Pular para conteúdo

O Diabo existe?

A resposta da Bíblia

Sim, o Diabo existe. Ele é o “governante do mundo”, uma criatura espiritual que se tornou má e se rebelou contra Deus. (João 14:30; Efésios 6:11, 12) A Bíblia revela a personalidade do Diabo por usar os títulos e descrições a seguir:

Não é um princípio do mal

Para alguns, Satanás, o Diabo, é apenas um princípio do mal que existe dentro de nós. No entanto, a Bíblia registra uma conversa entre Deus e Satanás. Visto que Deus é perfeito, ele não poderia estar falando com uma parte má de si mesmo. (Deuteronômio 32:4; Jó 2:1-6) De modo similar, Satanás tentou Jesus, que não tinha pecado. (Mateus 4:8-10; 1 João 3:5) Assim, a Bíblia mostra que o Diabo é uma pessoa real, e não apenas uma personificação do mal.

Devemos ficar surpresos por muitos não acreditarem na existência do Diabo? De forma alguma, pois a Bíblia diz que Satanás usa métodos enganosos para alcançar seus objetivos. (2 Tessalonicenses 2:9, 10) Uma de suas maiores artimanhas tem sido cegar muitas pessoas, fazendo com que não acreditem em sua existência. — 2 Coríntios 4:4.

Outros conceitos equivocados sobre o Diabo

Mito: Lúcifer é outro nome dado ao Diabo.

Fato: A palavra hebraica que em algumas Bíblias é traduzida “Lúcifer” significa “brilhante”. (Isaías 14:12) O contexto mostra que esse termo se refere à dinastia, ou linhagem de reis, de Babilônia, que era tão arrogante que seria humilhada por Deus. (Isaías 14:4, 13-20) O título “brilhante” foi usado para zombar da dinastia babilônica após sua queda.

Mito: Satanás trabalha para Deus, como se fosse um “advogado de acusação”.

Fato: O Diabo é inimigo de Deus, não seu servo. Satanás, o Diabo, se opõe e acusa falsamente aqueles que servem a Deus. — 1 Pedro 5:8; Revelação 12:10.