Pular para conteúdo

Pular para sumário

 CAPÍTULO 16

Oponha-se ao Diabo e às suas artimanhas

Oponha-se ao Diabo e às suas artimanhas

“Oponham-se ao Diabo, e ele fugirá.” — TIAGO 4:7.

1, 2. Para quem os batismos são ocasiões alegres?

SE VOCÊ serve a Jeová já por muitos anos, é provável que tenha assistido a um grande número de discursos de batismo em nossas assembleias e congressos. Mas, não importa quantas vezes você tenha estado presente a essas ocasiões, provavelmente ainda se emociona quando vê os batizandos nos primeiros assentos se levantar e se apresentar para o batismo. Nesse momento, um clima de emoção enche o ambiente e seguem-se entusiásticos aplausos. Seus olhos talvez se encham de lágrimas ao ver mais um grupo de pessoas preciosas para Jeová decididas a tomar o lado dele. Essas ocasiões nos dão muita alegria.

2 Embora talvez presenciemos batismos algumas vezes por ano, os anjos têm o privilégio de observá-los com muito mais frequência. Consegue imaginar como deve haver “alegria no céu” quando eles veem milhares de pessoas do mundo inteiro ser acrescentadas à parte visível da organização de Jeová toda semana? (Lucas 15:7, 10) Sem dúvida, os anjos ficam muito felizes de observar esse aumento! — Ageu 2:7.

O DIABO “ANDA EM VOLTA COMO UM LEÃO QUE RUGE”

3. Por que Satanás anda em volta “como um leão que ruge”, e o que ele deseja fazer?

3 Em nítido contraste, porém, há criaturas espirituais que assistem com fúria a esses batismos. Satanás e seus demônios ficam cheios de ira ao ver milhares de pessoas voltar  as costas para este mundo corrupto. Afinal, ele alegou que nenhum humano serviria a Jeová por amor genuíno e que ninguém permaneceria fiel ao sofrer duras provas. (Leia Jó 2:4, 5.) Toda vez que uma pessoa toma a decisão de dedicar-se a Jeová, fica comprovado que Satanás está errado. É como se Satanás recebesse toda semana milhares de bofetadas. Não é de admirar que ele ‘ande em volta como um leão que ruge, procurando a quem devorar’! (1 Pedro 5:8) Esse “leão” deseja nos devorar em sentido espiritual, fazendo com que prejudiquemos ou até mesmo percamos nossa relação com Deus. — Salmo 7:1, 2; 2 Timóteo 3:12.

Toda vez que alguém se dedica a Jeová e é batizado, fica comprovado que Satanás está errado

4, 5. (a) De que duas maneiras importantes Jeová limitou a esfera de ação de Satanás? (b) Que certeza o cristão verdadeiro pode ter?

4 Embora enfrentemos um adversário feroz, não temos motivos para ficar com medo. Por que não? Porque Jeová limitou  a esfera de ação desse “leão que ruge” de duas maneiras importantes. Quais são elas? Primeiro, Jeová predisse que “uma grande multidão” de cristãos verdadeiros sobreviverá à “grande tribulação” que ocorrerá em breve. (Apocalipse 7:9, 14) As profecias de Deus nunca falham. Por isso, até mesmo Satanás deve saber que não conseguirá enlaçar o povo de Deus como um todo.

5 A segunda restrição que Deus impôs a Satanás fica evidente numa verdade básica dita por um servo fiel de Deus na antiguidade. O profeta Azarias disse ao rei Asa: “Jeová estará com vocês enquanto continuarem com ele.” (2 Crônicas 15:2; leia 1 Coríntios 10:13.) Há muitos exemplos registrados na Bíblia que mostram que no passado Satanás nunca conseguiu devorar alguém que se mantinha achegado a Deus. (Hebreus 11:4-40) Hoje, o cristão que se mantém achegado a Deus consegue opor-se ao Diabo e até vencê-lo. A Palavra de Deus nos garante: “Oponham-se ao Diabo, e ele fugirá de vocês.” — Tiago 4:7.

“TEMOS UMA LUTA . . . CONTRA AS FORÇAS ESPIRITUAIS MALIGNAS”

6. Como Satanás luta contra os cristãos individualmente?

6 Satanás não pode vencer a guerra contra o povo de Deus, mas pode derrotar-nos como indivíduos, caso baixemos a guarda. Satanás sabe que pode nos destruir se conseguir enfraquecer nossa relação com Jeová. Como ele tenta fazer isso? Por meio de ataques intensos, individuais e sutis. Vamos considerar essas três principais estratégias de Satanás.

7. Por que Satanás está fazendo ataques intensos contra o povo de Jeová?

7 Ataques intensos. O apóstolo João disse: “O mundo inteiro está no poder do Maligno.” (1 João 5:19) Essas palavras contêm um aviso para todos os cristãos verdadeiros. Visto que Satanás já enlaçou o inteiro mundo perverso da humanidade, ele pode hoje concentrar e intensificar seus ataques  contra os que ele até agora não conseguiu enlaçar — o povo de Jeová. (Miqueias 4:1; João 15:19; Apocalipse 12:12, 17) Ele está cheio de ira, pois sabe que lhe resta pouco tempo. Por isso, ele exerce mais pressão do que nunca. Hoje, enfrentamos seus últimos ataques violentos e destrutivos.

8. O que o apóstolo Paulo quis dizer quando mencionou que temos “uma luta” contra os espíritos maus?

8 Luta individual. O apóstolo Paulo avisou a seus companheiros cristãos: “Temos uma luta [“luta corpo a corpo”, nota] . . . contra as forças espirituais malignas nos lugares celestiais.” (Efésios 6:12) Por que Paulo usou a palavra “luta”? Porque essa palavra transmite a ideia de um combate corpo a corpo. Assim, ao usar esse termo, Paulo estava enfatizando que cada um de nós tem uma luta individual com os espíritos maus. Quer vivamos em um país onde a crença em espíritos maus é comum, quer não, nunca devemos nos esquecer de que, quando nos dedicamos a Jeová, entramos por assim dizer num ringue de luta. A partir de então, todo cristão está envolvido num combate sem trégua. Não é de admirar que Paulo tenha achado necessário aconselhar três vezes os cristãos em Éfeso a “se manter firmes”. — Efésios 6:11, 13, 14.

9. (a) Por que Satanás e os demônios usam várias “artimanhas”? (b) Por que Satanás tenta corromper nosso modo de pensar, e como podemos resistir a seus esforços de fazer isso? (Veja o quadro “ Cuidado com a astúcia de Satanás!”.) (c) Que artimanha do Diabo vamos analisar agora?

9 Tramas sutis. Paulo incentiva os cristãos a permanecer firmes contra as “artimanhas” de Satanás. (Efésios 6:11) Note que Paulo usa o plural. Os espíritos maus não usam apenas uma trama sutil, mas várias — e com boas razões. Alguns cristãos que permaneceram firmes sob determinada provação com o tempo foram vencidos por outra. Por isso, o Diabo e os demônios ficam bem atentos a como cada um de nós age para saber onde somos mais vulneráveis, e então aproveitam qualquer fraqueza espiritual que talvez tenhamos.  Felizmente, porém, por meio da Bíblia podemos conhecer muitos métodos usados pelo Diabo. (2 Coríntios 2:11) Em capítulos anteriores deste livro consideramos algumas dessas tramas, como o laço do materialismo, das más companhias e da imoralidade sexual. Vamos analisar agora outra artimanha de Satanás — o ocultismo.

OCULTISMO — UM ATO DE TRAIÇÃO

10. (a) O que é ocultismo? (b) Como Jeová encara o ocultismo, e como você o encara?

10 Quem pratica o ocultismo, ou demonismo, entra em contato direto com os espíritos maus. Adivinhação, feitiçaria, encantamentos e entrar em contato com os mortos são algumas formas de ocultismo. Como sabemos, Jeová encara o ocultismo como “detestável”. (Deuteronômio 18:10-12; Apocalipse 21:8) Visto que nós também precisamos ‘abominar o que é mau’, é inconcebível a ideia de buscarmos a companhia de forças espirituais perversas. (Romanos 12:9) Isso seria um repulsivo ato de traição contra nosso Pai celestial, Jeová.

11. Por que seria uma grande vitória para Satanás se ele conseguisse fazer com que nos envolvêssemos com o ocultismo? Ilustre.

11 Mas, visto que o envolvimento com o ocultismo constitui grande traição contra Jeová, Satanás está determinado a fazer com que alguns de nós nos envolvamos nessa prática. Toda vez que consegue fazer com que um cristão se volte para o demonismo, Satanás obtém uma grande vitória. Por quê? Pense nesta comparação: caso alguém conseguisse fazer com que um soldado desertasse e traísse sua unidade do exército juntando-se a forças inimigas, o comandante do exército inimigo ficaria muito feliz. Ele poderia até mesmo exibir o traidor como um troféu, como forma de afronta ao ex-comandante daquele soldado. Da mesma forma, se um cristão passasse a se envolver com o ocultismo, ele estaria abandonando a Jeová de modo voluntário e consciente,  e se colocando diretamente sob o comando de Satanás. Imagine como Satanás ficaria feliz de exibir esse desertor como troféu de guerra! Algum de nós gostaria de dar essa vitória ao Diabo? Certamente que não! Nós não somos traidores.

SATANÁS CRIA DÚVIDAS EM NOSSA MENTE

12. Que método Satanás usa para influenciar nosso conceito sobre o ocultismo?

12 Enquanto detestarmos o ocultismo, Satanás não conseguirá nos vencer por meio dele. Por isso, ele sabe que precisa mudar nosso modo de pensar. Como? Ele procura meios de confundir os cristãos a ponto de fazer alguns achar “que o bom é mau e que o mau é bom”. (Isaías 5:20) Para conseguir isso, Satanás muitas vezes recorre a um método que já se mostrou muito eficaz — criar dúvidas em nossa mente.

13. Como Satanás usou no passado o método de criar dúvidas?

13 Note como Satanás usou esse método no passado. No jardim do Éden, ele perguntou a Eva: Foi isso mesmo que Deus disse, que vocês não devem comer de toda árvore do jardim?” Nos dias de Jó, durante uma reunião dos anjos no céu, Satanás levantou a questão: “Será que é por nada que Jó teme a Deus?” E no começo do ministério terrestre de Jesus, Satanás desafiou Cristo dizendo: “Se você é filho de Deus, diga a estas pedras que se transformem em pães.” Imagine: no caso de Jesus, Satanás se atreveu a ridicularizar as palavras que o próprio Jeová havia dito cerca de seis semanas antes: “Este é meu Filho, o amado, a quem eu aprovo.” — Gênesis 3:1; Jó 1:9; Mateus 3:17; 4:3.

14. (a) Com relação ao ocultismo, como Satanás usa o método de criar dúvidas? (b) O que vamos considerar agora?

14 Hoje, o Diabo usa uma trama similar para tentar criar incertezas sobre o mal que há por trás do ocultismo. Infelizmente, ele tem conseguido criar dúvidas na mente de alguns cristãos. Eles começaram a questionar se certas formas de ocultismo são mesmo ruins. (2 Coríntios 11:3) Como podemos  ajudá-los a ajustar seu modo de pensar? Como podemos cuidar para que Satanás não nos influencie com essa trama? Para responder a essas perguntas, vamos considerar duas áreas da vida que Satanás sutilmente tem contaminado com o ocultismo: as diversões e os tratamentos de saúde.

SATANÁS APROVEITA-SE DE NOSSOS DESEJOS E NECESSIDADES

15. (a) Como muitos no mundo ocidental encaram o ocultismo? (b) De que modo alguns cristãos têm sido influenciados pelo conceito do mundo sobre o ocultismo?

15 Especialmente no mundo ocidental, é cada vez maior o número de pessoas que consideram inofensivos o espiritismo, a bruxaria e outras formas de ocultismo. A quantidade de filmes, livros, programas de TV e jogos de computador que apresentam práticas demoníacas como algo inofensivo, divertido e inteligente aumenta a cada dia. Alguns filmes e livros cujo enredo destaca o ocultismo tornaram-se tão populares que passaram a ter fã-clubes criados por admiradores. Pode-se ver com isso que os demônios têm sido bem-sucedidos em fazer as pessoas pensar que o ocultismo não é perigoso. Será que essa tendência de encarar o ocultismo como algo inofensivo tem influenciado os cristãos? O modo de pensar de alguns tem sido afetado. De que maneira? Citando apenas um exemplo, depois que um cristão assistiu a um filme que destaca o ocultismo, ele disse: “Eu vi o filme, mas não pratiquei o ocultismo.” Por que esse raciocínio é perigoso?

16. Por que é perigoso escolher entretenimento que dá destaque ao ocultismo?

16 Embora assistir a programações que destaquem o ocultismo não seja o mesmo que praticar ocultismo, isso não significa que assistir a programações desse tipo não seja perigoso. Por que não? Pense nisto: A Palavra de Deus mostra que nem Satanás nem os demônios têm o poder de ler nossos  pensamentos. * Por isso, conforme já mencionado, para saber em que pensamos e detectar em nós alguma fraqueza espiritual, os espíritos maus têm de observar bem de perto nossas ações — o que inclui nossa escolha de diversão. Quando um cristão age de um modo que deixa claro que ele gosta de filmes ou livros que destacam médiuns espíritas, magia, possessão demoníaca ou temas similares ligados ao ocultismo, ele está transmitindo uma mensagem para os demônios. Na verdade, está revelando a eles seu ponto fraco. Em resposta os demônios podem intensificar a luta com esse cristão a fim de explorar a fraqueza que ele manifestou, até que consigam vencê-lo. Tanto é assim que alguns que começaram a se interessar pelo ocultismo apresentado em alguns tipos de entretenimento com o tempo passaram a praticar o ocultismo. — Leia Gálatas 6:7.

Beneficie-se do apoio de Jeová ao lidar com problemas de saúde

17. Por meio de que artimanha Satanás pode aproveitar-se dos que estão doentes?

17 Satanás tenta se aproveitar, não só de nosso desejo de nos divertir, mas também da necessidade que temos de cuidar da saúde. Como ele faz isso? Um cristão talvez fique frustrado e deprimido por não conseguir encontrar uma solução para seu problema de saúde depois de muitas tentativas. (Marcos 5:25, 26) Isso pode dar a Satanás e aos demônios uma ótima oportunidade para se aproveitar da situação. Os demônios talvez tentem levar o doente ao desespero a ponto de procurar tratamentos ou procedimentos que envolvam o uso de “poder mágico”, ou ocultismo. (Isaías 1:13) Se essa artimanha dos demônios der certo, a relação da pessoa com Jeová poderá ficar afetada. De que maneira?

18. Que tipo de procedimentos médicos um cristão rejeitaria, e por quê?

 18 Aos israelitas que haviam recorrido a “poder mágico”, Jeová avisou: “Quando vocês estendem as mãos, escondo de vocês os meus olhos. Embora façam muitas orações, não escuto.” (Isaías 1:15) Naturalmente, nunca queremos fazer nada que impeça que nossas orações sejam ouvidas por Jeová e que diminua o apoio que recebemos dele — em especial quando estamos doentes. (Salmo 41:3) Assim, se houver indícios de que determinado procedimento para diagnosticar ou tratar uma doença contém algo relacionado ao ocultismo, o cristão verdadeiro deverá rejeitá-lo. * (Mateus 6:13) Dessa forma, poderá estar certo do apoio de Jeová. — Veja o quadro “ É realmente ocultismo?”, na página 194.

QUANDO HÁ MUITAS HISTÓRIAS SOBRE DEMÔNIOS

19. (a) Qual é outra forma de o Diabo enganar as pessoas? (b) Que histórias os cristãos verdadeiros devem evitar?

19 Ao passo que muitos no ocidente não levam a sério o poder perigoso de Satanás, em outras partes do mundo ocorre o contrário. Nesses países, o Diabo engana muitas pessoas fazendo-as acreditar que ele  tem mais poder do que na realidade tem. Alguns vivem, comem, trabalham e dormem com medo dos espíritos maus. Há muitas histórias sobre atos poderosos dos demônios. Essas histórias geralmente são contadas com empolgação; as pessoas ficam fascinadas com elas. Devemos participar em espalhar essas histórias? Não. Os servos do verdadeiro Deus evitam fazer isso por duas razões importantes.

20. Como alguém poderia, talvez inadvertidamente, promover os interesses de Satanás?

20 Primeiro, por espalhar histórias sobre atos demoníacos, a pessoa está na verdade promovendo os interesses de Satanás. De que modo? A Palavra de Deus diz que Satanás realiza obras poderosas, mas também avisa que ele usa ‘sinais mentirosos’ e “engano”. (2 Tessalonicenses 2:9, 10) Visto que Satanás é o grande enganador, ele sabe influenciar a mente dos que têm inclinações para o ocultismo e  fazê-los acreditar em falsidades. Tais pessoas talvez acreditem com toda a sinceridade que viram e ouviram certas coisas e talvez contem isso a outros. Com o tempo, de tanto serem passadas adiante suas histórias vão sendo aumentadas. Se um cristão espalhar esse tipo de história, estará na verdade fazendo a vontade do Diabo — “o pai da mentira”. Estará promovendo os interesses de Satanás. — João 8:44; 2 Timóteo 2:16.

21. Em torno de que devem girar nossas conversas?

21 Segundo, mesmo que um cristão tenha realmente tido algum contato com espíritos maus no passado, ele evitaria ficar contando essas histórias vez após vez para entreter seus irmãos na fé. Por quê? Somos aconselhados: ‘Olhem atentamente para o Agente Principal e Aperfeiçoador da nossa fé, Jesus.’ (Hebreus 12:2) Devemos focalizar nossa atenção em Cristo, não em Satanás. É digno de nota que quando Jesus esteve na Terra ele não entretinha seus discípulos com histórias sobre espíritos maus, embora pudesse ter falado muito sobre o que Satanás tem poder ou não de fazer. Em vez disso, Jesus focalizou sua atenção na mensagem do Reino. Portanto, queremos que o assunto principal de nossas conversas sejam “as coisas magníficas de Deus”, imitando a Jesus e seus apóstolos. — Atos 2:11; Lucas 8:1; Romanos 1:11, 12.

22. Como podemos continuar contribuindo para que haja “alegria no céu”?

22 De fato, Satanás usa várias artimanhas, incluindo o ocultismo, na tentativa de destruir nossa relação com Jeová. Mas, por abominar o que é mau e nos apegar ao que é bom, não daremos ao Diabo nenhuma oportunidade de enfraquecer nossa determinação de rejeitar o ocultismo em todas as suas formas. (Leia Efésios 4:27.) Imagine quanta ‘alegria haverá no céu’ se continuarmos ‘nos mantendo firmes contra as artimanhas do Diabo’ até ele não existir mais! — Lucas 15:7; Efésios 6:11.

^ parágrafo 16 Os nomes descritivos dados a Satanás (Opositor, Caluniador, Enganador, Tentador, Mentiroso) não dão a entender que ele tem o poder de saber o que há em nosso coração e em nossa mente. Em contraste com isso, porém, Jeová é descrito como aquele que “examina os corações”, e Jesus como aquele que “examina os pensamentos mais íntimos e o coração”. — Provérbios 17:3; Apocalipse 2:23.

^ parágrafo 18 Para mais informações, veja o artigo “É este exame de saúde para você?”, em A Sentinela de 15 de dezembro de 1994, páginas 19-22, e o artigo “O Conceito da Bíblia: Faz diferença o tratamento médico que você escolhe?”, na Despertai! de 8 de janeiro de 2001.