Atos dos Apóstolos 14:1-28

14  Em Icônio, eles entraram juntos na sinagoga dos judeus e falaram de tal maneira que uma grande multidão, tanto de judeus como de gregos, se tornou crente.  Mas os judeus que não creram atiçaram as pessoas* das nações, instigando-as contra os irmãos.+  Portanto, Paulo e Barnabé passaram bastante tempo falando corajosamente com a autoridade de Jeová;* e Ele confirmava a* mensagem sobre a sua bondade imerecida concedendo que ocorressem sinais e milagres* por meio deles.+  No entanto, a multidão da cidade estava dividida: alguns eram a favor dos judeus, e outros a favor dos apóstolos.  Então, as pessoas das nações junto com os judeus e seus líderes resolveram maltratá-los e apedrejá-los.+  Ao serem informados disso, fugiram para Listra e Derbe, cidades da Licaônia, e para a região ao redor.+  Ali continuaram a declarar as boas novas.  Em Listra, havia um homem que tinha os pés aleijados; ele era manco de nascença, nunca tinha andado. Ele estava sentado,  escutando Paulo falar. Paulo, olhando para ele atentamente e vendo que ele tinha fé para ficar bom,+ 10  disse bem alto: “Levante-se e fique de pé.” Então o homem deu um salto e começou a andar.+ 11  Quando as multidões viram o que Paulo tinha feito, gritaram na língua licaônica: “Os deuses tomaram forma humana e desceram a nós!”+ 12  Eles começaram a chamar Barnabé de Zeus e Paulo de Hermes, pois era ele que lhes dirigia a palavra. 13  O sacerdote de Zeus, cujo templo ficava na entrada da cidade, levou touros e grinaldas* até os portões, e queria oferecer sacrifícios com as multidões. 14  Quando os apóstolos Barnabé e Paulo souberam disso, rasgaram suas roupas, correram para o meio da multidão e gritaram: 15  “Homens, por que estão fazendo isso? Nós também somos humanos e temos as mesmas fraquezas que vocês.+ E estamos declarando as boas novas a vocês para que abandonem essas coisas vãs e se convertam ao Deus vivente, que fez o céu, a terra, o mar e tudo que há neles.+ 16  Em gerações passadas, ele permitiu que todas as nações andassem nos seus próprios caminhos,+ 17  embora não tenha deixado de dar testemunho de si mesmo,+ pois demonstrou sua bondade dando-lhes chuvas do céu e épocas de colheita abundante,+ satisfazendo-os com alimentos e enchendo seu coração de alegria.”+ 18  Mesmo dizendo essas coisas, foi muito difícil impedir que as multidões lhes oferecessem sacrifícios. 19  Mas chegaram judeus de Antioquia e de Icônio que persuadiram as multidões;+ então apedrejaram Paulo e o arrastaram para fora da cidade, imaginando que ele estivesse morto.+ 20  No entanto, quando os discípulos se juntaram em volta dele, ele se levantou e entrou na cidade. No dia seguinte partiu com Barnabé para Derbe.+ 21  Depois de declararem as boas novas àquela cidade e fazerem um bom número de discípulos, voltaram a Listra, Icônio e Antioquia. 22  Ali, fortaleceram os discípulos,*+ encorajando-os a permanecer na fé e dizendo-lhes: “Temos de passar por muitas dificuldades para entrar no Reino de Deus.”+ 23  Além disso, designaram anciãos para eles em cada congregação,+ fazendo orações e jejuando,+ e os entregaram aos cuidados de Jeová,* em quem tinham passado a crer. 24  Então passaram pela Pisídia, entraram na Panfília+ 25  e, depois de proclamar a palavra em Perge, desceram para Atália. 26  Dali navegaram para Antioquia, onde haviam sido entregues à bondade imerecida de Deus para a obra que agora tinham completado.+ 27  Depois de chegarem e reunirem a congregação, contaram as muitas coisas que Deus tinha feito por meio deles e como ele tinha aberto para as nações a porta da fé.+ 28  Assim, passaram bastante tempo com os discípulos.

Notas de rodapé

Ou: “as almas das pessoas”.
Ou: “dava testemunho da”.
Ou: “portentos”.
Ou: “coroas de flores”.
Ou: “as almas dos discípulos”.

Notas de estudo

Mídia