Ir para conteúdo

Ir para índice

 HISTÓRIA 89

Pedro Diz Que Não Conhece Jesus

Pedro Diz Que Não Conhece Jesus

Quando Jesus disse aos seus apóstolos que, naquela noite, todos eles o abandonariam, Pedro disse que nunca faria isso. Mas Jesus disse a Pedro:

— Antes de o galo cantar, tu vais dizer três vezes que não me conheces.

Mais tarde, quando os soldados levaram Jesus para a casa de Caifás, quase todos os apóstolos fugiram. Mas Pedro e outro apóstolo seguiram Jesus de longe. Pedro entrou no pátio da casa de Caifás e aproximou-se de uma fogueira. Quando a luz do fogo iluminou a cara de Pedro, uma serva reconheceu-o e disse que ele andava com Jesus! Pedro disse:

— Eu, não! Deves estar a confundir-me com alguém.

Então, Pedro aproximou-se do portão. Mas outra serva viu-o e disse a todos os que estavam ali que Pedro andava com Jesus! Pedro disse:

— Eu nem sequer conheço Jesus!

Depois, outro homem disse:

— Tu és um deles. O teu sotaque mostra que és da Galileia, como Jesus.

Pela terceira vez, Pedro disse que não conhecia Jesus. Naquele momento, um galo cantou. Jesus virou-se e olhou para Pedro. Então, ele lembrou-se do que Jesus lhe tinha dito. Pedro saiu dali e começou a chorar muito.

Entretanto, o sumo sacerdote e outros homens reuniram-se para julgar Jesus na casa de Caifás. Eles já tinham decidido matar Jesus, mas precisavam de provar que ele tinha cometido algum crime. Só que não conseguiram, porque Jesus nunca tinha feito nada de errado. Então, Caifás perguntou a Jesus se ele era o Filho de Deus. Quando Jesus respondeu que sim, Caifás disse:

— Não precisamos de mais provas! Ele falou contra Deus!

Todos concordaram e disseram que Jesus tinha de morrer. Eles bateram em Jesus, cuspiram-lhe, taparam-lhe a cara e deram-lhe murros, dizendo:

 — Já que és um profeta, diz-nos quem é que te bateu!

Quando amanheceu, Caifás e os homens reuniram-se e voltaram a perguntar a Jesus se ele era o Filho de Deus. Jesus respondeu:

— Vocês é que estão a dizer que eu sou.

Então, os homens disseram que Jesus era culpado pelo crime de falar contra Deus. A seguir, levaram-no para o palácio de Pôncio Pilatos, o governador romano. O que iria acontecer a Jesus?

‘Vem a hora em que vocês serão espalhados, cada um para a sua própria casa, e irão deixar-me sozinho. Mas eu não estou sozinho, porque o Pai está comigo.’ — João 16:32