Pular para conteúdo

O que a Bíblia diz sobre amar a si mesmo?

A resposta da Bíblia

 A Bíblia diz que é apropriado, e até necessário, ter certa medida de amor-próprio. Esse tipo de amor inclui cuidar de si mesmo, se respeitar e reconhecer seu valor. (Mateus 10:31) Mas a Bíblia diz que devemos colocar o amor-próprio no devido lugar e não ficar pensando só em nós mesmos.

A quem devemos amar primeiro?

  1.   Primeiro, devemos amar a Deus. A Bíblia ensina que o maior mandamento é: “Ame a Jeová, seu Deus, de todo o seu coração.” — Marcos 12:28-30; Deuteronômio 6:5.

  2.   O segundo maior mandamento é: “Ame o seu próximo como a si mesmo.” — Marcos 12:31; Levítico 19:18.

  3.   Embora a Bíblia não tenha um mandamento específico sobre amar a si mesmo, ela fala sobre “amar o próximo como a si mesmo”. Isso mostra que, até certo ponto, respeitar e amar a si mesmo é normal e faz bem.

A quem Jesus amou primeiro?

 Jesus mostrou como amar a Deus, ao próximo e a si mesmo de modo equilibrado. E ele disse para os seus discípulos seguirem seu exemplo. — João 13:34, 35.

  1.   Em primeiro lugar, Jesus amava a Jeová Deus e se empenhava em realizar a obra Dele. Jesus disse: “Para que o mundo saiba que eu amo o Pai, faço assim como o Pai me ordenou.” — João 14:31.

  2.   Jesus amava o próximo. Ele provou isso por cuidar das pessoas e até dar a vida por elas. — Mateus 20:28.

  3.   Ele também amava a si mesmo de modo equilibrado, pois tirava tempo para descansar, comer e aproveitar a companhia dos seus seguidores e possíveis discípulos. — Marcos 6:31, 32; Lucas 5:29; João 2:1, 2; 12:2.

Amar a outros em primeiro lugar significa que você vai perder sua dignidade ou ser infeliz?

 Não, porque fomos criados à imagem de Deus, e a principal qualidade de Deus é o amor sem egoísmo. (Gênesis 1:27; 1 João 4:8) Isso quer dizer que fomos feitos para amar outras pessoas. Amar a si mesmo é importante, mas somos muito mais felizes quando amamos a Deus em primeiro lugar e nos concentramos em fazer coisas boas para outros. É por isso que a Bíblia diz: “Há mais felicidade em dar do que em receber.” — Atos 20:35.

 Hoje em dia, muitas pessoas dizem que a felicidade vem de colocar os próprios interesses em primeiro lugar. Para essas pessoas, “amar o próximo” foi substituído por “amar a si mesmo”. Mas hoje se sabe que quem tem mais saúde e felicidade são os que aplicam este sábio conselho da Bíblia: “Que cada um persista em buscar não a sua própria vantagem, mas a da outra pessoa.” — 1 Coríntios 10:24.