Ir para conteúdo

Ir para índice

 HISTÓRIA 34

Gideão e os 300 Homens

Gideão e os 300 Homens

Depois de algum tempo, os israelitas voltaram a adorar deuses falsos. Por isso, durante sete anos, Jeová deixou os midianitas roubarem os animais aos israelitas e destruírem as plantações deles. Para fugir dos midianitas, os israelitas escondiam-se em cavernas e nas montanhas. Eles pediram muito a ajuda de Jeová. Então, Jeová mandou um anjo falar com um jovem chamado Gideão. O anjo disse-lhe que Jeová o tinha escolhido para salvar Israel. Gideão perguntou:

— Eu? Mas como é que eu vou fazer isso? Eu não sou ninguém!

Gideão decidiu fazer um teste para ter a certeza de que tinha sido escolhido por Jeová. Então, ele colocou um pedaço de lã no chão e orou:

— Jeová, se amanhã a lã estiver molhada e o chão estiver seco, eu saberei que queres que eu salve Israel.

No dia seguinte, a lã estava cheia de água e o chão estava seco! Só que Gideão queria mais uma prova. Por isso, pediu a Jeová o contrário. Pediu que, no dia seguinte, o chão ficasse molhado e a lã, seca. E foi isso o que aconteceu. Assim, Gideão teve a certeza de que tinha sido escolhido por Jeová. Então, ele juntou os seus soldados e foi lutar contra os midianitas.

 Jeová disse a Gideão:

— Eu vou ajudar os israelitas. Mas não quero que achem que venceram sem a minha ajuda. Por isso, diz a quem estiver com medo para se ir embora.

Então, 22 mil soldados voltaram para casa. Só ficaram 10 mil. Jeová disse a Gideão:

— Ainda tens gente a mais. Manda os soldados irem ao rio beber água. Fica só com aqueles que beberem água enquanto prestam atenção aos inimigos.

Só 300 homens é que fizeram isso. Jeová prometeu que usaria esse pequeno grupo para vencer os 135 mil soldados midianitas.

Naquela noite, Jeová disse a Gideão que tinha chegado a hora de atacar os midianitas. Gideão deu aos soldados buzinas e jarros grandes com tochas lá dentro e disse:

— Prestem atenção ao que eu vou fazer e façam o mesmo.

Gideão tocou a buzina, partiu o jarro, levantou a tocha e gritou:

— A espada de Jeová e de Gideão!

Todos os 300 homens fizeram o mesmo. Os midianitas ficaram cheios de medo e fugiram em todas as direções. No meio da confusão, começaram a atacar-se uns aos outros. Mais uma vez, Jeová ajudou os israelitas a vencerem os inimigos.

“Para que o poder além do normal seja o de Deus, e não o de nós mesmos.” — 2 Coríntios 4:7