Ir para conteúdo

Ir para índice

 HISTÓRIA 11

Um Pedido Muito Difícil

Um Pedido Muito Difícil

Abraão sempre amou Jeová e confiou nele, e ensinou o seu filho Isaque a fazer o mesmo. Mas, quando Isaque tinha 25 anos, Jeová pediu a Abraão para fazer algo muito difícil. O quê? Deus disse a Abraão:

— Por favor, vai a um lugar chamado Moriá e, lá, faz-me uma oferta. Desta vez, não quero um animal. Quero que me dês Isaque, o teu único filho.

Abraão não entendeu porque é que Jeová lhe pediu isso. Mesmo assim, como sempre, ele obedeceu a Jeová.

Logo pela manhã, Abraão foi com Isaque e com dois empregados para Moriá. Depois de três dias de viagem, eles começaram a ver os montes de Moriá. Então, Abraão disse aos seus empregados para esperarem enquanto ele e Isaque iam fazer uma oferta a Jeová. Abraão pediu a Isaque para carregar alguma lenha e levou uma faca. Isaque perguntou ao pai:

— Onde está o animal que vamos dar a Jeová?

— Não te preocupes, meu filho. Jeová vai tratar disso.

Quando finalmente chegaram ao monte, eles prepararam um lugar para pôr a lenha. Depois, Abraão amarrou as mãos e os pés de Isaque e deitou-o em cima da lenha.

A seguir, Abraão pegou na faca e, nesse momento, ouviu um anjo de Jeová dizer:

— Abraão! Não faças mal a Isaque! Agora eu sei que tens muita fé em Deus, pois estavas disposto a dar a Deus o teu único filho.

 Então, Abraão viu um carneiro com os chifres presos numa pequena árvore e ofereceu-o a Jeová no lugar de Isaque.

A partir daquele dia, Jeová começou a chamar amigo a Abraão. Sabes porquê? Porque Abraão fazia tudo o que Jeová lhe pedia, mesmo quando não entendia bem as ordens dele.

Depois, Jeová repetiu a Abraão a promessa que lhe tinha feito:

— Eu vou abençoar-te, e tu terás uma grande família. Vou trazer coisas boas a todas as pessoas na Terra por meio da tua família.

“Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigénito, para que todo aquele que nele exercer fé não seja destruído, mas tenha vida eterna.” — João 3:16