4:31; 6:2, 7; 8:14; 11:1; 13:5, 7, 46; 17:13; 18:11) As duas expressões têm sua origem nas Escrituras Hebraicas. Mas a expressão “a palavra de Jeová” (formada pelo termo hebraico para “palavra” junto com o Tetragrama) aparece muito mais vezes do que a expressão “a palavra de Deus”. (“A palavra de Jeová” aparece em cerca de 200 versículos. Alguns exemplos são: 2 Samuel 12:9; 24:11; 2 Reis 7:1; 20:16; 24:2; Isaías 1:10; 2:3; 28:14; 38:4; Jeremias 1:4; 2:4; Ezequiel 1:3; 6:1; Oseias 1:1; Miqueias 1:1; Zacarias 9:1.) Numa cópia muito antiga da Septuaginta, feita em pergaminho, essa expressão aparece em Zacarias 9:1 e foi traduzida pela palavra grega lógos seguida pelo nome de Deus em letras hebraicas antigas (). O rolo que contém essa passagem foi encontrado em Nahal Hever, no deserto da Judeia, em Israel, e é datado de entre 50 a.C. e 50 d.C. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o nome de Deus em Atos 19:20. A Vulgata latina e a Peshitta siríaca dizem “a palavra de Deus”. Assim, por causa do uso da expressão nas Escrituras Hebraicas, da forma como ela aparece no manuscrito mencionado, da ambiguidade da palavra Kýrios e do fato de ela ter sido muitas vezes usada para substituir o nome de Deus, o nome de Deus foi usado no texto principal.

APOIO:

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329) alista Atos 19:20 como um dos versículos em que a palavra Kýrios é “usada no NT [Novo Testamento] para se referir a Iavé/Deus”.

  • The Orthodox Jewish Bible (A Bíblia Judaica Ortodoxa), 2011, usa “Hashem” para representar o nome de Deus em Atos 19:20. A palavra “Hashem” vem da expressão hebraica hashShém, que significa “o Nome”. Os judeus muitas vezes usam essa expressão para substituir YHWH.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 15-18, 23, 31, 32, 41, 48, 65, 94-96, 100, 101, 115, 125, 146

ATOS 21:14 “Seja feita a vontade de Jeová”

MOTIVO(S): A maioria dos manuscritos gregos diz “a vontade do Senhor” nesse versículo. Mas há bons motivos para se usar o nome de Deus no texto principal. Nas Escrituras Gregas Cristãs, Kýrios (Senhor) pode se referir a Jeová Deus ou a Jesus Cristo, dependendo do contexto. Na maioria das vezes que a palavra grega para “vontade” (thélema) é usada nas Escrituras Gregas Cristãs, ela se refere à vontade de Deus. (Mateus 7:21; 12:50; Marcos 3:35; Romanos 12:2; 1 Coríntios 1:1; Hebreus 10:36; 1 Pedro 2:15; 4:2; 1 João 2:17) Por isso, é lógico concluir que Kýrios nessa expressão se refere a Deus. Na Septuaginta, a palavra grega thélema muitas vezes é usada para traduzir expressões hebraicas que se referem à vontade de Deus, ou àquilo que o agrada, e ocorre em passagens onde o nome de Deus aparece no texto original das Escrituras Hebraicas. (Salmo 40:8, 9 [39:9, 10, LXX]; 103:21 [102:21, LXX]; 143:9-11 [142:9-11, LXX]; Isaías 44:24, 28; Jeremias 9:24 [9:23, LXX]; Malaquias 1:10) Assim, por causa do modo como a palavra thélema foi usada na Bíblia, do uso de expressões semelhantes nas Escrituras Hebraicas, da ambiguidade da palavra Kýrios e do fato de ela ter sido muitas vezes usada para substituir o nome de Deus, o nome de Deus foi usado no texto principal de Atos 21:14. Além disso, algumas traduções das Escrituras Gregas Cristãs para o hebraico usam o nome de Deus nesse versículo.

APOIO:

  • The Anchor Yale Bible (Bíblia Anchor Yale), de Joseph A. Fitzmyer, 1998, (vol. 31) diz o seguinte sobre Atos 21:14: “Nesse caso, Kyrios se refere a Deus, o Pai.”

  • Exegetical Dictionary of the New Testament (Dicionário Exegético do Novo Testamento), 1991, (vol. 2, pág. 329-330) alista Atos 21:14 como um dos versículos em que Kýrios é “usado para se referir a Iavé”.

  • The New Testament in Basic English (O Novo Testamento em Inglês Básico), 1946, diz: “Que o propósito de Deus se cumpra.”

  • A BÍBLIA para Todos, da Sociedade Bíblica de Portugal, 2009, diz: “Seja o que Deus quiser!”

  • The Orthodox Jewish Bible (A Bíblia Judaica Ortodoxa), 2011, usa “Hashem” para representar o nome de Deus em Atos 21:14. A palavra “Hashem” vem da expressão hebraica hashShém, que significa “o Nome”. Os judeus muitas vezes usam essa expressão para substituir YHWH.

REFERÊNCIAS: J7, 8, 10, 17, 18, 23, 32, 43, 65, 94-96, 100, 101, 115, 132, 144-147, 167, 187, 201