Ir para conteúdo

Ir para índice

 HISTÓRIA 26

Os 12 Espiões

Os 12 Espiões

Os israelitas saíram do monte Sinai e viajaram pelo deserto. Quando chegaram a um lugar chamado Cades, Jeová disse a Moisés para escolher 12 homens, um de cada tribo, para espiar Canaã. Moisés disse aos 12 homens:

— Entrem em Canaã e descubram se a terra é boa para cultivar. Vejam como são as cidades e se o povo de Canaã é forte ou fraco.

Assim, os 12 espiões foram a Canaã. Depois de 40 dias, os espiões voltaram de Canaã, e trouxeram figos, romãs e uvas. Então, contaram aos israelitas o que viram:

— A terra é boa, mas o povo que lá mora é forte. E as cidades têm muros muito altos.

Mas Caleb, um dos espiões, disse:

— Mesmo assim, podemos vencê-los. Vamos lá agora mesmo!

Porque é que Caleb disse isso? Porque confiava muito em Jeová, assim como outro espião chamado Josué. Só que os outros dez espiões disseram:

— Nem pensar! Os cananeus são muito grandes. Parecem gigantes! Ao pé deles, parecemos gafanhotos.

Quando ouviram isso, os israelitas ficaram com muito medo dos cananeus. Eles começaram a queixar-se e a dizer que queriam voltar para o Egito. Josué e Caleb tentaram acalmar os israelitas:

 — Não precisam de ter medo deles. Jeová vai proteger-nos. Só temos de continuar a obedecer-lhe.

Mas os israelitas não queriam ouvir. Eles até quiseram matar Josué e Caleb! O que é que Jeová achou disso? Ele disse a Moisés:

— Já fiz tanta coisa pelos israelitas, e mesmo assim não me querem obedecer. Por isso, vão ficar a morar no deserto durante 40 anos, e é lá que vão morrer. Os únicos que vão entrar em Canaã são Josué, Caleb e os filhos dos israelitas.

“Porque é que estão com tanto medo, homens de pouca fé?” — Mateus 8:26