Pular para conteúdo

Pular para sumário

 IMITE A SUA FÉ | ENOQUE

‘Ele agradou a Deus’

‘Ele agradou a Deus’

ENOQUE já tinha vivido por muitos anos. Hoje, quando pensamos em alguém que viveu bastante, talvez imaginemos uma pessoa com uns 90 anos. Mas Enoque já tinha mais de quatro vezes essa idade: 365 anos! Só que, para o mundo daquela época, mais de 5 mil anos atrás, ele não era muito velho. O primeiro homem, Adão, tinha mais de 600 anos quando Enoque nasceu. E Adão ainda teve mais três séculos de vida depois disso. Alguns dos descendentes de Adão viveram ainda mais do que ele. Então, é provável que Enoque, aos 365 anos, ainda parecesse bem jovem e forte. Ele talvez imaginasse que tinha a maior parte da sua vida pela frente. Mas não foi isso que aconteceu.

Enoque estava correndo risco de vida. Imagine Enoque fugindo para se esconder. Ele só pensava na reação que as pessoas tiveram quando ele falou a mensagem de Deus. Dava para ver a raiva estampada no rosto delas. Além de odiar Enoque, elas também detestavam a mensagem que ele pregava e o Deus que o tinha enviado. Elas não podiam atacar a Jeová, o Deus de Enoque. Mas podiam acabar com a vida do próprio Enoque, e era isso que pretendiam fazer! Naquele momento de aflição, ele talvez pensasse na sua esposa, nas suas filhas, no seu filho Metusalém e no seu neto, Lameque. (Gênesis 5:21-23, 25) Será que ele veria sua família outra vez? Seria esse o seu fim?

Enoque é um personagem bíblico um tanto misterioso. Só três passagens curtas da Bíblia falam sobre ele. (Gênesis 5:21-24; Hebreus 11:5; Judas 14, 15) Mas esses textos são como peças importantes de um quebra-cabeça, que nos ajudam a visualizar a imagem de um verdadeiro homem de fé. Você se esforça para cuidar da sua família? Já precisou ter coragem para defender o que é certo? Então você pode aprender muito da fé que Enoque demonstrou.

“ENOQUE CONTINUOU ANDANDO COM O VERDADEIRO DEUS”

Enoque nasceu na sétima geração da família de Adão. Na época dele, a humanidade não estava nada bem. É verdade que os humanos estavam bem perto da perfeição física que Adão e Eva perderam; por isso eles viviam tanto tempo. Mas, em sentido moral e espiritual, a situação era péssima. O mundo estava cheio de violência. Essa violência tinha começado na segunda geração, quando Caim matou seu irmão, Abel. Parece que um dos descendentes de Caim até se gabava de ter sido mais violento e vingativo do que o próprio Caim. Na terceira geração, outro mal apareceu no cenário: as pessoas “começaram a invocar o nome de Jeová”. Mas isso não significa que elas adoravam a Jeová da maneira correta. Tudo indica que as pessoas estavam usando o nome santo de Deus de modo blasfemo, ou desrespeitoso. — Gênesis 4:8, 23-26.

É provável que essa forma de religião falsa fosse muito comum nos dias de Enoque. Por isso, à medida que crescia, Enoque teve que tomar uma  decisão importante: será que ia seguir a maioria? Ou ia buscar o Deus verdadeiro, Jeová, o Criador do céu e da Terra? O exemplo de Abel deve ter tido um forte impacto na vida de Enoque. Abel morreu porque estava adorando a Jeová do modo correto. E Enoque também decidiu adorar a Jeová. Gênesis 5:22 diz: “Enoque continuou andando com o verdadeiro Deus.” Enoque é a primeira pessoa que a Bíblia descreve dessa maneira. Ele era um homem de Deus num mundo totalmente contra Deus.

Gênesis 5:22 fala que Enoque continuou andando com Jeová depois de se tornar pai de Metusalém aos 65 anos. Assim, Enoque era pai de família, embora a Bíblia não diga o nome da esposa nem o número “de filhos e de filhas” que ele teve. Um pai que anda com Deus precisa se esforçar para seguir as leis de Deus ao cuidar da sua família. Enoque sabia que Jeová esperava que ele fosse fiel à sua esposa. (Gênesis 2:24) E ele com certeza fez tudo o que pôde para ensinar seus filhos sobre Jeová. Será que valeu a pena?

A Bíblia não revela muito sobre isso, mas é possível chegar a algumas conclusões. Ela não fala nada sobre a fé de Metusalém, que teve a vida mais longa registrada na Bíblia e morreu no ano do Dilúvio. Ele teve um filho chamado Lameque, que conviveu com o avô Enoque por mais de cem anos. Lameque mostrou que tinha uma forte fé. Inspirado por Jeová, ele profetizou sobre seu filho, Noé, e sua profecia se cumpriu depois do Dilúvio. Assim como seu bisavô Enoque, Noé andava com Deus. Ele e Enoque nunca se conheceram, mas com certeza Noé aproveitou bem a herança espiritual de seu bisavô. Ele deve ter aprendido sobre Enoque com seu pai, Lameque, com seu avô Metusalém ou até com Jarede, pai de Enoque. Jarede morreu quando Noé tinha 366 anos. — Gênesis 5:25-29; 6:9; 9:1.

Como Enoque foi diferente de Adão! Adão era perfeito, mas pecou contra Jeová e deixou para seus descendentes uma herança de desobediência e tristeza. Enoque era imperfeito, mas andou com Deus e deixou uma herança de fé. Quando Adão morreu, Enoque tinha 308 anos. Será que a família de Adão chorou pela morte desse homem tão egoísta? Não sabemos. De qualquer forma, Enoque “continuou andando com o verdadeiro Deus”. — Gênesis 5:24.

Se você é chefe de família, o que pode aprender da fé de Enoque? É essencial sustentar a família em sentido material. Mas muito mais importante é cuidar das necessidades espirituais dela. (1 Timóteo 5:8) Você consegue isso não apenas pelo que fala, mas pelo que faz. Se você decidir andar com Deus e obedecer a ele no seu dia a dia, vai deixar para a sua família uma herança muito valiosa: o seu exemplo.

ENOQUE “PROFETIZOU A RESPEITO DELES”

Enoque era um homem de fé vivendo num mundo sem fé e provavelmente se sentia sozinho. Mas será que Jeová prestava atenção nele? Com certeza! Um dia, Jeová se comunicou com esse servo  leal e disse para ele transmitir uma mensagem ao povo. Assim, Enoque se tornou profeta, o primeiro que teve sua mensagem revelada na Bíblia. Muitos séculos depois, Judas, meio-irmão de Jesus, foi inspirado a registrar a profecia de Enoque. *

O que Enoque profetizou? A Bíblia diz: “Vejam! Jeová veio com as suas santas miríades para executar julgamento contra todos, e para condenar todos os ímpios por todas as ações ímpias que fizeram de modo ímpio e por todas as coisas chocantes que os pecadores ímpios falaram contra ele.” (Judas 14, 15) É interessante que nessa profecia os verbos estão no passado, como se Deus já tivesse feito as coisas anunciadas. Muitos profetas depois de Enoque também fizeram profecias com verbos no passado. A ideia é que a profecia era tão verdadeira que o profeta falou de coisas futuras como se já tivessem acontecido! — Isaías 46:10.

Enoque divulgou com coragem a mensagem de Deus condenando aquele mundo violento

Como Enoque se sentia ao transmitir aquela mensagem, talvez em voz alta para que todos ouvissem? A profecia dele era muito forte: ele usou quatro vezes a palavra “ímpio” para descrever aquelas pessoas, suas ações e seu modo de agir. Assim, alertou que o mundo que os humanos tinham construído desde a expulsão do Éden era totalmente corrupto. E Enoque disse que esse mundo teria um fim trágico quando Jeová viesse com um exército de milhões de anjos, ou “santas miríades”, trazer destruição. Enoque foi muito corajoso ao transmitir esse aviso. E ele fez isso sozinho! Talvez o jovem Lameque observasse admirado a coragem de seu avô. E dá para entender por quê.

A fé de Enoque nos faz pensar: Será que vemos o mundo de hoje como Deus vê? A mensagem de julgamento que Enoque pregou tem hoje a mesma força que tinha naquela época. Jeová cumpriu a profecia de Enoque quando trouxe o Dilúvio e destruiu aquele mundo mau. O Dilúvio é modelo de uma destruição muito maior que ocorrerá no futuro. (Mateus 24:38, 39; 2 Pedro 2:4-6) Jeová e seus anjos estão a postos, prontos para executar julgamento sobre este mundo mau. Assim, devemos dar atenção ao aviso de Enoque e falar a outras pessoas que em breve Deus vai agir. Nossa família e nossos amigos talvez se afastem de nós. Pode ser que nos sintamos sozinhos de vez em quando. Mas Jeová nunca abandonou Enoque; e ele nunca vai abandonar seus servos fiéis hoje.

“TRANSFERIDO PARA NÃO VER A MORTE”

O que aconteceu com Enoque? Podemos dizer que a morte de Enoque foi ainda mais misteriosa do que sua vida. Gênesis simplesmente diz: “Enoque continuou andando com o verdadeiro Deus. Depois, ele não foi mais visto, porque Deus o tomou.” (Gênesis 5:24) Em que sentido Deus tomou Enoque? O apóstolo Paulo explicou: “Pela fé Enoque foi transferido para não ver a morte, e não foi achado em parte alguma, porque Deus o havia transferido; pois, antes de ser transferido, ele recebeu o testemunho de que havia agradado a Deus.” (Hebreus 11:5) Como Enoque “foi transferido para não ver a morte”? Algumas traduções da Bíblia dizem que Deus levou Enoque para o céu. Mas isso não é verdade, porque a Bíblia diz que Jesus foi o primeiro a ser ressuscitado para viver no céu. — João 3:13.

Então, o que Paulo queria dizer? É provável que, de modo bondoso, Jeová tenha transferido Enoque da vida para a morte, poupando-o de  uma morte violenta. Mas, antes, Enoque “recebeu o testemunho de que havia agradado a Deus”. Como? Pode ser que ele tenha tido uma visão. Talvez Jeová tenha lhe mostrado a Terra transformada num paraíso. Com esse sinal claro de que Jeová o aprovava, Enoque adormeceu na morte. Paulo falou sobre Enoque e outros homens e mulheres fiéis: “Todos esses morreram com fé.” (Hebreus 11:13) Os inimigos de Enoque talvez tenham procurado o corpo dele, mas ele “não foi achado em parte alguma”. Provavelmente, Jeová o fez desaparecer, evitando que o corpo de Enoque fosse tratado de modo desrespeitoso ou usado para promover uma religião falsa. *

Com isso em mente, imagine como talvez tenham sido os últimos momentos de Enoque. Mas lembre-se de que essa é apenas uma possibilidade. Enoque estava fugindo, exausto. As pessoas que o perseguiam estavam logo atrás, furiosas por causa da mensagem de julgamento. Então, ele encontrou um lugar para se esconder e descansar um pouco. Mas ele sabia que não estava a salvo; uma morte violenta o aguardava, era só uma questão de tempo. Enquanto descansava, Enoque orou a Jeová. Daí, uma profunda sensação de paz tomou conta dele, e ele começou a ter uma visão. A visão era tão real que levou o seu pensamento para outro lugar.

Enoque talvez estivesse prestes a sofrer uma morte violenta quando Jeová o tomou

Que lugar era esse? Ele talvez tenha visto um mundo totalmente diferente. Era tão bonito quanto o jardim do Éden, e não havia querubins impedindo os humanos de entrar lá. A paz reinava nesse lugar, e as pessoas, cheias de saúde e energia, viviam em união. Não havia vestígio de ódio e de perseguição religiosa. Enoque sentiu no coração que Jeová cuidava dele, o aprovava e o amava. Assim, ele percebeu que aquele era o seu futuro lar. Enoque sentiu paz como nunca antes. Daí, fechou os olhos e, aos poucos, caiu num sono profundo.

E até hoje Enoque está dormindo o sono da morte. Com certeza, ele tem um lugar especial na memória sem limites de Jeová. Jesus prometeu que vai chamar todos os que estão na memória de Deus, e eles vão acordar e ver um lindo novo mundo de paz. — João 5:28, 29.

Você quer viver nesse novo mundo? Imagine conhecer o próprio Enoque! Pense em quantas coisas interessantes vamos aprender com ele. Ele vai nos contar se os seus últimos momentos foram parecidos com o que nós imaginamos. Mas tem algo muito importante que precisamos aprender com ele desde já. Logo depois de falar sobre Enoque, Paulo disse: “Sem fé é impossível agradar a Deus.” (Hebreus 11:6) Então, para agradar a Deus, vamos fazer o máximo para imitar a fé desse homem tão corajoso, Enoque!

^ parágrafo 14 Alguns eruditos dizem que Judas citou um livro apócrifo, o “Livro de Enoque”, que teria sido escrito por Enoque. Mas esse livro é uma obra fantasiosa, e não se sabe quem foi seu autor. O livro cita a profecia de Enoque corretamente, mas é provável que a citação tenha se baseado numa fonte antiga que não existe mais, como um documento escrito ou uma tradição oral. Judas pode ter usado a mesma fonte ou ter ouvido Jesus falar de Enoque. Afinal, Jesus acompanhou do céu toda a vida de Enoque.

^ parágrafo 20 É provável que Deus tenha feito o corpo de Moisés e o de Jesus desaparecer pelos mesmos motivos. — Deuteronômio 34:5, 6; Lucas 24:3-6; Judas 9.