Ir para conteúdo

Ir para índice

 HISTÓRIA 12

Dois Gémeos Diferentes

Dois Gémeos Diferentes

Quando tinha 40 anos, Isaque conheceu Rebeca e casou-se com ela. Ele amava-a muito. Algum tempo depois, Rebeca ficou grávida de gémeos.

O que nasceu primeiro chamava-se Esaú. O que nasceu depois era Jacó. Esaú passava mais tempo fora de casa e gostava de caçar. Mas Jacó preferia ajudar em casa.

Esaú era o filho mais velho. Por isso, tinha o direito de ganhar uma herança maior do que a de Jacó. Sabes o que é uma herança? É tudo o que o pai deixa aos filhos depois de morrer, como terras ou dinheiro. Na família de Isaque, as promessas que Jeová tinha feito a Abraão também faziam parte da herança. Esaú não ligava a essas promessas, mas, para Jacó, eram muito importantes!

Um dia, Esaú foi caçar e voltou para casa muito cansado. Então, sentiu o cheirinho da comida que Jacó estava a fazer e disse-lhe:

— Eu estou a morrer de fome! Dá-me um pouco dessa comida.

— Está bem, Esaú. Mas só se tu prometeres que me vais dar a tua herança.

— Eu não quero saber dessa herança, Jacó. Podes ficar com tudo. Eu só quero comer.

Será que foi uma boa ideia Esaú fazer isso? Não, não foi. Esaú trocou uma coisa muito preciosa por um prato de comida.

 Quando Isaque já era velhinho, ele viu que era a altura de abençoar o filho mais velho. Mas, como Jacó tinha comprado os direitos de filho mais velho, Rebeca ajudou Jacó a receber essa bênção. Quando Esaú soube disso, ficou tão zangado que quis matar Jacó. Isaque e Rebeca queriam proteger Jacó. Por isso, disseram-lhe para ir morar com Labão, irmão de Rebeca, até Esaú se acalmar. Jacó ouviu o conselho dos pais e foi morar com o seu tio Labão.

“De que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua vida? O que, realmente, daria o homem em troca da sua vida?” —  Marcos 8:36, 37