Pular para conteúdo

Pular para sumário

 O CONCEITO DA BÍBLIA

Céu

Céu

Céu é um assunto que gera muita especulação e opiniões polêmicas. Mas o conceito da Bíblia é bem diferente do que muitos aprenderam.

O que é o céu?

O QUE AS PESSOAS DIZEM

Existem diversas crenças sobre o céu e o objetivo dele. Por exemplo:

  • Muitos que afirmam ser cristãos concordam com a New Catholic Encyclopedia (Nova Enciclopédia Católica), que chama o céu de “destino final dos abençoados que morrem no Senhor”.

  • O rabino Bentzion Kravitz diz que o judaísmo gira mais em torno da vida presente do que da vida após a morte. Ainda assim, ele diz: “No céu a alma vivencia o maior prazer possível — ela obtém um entendimento mais amplo e se sente mais próxima de Deus do que antes.” Mas ele admite que “apesar de o judaísmo acreditar no céu, a Torá [os cinco primeiros livros da Bíblia] fala muito pouco sobre isso”.

  • Hinduístas e budistas acreditam que o céu tem vários níveis espirituais. Para eles, o céu é um lugar onde a pessoa fica temporariamente, até nascer outra vez na Terra ou até atingir o nirvana, um estado superior ao céu.

  • Alguns acham que crer no céu é algo ingênuo e sem sentido. Por isso, rejeitam todos os conceitos religiosos sobre o céu..

Céu é um assunto que gera muita especulação

O QUE A BÍBLIA DIZ

Na Bíblia, a palavra “céu” tem mais de um significado. Por exemplo:

  • Gênesis 1:20 diz que Deus criou aves que ‘voariam por cima da terra, pela vastidão dos céus’. Nesse caso, a palavra “céus” se refere à atmosfera da Terra, o céu visível.

  • Isaías 13:10 menciona “as estrelas dos céus e suas constelações”, referindo-se ao que chamamos de espaço sideral.

  • A Bíblia fala da “morada [de Deus], os céus” e diz que existem “anjos . . . no céu”. (1 Reis 8:30; Mateus 18:10) As palavras “céus” e “céu” não são apenas linguagem figurada; elas descrevem o lugar onde Deus mora. *

“Olha para baixo desde o céu e vê da tua elevada morada, santa e gloriosa.”— Isaías 63:15.

 Todas as pessoas boas vão para o céu quando morrem?

A Bíblia não ensina que a Terra é apenas um lugar onde os humanos viveriam temporariamente, esperando morrer e depois ir para o céu. E também deixa claro que Deus nunca quis que os humanos morressem. Considere o seguinte:

  • Deus disse ao primeiro casal humano: “Tenham filhos e tornem-se muitos; encham . . . a terra.” (Gênesis 1:28) A Terra foi feita para ser a morada permanente do homem, o lugar onde ele viveria para sempre. O primeiro homem e a primeira mulher só morreriam se desobedecessem a Deus. Infelizmente, foi isso que escolheram fazer. — Gênesis 2:17; 3:6.

  • A desobediência do primeiro homem resultou na morte não apenas dele e da sua esposa, mas também dos seus descendentes. (Romanos 5:12) Será que isso deixou a humanidade sem esperança?

  • A Bíblia diz que “há novos céus e uma nova terra que aguardamos segundo a promessa [de Deus]”. * (2 Pedro 3:13) Por meio do seu Reino, Deus fará com que a Terra volte a ser como ele queria, “e não haverá mais morte”. (Apocalipse 21:3, 4) Será que esse texto fala da vida no céu? Quando dizemos que “não haverá mais” alguma coisa, é claro que se trata de algo que já existiu antes. Mas nunca existiu morte no céu. Então, é fácil concluir que o texto bíblico se refere ao que vai acontecer na Terra. A Terra é o lugar onde fomos feitos para viver e é onde desejamos estar com as pessoas que amamos. A Bíblia também mostra que os mortos voltarão a viver e se juntarão a seus parentes e amigos. — João 5:28, 29.

Muitas pessoas acham emocionante aprender o que a Bíblia realmente ensina sobre o céu. Por exemplo, George, que era católico, diz: “Achei o ensino bíblico sobre a vida eterna na Terra muito consolador. Fazia mais sentido do que ir para o céu.” *

“Quanto aos céus, eles pertencem a Jeová, mas a terra ele deu aos filhos dos homens.” — Salmo 115:16.

^ parágrafo 13 É claro que Deus é um ser espiritual, não físico. (João 4:24) Assim, o lugar onde ele mora só pode ser um domínio espiritual, fora do universo físico ou visível.

^ parágrafo 19 A expressão “nova terra” não significa um novo planeta. É uma expressão simbólica e se refere a uma sociedade de pessoas aprovadas por Deus que viverão na Terra. — Salmo 66:4.

^ parágrafo 20 A Bíblia ensina que, no Reino de Deus, apenas 144 mil humanos são escolhidos para reinar com Jesus no céu. — 1 Pedro 1:3, 4; Apocalipse 14:1.