Salmos 107:1-43

(Salmos 107-150) 107  Agradeçam a Jeová, pois ele é bom;+O seu amor leal dura para sempre.+   Assim digam os resgatados* por Jeová,Que ele resgatou da mão* do adversário,+   Que ele reuniu das terras,+Do leste e do oeste,*Do norte e do sul.+   Eles vaguearam pelo ermo, pelo deserto;Não encontraram caminho para uma cidade onde pudessem morar.   Estavam famintos e sedentos;Estavam* desfalecendo de exaustão.   Clamavam a Jeová na sua aflição;+Ele os livrou das suas dificuldades.+   Ele os fez andar no caminho certo,+Para que chegassem a uma cidade onde pudessem morar.+   Que as pessoas agradeçam a Jeová+ pelo seu amor lealE pelos seus atos maravilhosos em favor dos filhos dos homens.+   Pois ele saciou o sedento*E satisfez o faminto* com coisas boas.+ 10  Alguns moravam na mais profunda escuridão,Prisioneiros em aflição e em correntes. 11  Pois tinham se rebelado contra a palavra de Deus;Tinham desrespeitado a vontade* do Altíssimo.+ 12  Portanto, ele humilhou o coração deles trazendo-lhes dificuldades;+Eles tropeçaram, e não houve ninguém que os ajudasse. 13  Eles clamaram a Jeová por ajuda na sua aflição;Ele os salvou das suas dificuldades. 14  Ele os fez sair da mais profunda escuridãoE quebrou as suas correntes.+ 15  Que as pessoas agradeçam a Jeová pelo seu amor leal+E pelos seus atos maravilhosos em favor dos filhos dos homens. 16  Pois ele derrubou as portas de cobreE rompeu as trancas de ferro.+ 17  Eles eram tolos e sofreram aflição+Por causa de suas transgressões e de seus erros.+ 18  Perderam o apetite por* todo alimento;Chegaram perto dos portões da morte. 19  Clamavam a Jeová por ajuda na sua aflição;Ele os salvava das suas dificuldades. 20  Ele enviava a sua palavra e os curava,+E os livrava da cova em que haviam caído. 21  Que as pessoas agradeçam a Jeová pelo seu amor lealE pelos seus atos maravilhosos em favor dos filhos dos homens. 22  Que ofereçam os sacrifícios de agradecimento+E declarem os seus atos com gritos de alegria. 23  Aqueles que viajam pelo mar em navios,Que fazem negócios na imensidão das águas,+ 24  Veem os atos de JeováE os seus atos maravilhosos no mar;+ 25  Como, pela sua ordem, surge um vendaval,+Que eleva as ondas do mar. 26  Eles sobem até o céu;Mergulham nas profundezas. Diante do perigo, sua coragem* acaba. 27  Ficam atordoados e cambaleiam como bêbados,E toda a sua habilidade se torna inútil.+ 28  Então, na sua aflição clamam a Jeová,+E ele os livra das suas dificuldades. 29  Acalma o vendaval;As ondas do mar ficam quietas.+ 30  Alegram-se quando elas se acalmam,E ele os conduz ao porto desejado. 31  Que as pessoas agradeçam a Jeová pelo seu amor lealE pelos seus atos maravilhosos em favor dos filhos dos homens.+ 32  Que o exaltem no meio do povo congregado+E o louvem entre os anciãos reunidos.* 33  Ele transforma rios em deserto,E fontes de água em terra árida,+ 34  Terra fértil em terra improdutiva, salgada,+Por causa da maldade dos que moram nela. 35  Ele transforma o deserto em lagoas repletas de juncos,E a terra seca em fontes de água.+ 36  Ali faz morar os famintos,+Para que construam uma cidade onde possam morar.+ 37  Semeiam campos e plantam vinhedos+Que produzem safras abundantes.+ 38  Ele os abençoa, e eles se multiplicam muito;Ele não deixa o seu rebanho diminuir.+ 39  Mas eles novamente se tornam poucos e são humilhadosCom opressão, calamidade e sofrimento. 40  Ele derrama desprezo sobre nobresE os faz vaguear por desertos sem caminho.+ 41  Mas protege* o pobre da opressão+E torna a sua família tão numerosa como um rebanho. 42  Os que são retos veem isso e se alegram;+Mas todos os injustos calam a boca.+ 43  Quem é sábio refletirá nessas coisas+E considerará com atenção os atos de amor leal de Jeová.+

Notas de rodapé

Ou: “recomprados”.
Ou: “do poder”.
Ou: “Do nascente e do poente”.
Ou: “Sua alma estava”.
Ou: “a alma sedenta”.
Ou: “a alma faminta”.
Ou: “o conselho”.
Ou: “Sua alma detestou”.
Ou: “alma”.
Ou: “no conselho [lit.: assento] dos anciãos”.
Ou: “põe no alto”, isto é, fora de alcance.

Notas de estudo

Mídia