Atos dos Apóstolos 6:1-15

6  Naqueles dias, ao aumentar o número de discípulos, os judeus que falavam grego começaram a reclamar dos judeus que falavam hebraico, porque as suas viúvas estavam sendo deixadas de lado na distribuição diária.+  De modo que os Doze reuniram a multidão dos discípulos e disseram: “Não é correto* que deixemos a palavra de Deus para servir alimento às mesas.+  Portanto, irmãos, escolham entre vocês sete homens de boa reputação,*+ cheios de espírito e de sabedoria,+ e nós os designaremos para essa tarefa necessária.+  Mas nós mesmos nos dedicaremos à oração e ao ministério da palavra.”  O que eles disseram agradou a toda a multidão, e escolheram Estêvão, homem cheio de fé e de espírito santo, e também Filipe,+ Prócoro, Nicanor, Timão, Pármenas e Nicolau, prosélito de Antioquia.  Eles os levaram aos apóstolos, que, depois de orar, lhes impuseram as mãos.+  Assim, a palavra de Deus continuava se espalhando,+ e o número de discípulos se multiplicava muito+ em Jerusalém. E uma grande multidão de sacerdotes se tornou obediente à fé.+  Estêvão, cheio de favor divino e de poder, realizava grandes sinais e milagres* entre o povo.  Mas alguns homens da chamada Sinagoga dos Libertos, junto com alguns cireneus e alexandrinos, bem como alguns da Cilícia e da Ásia, vieram para discutir com Estêvão. 10  Contudo, não puderam resistir à sabedoria e ao espírito com que ele falava.+ 11  Então, eles secretamente persuadiram alguns homens a dizer: “Nós o ouvimos falar blasfêmias contra Moisés e contra Deus.” 12  E eles atiçaram o povo, os anciãos e os escribas; e, numa investida, agarraram-no e levaram-no ao Sinédrio. 13  Apresentaram então testemunhas falsas, que disseram: “Este homem não para de falar contra este lugar santo e contra a Lei. 14  Por exemplo, nós o ouvimos dizer que esse Jesus, o Nazareno, derrubará este lugar e mudará os costumes que Moisés nos transmitiu.” 15  E, quando todos os sentados no Sinédrio fixaram os olhos nele, viram que o seu rosto era como o rosto de um anjo.

Notas de rodapé

Lit.: “agradável”.
Ou: “sete homens de quem se fala bem”.
Ou: “portentos”.

Notas de estudo

Mídia