Pular para conteúdo

A BÍBLIA MUDA A VIDA DAS PESSOAS

“Eu tinha mais perguntas do que respostas”

  • Ano de nascimento: 1976

  • País de origem: Honduras

  • Histórico: Pastor de igreja

MEU PASSADO

Eu nasci em La Ceiba, Honduras. Eu era o filho mais novo e tinha quatro irmãs. Eu também era o único surdo na família. Minha família morava em um bairro perigoso, e éramos muito pobres. E, quando eu tinha mais ou menos quatro anos, meu pai morreu num acidente de trabalho, e as coisas ficaram ainda mais difíceis.

Minha mãe fazia o melhor que podia para cuidar de mim e das minhas irmãs, mas ela quase nunca tinha dinheiro suficiente para comprar roupas para mim. Quando chovia, geralmente eu passava frio porque não tinha roupas quentes.

Conforme fui crescendo, aprendi a língua de sinais hondurenha. Assim, eu pude conversar com outros surdos. Só que minha mãe e minhas irmãs não sabiam língua de sinais, e nós só conseguíamos nos comunicar usando gestos e alguns sinais que elas tinham inventado. Mas minha mãe me amava e me protegia de vários perigos. Por exemplo, usando os poucos sinais que sabia, ela me avisou para ficar longe de vícios como fumar e beber demais. Sou muito grato a ela por eu ter crescido sem vícios.

Minha mãe costumava me levar na Igreja Católica quando eu era criança, mas eu não entendia nada, porque ninguém lá interpretava para língua de sinais o que estava sendo dito. Eu ficava tão entediado que parei de ir à igreja quando tinha dez anos. Só que eu ainda queria aprender mais sobre Deus.

Em 1999, quando tinha 23 anos, conheci uma mulher dos Estados Unidos que era de uma igreja evangélica. Ela me deu aulas da Bíblia e me ensinou a língua de sinais americana. Eu gostei tanto do que aprendi da Bíblia que decidi ser pastor. Por isso, fui morar em Porto Rico para poder ir a um centro de treinamento cristão para surdos. Quando voltei para La Ceiba em 2002, abri uma igreja para os surdos, com a ajuda de três amigas. Uma delas, Patricia, mais tarde se tornou minha esposa.

Como pastor da igreja, eu dava sermões em língua de sinais hondurenha, mostrava imagens das histórias da Bíblia e também encenava as histórias para que os surdos pudessem entender. Eu também visitava os surdos nas cidades vizinhas para animá-los e ajudá-los com seus problemas. Eu até fiz uma viagem missionária para os Estados Unidos e para a Zâmbia. Só que, na realidade, eu não sabia muito sobre a Bíblia. Eu só ensinava o que eu tinha aprendido e o que eu entendia das imagens que via. Na verdade, eu tinha mais perguntas do que respostas.

Um dia, três mulheres da minha igreja começaram a espalhar mentiras sobre mim. Elas disseram que eu era um bêbado e que eu tinha traído minha esposa. Fiquei decepcionado e com raiva. Pouco tempo depois, eu e Patricia deixamos a igreja.

COMO A BÍBLIA MUDOU MINHA VIDA

As Testemunhas de Jeová já tinham visitado Patricia e eu várias vezes, mas nós nunca demos atenção a elas. Só que, depois que deixamos a igreja, Patricia começou a estudar a Bíblia com um casal de Testemunhas de Jeová, Thomas e Liccy. Fiquei impressionado de ver que eles sabiam língua de sinais mesmo não sendo surdos. Por isso, eu logo comecei a estudar junto com Patricia.

Nós estudamos por alguns meses usando vídeos em língua de sinais americana. Mas, depois que alguns amigos acusaram as Testemunhas de Jeová de seguir a homens, nós paramos o estudo. Thomas até me apresentou provas de que as Testemunhas de Jeová não seguiam líderes humanos, mas eu não acreditei nele.

Alguns meses depois, Patricia teve uma depressão profunda e orou a Deus pedindo que as Testemunhas de Jeová a visitassem de novo. Pouco tempo depois, uma vizinha que era Testemunha de Jeová visitou Patricia e disse que podia pedir para Liccy visitá-la. Liccy se mostrou uma verdadeira amiga. Ela visitava Patricia toda a semana para animá-la e para estudar a Bíblia com ela. Mesmo assim, eu ainda não confiava totalmente nas Testemunhas de Jeová.

Em 2012, as Testemunhas de Jeová fizeram uma campanha especial para distribuir o vídeo Gostaria de Conhecer a Verdade? em língua de sinais hondurenha. Liccy trouxe uma cópia para nós. Quando eu assisti ao vídeo, fiquei chocado ao aprender que muitas das doutrinas que eu ensinava, como o inferno de fogo e a imortalidade da alma, não estavam na Bíblia.

Na semana seguinte, fui até o Salão do Reino das Testemunhas de Jeová para conversar com Thomas. Eu disse para ele que queria ensinar para os surdos a verdade sobre a Bíblia, mas não queria ser uma Testemunha de Jeová. Eu queria formar a minha própria igreja para os surdos. Thomas me elogiou por ter renovado meu zelo. Mas daí ele me mostrou Efésios 4:5, que destaca a importância da união na verdadeira congregação cristã.

Thomas também me deu o vídeo Testemunhas de Jeová — Fé em Ação, Parte 1: Da Escuridão para a Luz, em língua de sinais americana. Esse vídeo mostra como um grupo de homens examinou a Bíblia com cuidado para entender a verdade sobre doutrinas básicas. À medida que assistia àquele vídeo, percebi que me sentia como aqueles homens. Eu também estava procurando a verdade. O vídeo me convenceu de que as Testemunhas de Jeová ensinam a verdade porque todas as suas crenças se baseiam somente na Bíblia. Então, eu pedi para voltar a estudar a Bíblia e, em 2014, eu e Patricia fomos batizados como Testemunhas de Jeová.

COMO FUI BENEFICIADO

Eu gosto da organização das Testemunhas de Jeová porque ela é pura e limpa, assim como Deus é puro e limpo. Os seus membros são puros na maneira de falar e de tratar os outros. Eles são pacíficos e encorajam uns aos outros. As Testemunhas de Jeová são unidas e ensinam as mesmas verdades bíblicas em todo o mundo, não importa o idioma.

Foi muito bom aprender o que a Bíblia realmente ensina. Por exemplo, eu aprendi que Jeová é o Deus Todo-Poderoso e o Soberano sobre toda a Terra. Ele ama tanto os surdos como os ouvintes. Dou muito valor ao amor que Deus tem por mim. Também aprendi que a Terra vai se tornar um lindo paraíso e que nós vamos ter a oportunidade de viver para sempre com saúde perfeita. Não vejo a hora de isso se tornar realidade!

Eu e Patricia amamos conversar com outros surdos sobre a Bíblia. Hoje, nós estudamos a Bíblia com três membros da nossa antiga igreja. Só que, agora, eu não tenho mais dúvidas sobre o que eu ensino, como tinha quando era pastor. Finalmente, eu achei as respostas às minhas perguntas, porque estudei a Bíblia com as Testemunhas de Jeová.