Ir para conteúdo

O que é a Nova Jerusalém?

O que é a Nova Jerusalém?

A resposta da Bíblia

A expressão “Nova Jerusalém” aparece duas vezes na Bíblia. Esta cidade simbólica representa o grupo de seguidores de Jesus que vai reinar com ele no céu, no Reino de Deus. (Apocalipse 3:12; 21:2) Na Bíblia, este grupo também é chamado “noiva de Cristo”.

Como identificar a Nova Jerusalém?

  1. A Nova Jerusalém situa-se no céu. Sempre que Bíblia menciona a Nova Jerusalém diz que ela desce do céu, e refere também que ela tem anjos a guardar os portões da cidade. (Apocalipse 3:12; 21:2, 10, 12) O tamanho da cidade também prova que ela não poderia estar na Terra. A cidade tem a forma de um cubo e, na sua base, os quatro lados somam “12 000 estádios”. * (Apocalipse 21:16) Assim sendo, cada lado do cubo teria quase 560 quilómetros de altura e, se estivesse na Terra, chegaria até ao espaço.

  2. A Nova Jerusalém é um grupo de seguidores de Jesus, que são a noiva de Cristo. A Nova Jerusalém é chamada “a noiva, a esposa do Cordeiro”. (Apocalipse 21:9, 10) Nesta descrição simbólica, o Cordeiro é Jesus Cristo. (João 1:29; Apocalipse 5:12) “A esposa do Cordeiro”, ou seja, a noiva de Cristo, representa os cristãos que estarão juntamente com Jesus no céu. A Bíblia compara o relacionamento entre Jesus e esses cristãos ao de um marido com a sua esposa. (2 Coríntios 11:2; Efésios 5:23-25) Além disso, nas pedras de alicerce da Nova Jerusalém estão escritos “os nomes dos 12 apóstolos do Cordeiro”. (Apocalipse 21:14) Este detalhe ajuda a confirmar a identidade da Nova Jerusalém, já que os cristãos que são chamados para viverem no céu são “edificados sobre o alicerce dos apóstolos e dos profetas”. — Efésios 2:20.

  3. A Nova Jerusalém faz parte de um governo. A antiga Jerusalém era a capital de Israel, onde o rei David, o seu filho Salomão e os seus descendentes governaram “no trono de Jeová”. (1 Crónicas 29:23) Portanto Jerusalém, a chamada “cidade santa”, representava o governo de Deus, que era exercido por meio da linhagem de David. (Neemias 11:1) A Nova Jerusalém, também chamada “a cidade santa”, é composta por aqueles que se juntam a Jesus no céu para ‘reinarem sobre a terra’. — Apocalipse 5:9, 10; 21:2.

  4. A Nova Jerusalém traz bênçãos para as pessoas na Terra. A Bíblia descreve a Nova Jerusalém como estando “a descer do céu, da parte de Deus”. Isto mostra que ela é usada por Deus para cuidar de assuntos na Terra. (Apocalipse 21:2) Esta expressão estabelece uma ligação entre a Nova Jerusalém e o Reino de Deus, que ele usa para que a sua vontade seja feita “como no céu, assim também na terra”. (Mateus 6:10) A vontade de Deus para a Terra inclui as bênçãos enumeradas a seguir.

    • Fim do pecado. “Um rio de água da vida” sai da Nova Jerusalém e sustenta “árvores da vida” que são “para a cura das nações”. (Apocalipse 22:1, 2) Essa cura física e espiritual vai eliminar o pecado e permitir que as pessoas tenham uma vida perfeita, que era o que Deus queria desde o início. — Romanos 8:21.

    • Paz entre Deus e a humanidade. O pecado afastou os humanos de Deus. (Isaías 59:2) Quando o pecado for eliminado, esta profecia vai poder cumprir-se totalmente: “A tenda de Deus está com a humanidade; ele residirá com eles, e eles serão o seu povo. O próprio Deus estará com eles.” — Apocalipse 21:3.

    • Fim do sofrimento e da morte. Por meio do seu Reino, Deus “enxugará todas as lágrima dos seus olhos, e não haverá mais morte, nem haverá mais tristeza, nem choro, nem dor”. — Apocalipse 21:4.

^ par. 5 O estádio era uma unidade de medida usada pelos romanos, que equivalia a 185 metros.