Atos dos Apóstolos 11:1-30

11  Então, os apóstolos e os irmãos que estavam na Judeia ouviram que pessoas das nações também tinham aceitado a palavra de Deus.  Assim, quando Pedro subiu a Jerusalém, os que apoiavam a circuncisão+ começaram a criticá-lo,*  dizendo: “Você entrou na casa de homens incircuncisos e comeu com eles.”  Em vista disso, Pedro começou a lhes explicar os detalhes do que havia acontecido:  “Eu estava na cidade de Jope orando e, num transe, tive uma visão de algo semelhante a um grande lençol de linho descendo do céu, preso pelas suas quatro pontas, e ele veio até perto de mim.+  Olhei atentamente para dentro dele e vi quadrúpedes da terra, animais selvagens, répteis* e aves do céu.  Também ouvi uma voz me dizer: ‘Levante-se, Pedro, mate e coma!’  Mas eu disse: ‘De jeito nenhum, Senhor, porque na minha boca nunca entrou nada aviltado ou impuro.’  A voz do céu falou então pela segunda vez: ‘Pare de chamar de impuras as coisas que Deus purificou.’ 10  Isso ocorreu pela terceira vez, e tudo foi puxado de volta para o céu. 11  Além disso, naquele instante, três homens que haviam sido enviados de Cesareia à minha procura chegaram à casa onde estávamos.+ 12  Então o espírito me disse que eu fosse com eles sem hesitar. Estes seis irmãos também foram comigo, e nós entramos na casa do homem. 13  “Ele nos contou que tinha visto um anjo aparecer na sua casa e dizer: ‘Envie homens a Jope e mande chamar Simão, que é conhecido como Pedro,+ 14  e ele lhe dirá as coisas pelas quais você e todos os da sua casa podem ser salvos.’ 15  Quando comecei a falar, o espírito santo desceu sobre eles, da mesma forma como tinha descido sobre nós no princípio.+ 16  Em vista disso eu me lembrei das palavras do Senhor; ele dizia: ‘João batizou com água,+ mas vocês serão batizados com espírito santo.’+ 17  Portanto, se Deus deu a eles a mesma dádiva* que deu a nós, que cremos no Senhor Jesus Cristo, quem era eu para poder impedir a Deus?”*+ 18  Quando ouviram essas coisas, não apresentaram mais objeções* e glorificaram a Deus, dizendo: “Então, Deus também concedeu a pessoas das nações o arrependimento que leva à vida.”+ 19  Os que tinham sido espalhados+ pela perseguição que surgiu por causa de Estêvão foram até a Fenícia, Chipre e Antioquia, mas falavam a palavra apenas aos judeus.+ 20  No entanto, alguns homens entre eles que eram de Chipre e de Cirene foram a Antioquia e começaram a falar às pessoas de língua grega, declarando as boas novas do Senhor Jesus. 21  E a mão de Jeová* estava com eles, e muitos se tornaram crentes e se converteram ao Senhor.+ 22  As notícias sobre eles chegaram aos ouvidos da congregação em Jerusalém, e enviaram então Barnabé+ a Antioquia. 23  Quando ele chegou e viu a bondade imerecida de Deus, alegrou-se e começou a encorajar todos a continuarem no Senhor com firmeza de coração,+ 24  pois era um homem bom, cheio de espírito santo e de fé. E uma multidão considerável passou a crer no Senhor.+ 25  De modo que ele foi a Tarso a fim de procurar cuidadosamente por Saulo.+ 26  Depois de achá-lo, levou-o a Antioquia. Assim, por um ano inteiro, reuniram-se com a congregação e ensinaram uma numerosa multidão. E foi primeiro em Antioquia que os discípulos, por direção divina, foram chamados de cristãos.+ 27  Naqueles dias alguns profetas+ desceram de Jerusalém para Antioquia. 28  Um deles, chamado Ágabo,+ levantou-se e predisse, por meio do espírito, que uma grande fome estava para vir sobre toda a terra habitada.+ De fato, ela ocorreu no tempo de Cláudio. 29  Assim, os discípulos resolveram, cada um de acordo com as suas possibilidades,+ enviar ajuda*+ aos irmãos que moravam na Judeia. 30  E fizeram isso, enviando-a aos anciãos pelas mãos de Barnabé e de Saulo.+

Notas de rodapé

Ou: “discutir com ele”.
Ou: “animais rasteiros”.
Ou: “dádiva gratuita”.
Ou: “poder me opor a Deus”.
Lit.: “eles ficaram em silêncio”.
Ou: “uma subministração de socorros”.

Notas de estudo

Mídia