Ir para conteúdo

Ir para índice

 HISTÓRIA 22

O Milagre no Mar Vermelho

O Milagre no Mar Vermelho

Quando o Faraó soube que os israelitas tinham saído do Egito, gritou para os seus guerreiros:

— Preparem todos os meus carros de guerra! Vamos atrás deles! Não os devíamos ter deixado ir embora!

Enquanto isso, Jeová mostrava aos israelitas por onde deviam ir. Sabes como? De dia, usava uma nuvem e, de noite, uma luz de fogo. Passado algum tempo, eles chegaram ao mar Vermelho, e Jeová mandou-os esperar um pouco.

Ali, os israelitas viram que o Faraó e o seu exército vinham atrás deles. Estavam sem saída. De um lado estava o mar Vermelho, e do outro, os egípcios. Os israelitas ficaram com tanto medo que disseram que queriam voltar para o Egito. Mas Moisés confiava muito em Jeová. Ele disse:

— Não tenham medo. Esperem e vejam como Jeová nos vai salvar.

Então, Jeová disse aos israelitas para se prepararem para continuar a viagem. Naquela noite, Jeová fez a nuvem que estava à frente dos israelitas ir para trás deles. A nuvem ficou à frente dos egípcios. O lado dos israelitas tinha luz, mas o lado dos egípcios ficou muito escuro.

Jeová disse a Moisés para levantar a mão sobre o mar Vermelho. A seguir, Jeová fez com que um vento forte soprasse sobre o mar toda a noite. Por  causa do vento, o mar foi-se dividindo em duas paredes enormes feitas de água. No meio dessas paredes, apareceu um caminho. Milhões de israelitas entraram nesse caminho e andaram em terra seca até ao outro lado do mar.

O Faraó e os seus guerreiros foram atrás dos israelitas por esse caminho. Mas, nessa altura, Jeová causou uma grande confusão entre os guerreiros do Faraó e soltou as rodas dos seus carros de guerra. Os egípcios gritaram:

— Vamos embora daqui! Jeová está a lutar pelos israelitas.

Então, Jeová mandou Moisés levantar a mão novamente sobre o mar Vermelho. Quando Moisés fez isso, as duas paredes de água desabaram de uma só vez em cima dos egípcios. O Faraó e todos os seus guerreiros morreram. Não sobrou ninguém.

Do outro lado do mar, os israelitas viram o que Jeová tinha feito. Para lhe agradecer, as mulheres começaram a dançar e todos cantaram:

— Cantem a Jeová, porque hoje todos sabem como ele é poderoso! Ele lançou no mar os cavalos e os seus cavaleiros.

Estavam todos muito felizes. Finalmente, os israelitas estavam livres!

“Para que fiquemos cheios de coragem e digamos: ‘Jeová é quem me ajuda; não terei medo. O que me pode fazer o homem?’” — Hebreus 13:6