Ir para conteúdo

Ir para índice

 HISTÓRIA 66

Esdras Ensinou a Lei de Deus

Esdras Ensinou a Lei de Deus

Já tinham passado cerca de 70 anos desde que a maioria dos israelitas tinha voltado para Jerusalém. Mas alguns deles ainda estavam a morar em várias partes do reino da Pérsia. Um desses israelitas era um sacerdote chamado Esdras, que ensinava às pessoas as leis de Jeová. Esdras soube que os israelitas em Jerusalém não estavam a obedecer às leis de Jeová. Por isso, ele quis lá ir ajudar o povo. O rei da Pérsia, Artaxerxes, disse-lhe:

— Deus deu-te sabedoria para ensinares as leis dele. Volta para Jerusalém. Se alguém quiser ir contigo, pode ir.

Esdras reuniu-se com todos os que queriam voltar para Jerusalém. Eles oraram a Jeová para protegê-los durante a viagem e depois partiram.

Quatro meses depois, chegaram a Jerusalém. Os príncipes de lá disseram a Esdras que os israelitas se tinham casado com mulheres que adoravam deuses falsos. Quando soube disso, Esdras ajoelhou-se à frente do povo e orou:

— Jeová, tu fizeste tantas coisas boas por nós, mas nós só fizemos coisas de que tu não gostas.

Os israelitas arrependeram-se, mas continuaram a fazer coisas erradas. Por isso, Esdras escolheu anciãos e juízes para cuidarem desses assuntos. Nos três meses seguintes, as pessoas que não adoravam a Jeová foram mandadas embora.

Passaram 12 anos. Entretanto, os muros à volta de Jerusalém tinham sido reconstruídos. Então, Esdras reuniu todo o povo na praça para lhes ler as leis de Deus. Quando abriu o livro, o povo ficou de pé. Esdras louvou a Jeová, e o povo concordou com Esdras. Enquanto ele lia e explicava as leis, o povo prestava muita atenção. Os israelitas confessaram que tinham desobedecido a Jeová outra vez e choraram. No dia seguinte, Esdras leu mais leis ao povo. Os israelitas viram que faltava pouco tempo para a Festividade das Barracas. Eles não perderam tempo e começaram a preparar-se para essa grande festa.

 Durante os sete dias da festa, os israelitas estavam muito felizes e agradeceram a Jeová por ter abençoado as plantações deles. A última vez que os israelitas tinham feito uma Festividade das Barracas assim tinha sido nos dias de Josué. Depois da festa, o povo reuniu-se e orou:

— Jeová, tu tiraste-nos do Egito, deste-nos comida no deserto e deste-nos este lindo lugar. Mas, vez após vez, fizemos coisas erradas. Mandaste-nos profetas para nos avisar, mas nós não quisemos saber. Mesmo assim, foste paciente e cumpriste o que prometeste a Abraão. Agora, prometemos que te vamos obedecer.

A seguir, puseram tudo por escrito. E, para provar que o povo ia cumprir a promessa, os príncipes, os levitas e os sacerdotes colocaram os seus selos no que tinha sido escrito.

“Felizes os que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática!” — Lucas 11:28