Pular para conteúdo

Jogar é pecado?

A resposta da Bíblia

A Bíblia não entra em detalhes sobre jogos de azar. Mas os princípios bíblicos nos ajudam a compreender que, aos olhos de Deus, jogar é pecado. — Efésios 5:17. *

  • Muitas pessoas jogam por ganância, e isso é algo que Deus odeia. (1 Coríntios 6:9, 10; Efésios 5:3, 5) Quem participa em jogos de azar e apostas espera ganhar dinheiro com a perda de outros. Mas a Bíblia diz que cobiçar ou desejar os bens de outra pessoa é errado. — Êxodo 20:17; Romanos 7:7; 13:9, 10.

  • Jogar ou apostar, ainda que seja uma quantia pequena, pode despertar amor ao dinheiro, um sentimento que causa muito sofrimento. — 1 Timóteo 6:9, 10.

  • Quem participa em jogos de azar costuma confiar na sorte ou em superstições e crendices. Mas Deus encara isso como uma forma de idolatria, que não combina com o tipo de adoração que ele quer. — Isaías 65:11.

  • A Bíblia não aprova a ideia de ganhar dinheiro fácil. Pelo contrário, ela incentiva o trabalho duro. (Eclesiastes 2:24; Efésios 4:28) O conselho da Bíblia é que as pessoas “trabalhem para se sustentar”. — 2 Tessalonicenses 3:10, 12, Nova Tradução na Linguagem de Hoje.

  • Participar em jogos de azar pode criar um espírito competitivo, que é prejudicial e condenado pela Bíblia. — Gálatas 5:26.

^ parágrafo 3 A única vez em que a Bíblia fala de um jogo de azar é na ocasião da morte de Jesus. Os soldados romanos, querendo levar vantagem, lançaram sortes para ver quem ficaria com a roupa de Jesus. — Mateus 27:35; João 19:23, 24.