Ir para conteúdo

TEXTOS BÍBLICOS EXPLICADOS

Mateus 6:33: “Procurem primeiro o reino de Deus”

Mateus 6:33: “Procurem primeiro o reino de Deus”

“Persistam, então, em buscar primeiro o Reino e a justiça de Deus, e todas estas outras coisas vos serão acrescentadas.” — Mateus 6:33, Tradução do Novo Mundo.

“Procurem primeiro o reino de Deus e a sua vontade e tudo isso vos será dado.” — Mateus 6:33, A Bíblia Para Todos, Sociedade Bíblica Portuguesa.

Significado de Mateus 6:33

O Reino de Deus é um governo estabelecido no céu, que fará com que a vontade de Deus seja feita na Terra. (Mateus 6:9, 10) A pessoa que busca primeiro esse Reino faz dele a prioridade na sua vida. * Não apenas deseja aprender cada vez mais sobre o Reino de Deus, mas também quer partilhar com outros as boas coisas que esse Reino vai fazer. (Mateus 24:14) Uma pessoa que busca o Reino também ora a pedir que ele venha. — Lucas 11:2.

A justiça de Deus inclui os seus padrões do que é certo e errado. (Salmo 119:172) Por isso, aqueles que buscam a justiça de Deus vivem de acordo com as suas leis de moral, que são sempre para o nosso bem. — Isaías 48:17.

A expressão “todas estas outras coisas vos serão acrescentadas” é uma promessa de que Deus vai cuidar daqueles que colocarem o seu Reino e os seus padrões em primeiro lugar na vida. — Mateus 6:31, 32.

Contexto de Mateus 6:33

Jesus disse estas palavras no chamado Sermão do Monte (ou da Montanha), registado em Mateus, capítulos 5-7. Naquela ocasião, os ouvintes de Jesus eram, na sua maioria, pessoas pobres. Eles talvez sentissem que a sua principal preocupação era ganhar o sustento para si e para as suas famílias e que, por isso, não tinham muito tempo para buscarem o Reino. Mas Jesus encorajou-os a repararem em como Jeová cuida bem da sua criação animal e das plantas. Deus prometeu fazer exatamente o mesmo pelas pessoas que buscassem primeiro o seu Reino. — Mateus 6:25-30.

Mitos sobre Mateus 6:33

Mito: Quem buscar o Reino vai ficar rico.

Facto: Jesus disse que aqueles que pusessem o Reino de Deus em primeiro lugar teriam o necessário, como comida e roupa. (Mateus 6:25, 31, 32) No entanto, ele não prometeu luxos, nem deu a entender que a bênção de Deus poderia ser medida com base na riqueza material que se tem. Na verdade, Jesus alertou os seus ouvintes contra a busca de riquezas, que pode até tornar mais difícil buscar primeiro o Reino. (Mateus 6:19, 20, 24) O apóstolo Paulo trabalhou incansavelmente a favor do Reino de Deus. Mesmo assim, em certas ocasiões, ele teve de viver com pouco. Assim como Jesus, ele alertou os cristãos quanto aos perigos envolvidos em querer ficar rico. — Filipenses 4:11, 12; 1 Timóteo 6:6-10.

Mito: Os cristãos não precisam de trabalhar.

Facto: A Bíblia diz que os cristãos devem trabalhar para se sustentarem a si mesmos e às suas famílias. (1 Tessalonicenses 4:11, 12; 2 Tessalonicenses 3:10; 1 Timóteo 5:8) Jesus não disse que os seus seguidores deviam buscar apenas o Reino, mas, sim, que deviam buscar primeiro o Reino.

Aqueles que buscam primeiro o Reino de Deus e que estão dispostos a trabalhar para se sustentarem podem ter a certeza de que Deus irá ajudá-los a suprirem as suas necessidades básicas. — 1 Timóteo 6:17-19.

^ par. 3 “Persistam em [...] buscar” é traduzido de uma forma verbal grega que indica uma ação contínua, e a frase pode ser vertida como “busquem sempre”. Por isso, o Reino de Deus deve ser uma prioridade na vida e não apenas um interesse temporário.