Atos dos Apóstolos 10:1-48

10  Havia em Cesareia um homem de nome Cornélio, oficial* do chamado regimento italiano.*  Ele era um homem devoto, que temia a Deus junto com todos os da sua casa; ajudava muito os pobres* entre o povo e continuamente fazia súplicas a Deus.  Por volta da nona hora+ do dia,* ele viu claramente numa visão um anjo de Deus se chegar a ele e dizer: “Cornélio!”  Apavorado, Cornélio fixou os olhos nele e perguntou: “Que é, Senhor?” Ele lhe disse: “Suas orações e a ajuda que você dá aos pobres subiram como lembrança perante Deus.+  Assim, envie agora homens a Jope para trazerem um homem de nome Simão, conhecido como Pedro.  Esse homem está hospedado com Simão, um curtidor de couro, que tem uma casa à beira do mar.”  Logo que o anjo que lhe falou foi embora, ele chamou dois dos seus servos e um soldado devoto dentre os seus auxiliares,  contou-lhes tudo e os enviou a Jope.  No dia seguinte, enquanto eles viajavam e se aproximavam da cidade, Pedro subiu ao terraço para orar, por volta da sexta hora.* 10  Mas ele ficou com muita fome e quis comer. Enquanto preparavam a refeição, ele caiu em transe;+ 11  viu o céu aberto e algo semelhante a um grande lençol de linho descendo sobre a terra, preso pelas quatro pontas. 12  E nele havia todo tipo de quadrúpedes e de répteis* da terra, e de aves do céu. 13  Então uma voz lhe disse: “Levante-se, Pedro, mate e coma!” 14  Mas Pedro respondeu: “De jeito nenhum, Senhor, porque nunca comi nada aviltado ou impuro.”+ 15  E a voz falou novamente com ele, pela segunda vez: “Pare de chamar de impuras as coisas que Deus purificou.” 16  Isso ocorreu pela terceira vez e, imediatamente, o lençol foi recolhido ao céu. 17  Pedro estava perplexo, perguntando-se o que poderia significar a visão que ele havia tido. Enquanto isso, os homens enviados por Cornélio perguntaram onde era a casa de Simão e ficaram parados no portão.+ 18  Eles chamaram e perguntaram se Simão, conhecido como Pedro, estava hospedado ali. 19  Pedro ainda estava refletindo sobre a visão quando o espírito+ disse: “Escute! Três homens estão procurando você. 20  Levante-se então, desça e vá com eles, sem hesitar, porque eu os enviei.” 21  De modo que Pedro desceu ao encontro dos homens e disse: “Aqui estou, sou eu quem vocês estão procurando. Por que estão aqui?” 22  Disseram: “Cornélio,+ oficial do exército, homem justo e temente a Deus, de quem toda a nação dos judeus fala bem, recebeu instruções divinas por meio de um anjo para chamar o senhor à casa dele a fim de ouvir o que o senhor tem a dizer.” 23  Assim, Pedro os convidou para entrar e lhes deu hospedagem. No dia seguinte, levantou-se e foi com eles, e alguns dos irmãos de Jope o acompanharam. 24  No outro dia, ele entrou em Cesareia. Cornélio, naturalmente, os estava esperando, e havia reunido seus parentes e amigos íntimos. 25  Quando Pedro entrou, Cornélio foi ao seu encontro, se prostrou aos pés dele e lhe prestou homenagem.* 26  Mas Pedro o levantou, dizendo: “Fique de pé! Eu também sou apenas um homem.”+ 27  Enquanto conversava com ele, entrou e encontrou muitas pessoas reunidas. 28  Ele lhes disse: “Vocês bem sabem que é proibido a um judeu se relacionar ou ter contato com um homem de outra raça.+ Contudo, Deus me mostrou que eu não devo chamar nenhum homem de aviltado ou impuro.+ 29  Por isso vim, sem nenhuma objeção, quando fui chamado. Agora pergunto por que mandaram me chamar.” 30  Cornélio respondeu: “Quatro dias atrás, eu estava orando na minha casa nesta mesma hora, a nona hora,* quando apareceu na minha frente um homem com roupa brilhante; 31  ele disse: ‘Cornélio, sua oração foi ouvida, e a ajuda que você dá aos pobres foi lembrada diante de Deus. 32  Portanto, envie alguém a Jope para chamar Simão, conhecido como Pedro. Esse homem está hospedado na casa de Simão, um curtidor de couro, à beira do mar.’+ 33  Então, imediatamente mandei chamá-lo, e o senhor teve a bondade de vir para cá. Agora estamos todos presentes perante Deus para ouvir todas as coisas que Jeová* lhe mandou dizer.” 34  Em vista disso, Pedro começou a falar; ele disse: “Agora eu entendo claramente que Deus não é parcial,+ 35  mas, em toda nação, ele aceita aquele que o teme e faz o que é direito.+ 36  Ele enviou sua palavra aos filhos de Israel, declarando-lhes as boas novas de paz+ por meio de Jesus Cristo — este é Senhor de todos.+ 37  Vocês sabem de que assunto se falava em toda a Judeia, começando na Galileia,+ depois do batismo que João pregou: 38  sobre Jesus, que era de Nazaré, como Deus o ungiu com espírito santo+ e poder; e ele andou por toda a região fazendo o bem e curando todos os oprimidos pelo Diabo,+ porque Deus estava com ele.+ 39  E nós somos testemunhas de todas as coisas que ele fez tanto na terra dos judeus como em Jerusalém. Mas eles o mataram, pendurando-o num madeiro.* 40  Deus o levantou no terceiro dia+ e permitiu que ele aparecesse,* 41  não a todo o povo, mas a testemunhas designadas antecipadamente por Deus, a nós, os que comemos e bebemos com ele depois que foi levantado dentre os mortos.+ 42  Também, ele ordenou que pregássemos ao povo e déssemos um testemunho cabal+ de que é ele o designado por Deus para ser juiz dos vivos e dos mortos.+ 43  É dele que todos os profetas dão testemunho,+ de que todo aquele que deposita fé nele recebe perdão de pecados por meio do seu nome.”+ 44  Enquanto Pedro ainda falava essas coisas, o espírito santo desceu sobre todos os que ouviam a palavra.+ 45  E os crentes* circuncisos que tinham vindo com Pedro ficaram admirados, porque a dádiva* do espírito santo também estava sendo derramada sobre pessoas das nações. 46  Pois eles as ouviram falar em línguas e magnificar a Deus.+ Em vista disso, Pedro disse: 47  “Estas pessoas receberam o espírito santo assim como nós; será que alguém pode negar a água, impedindo que sejam batizadas?”+ 48  Então, ele mandou que fossem batizados em nome de Jesus Cristo.+ E eles lhe pediram que ficasse ali alguns dias.

Notas de rodapé

Ou: “centurião”, comandante de cem soldados.
Ou: “da chamada coorte italiana”, unidade do exército romano que consistia em 600 soldados.
Ou: “fazia muitas dádivas de misericórdia”. Veja o Glossário, “Dádivas de misericórdia”.
Isto é, por volta das 3 h da tarde.
Isto é, por volta do meio-dia.
Ou: “animais rasteiros”.
Ou: “se curvou diante dele”.
Isto é, por volta das 3 h da tarde.
Ou: “numa árvore”.
Ou: “se tornasse visível”.
Ou: “fiéis”.
Ou: “dádiva gratuita”.

Notas de estudo

Mídia