Pular para conteúdo

As Testemunhas de Jeová são sionistas?

Não, elas não são. As Testemunhas de Jeová são cristãs e baseiam suas crenças nas Escrituras. Embora algumas religiões ensinem que o ajuntamento dos judeus na Palestina esteja relacionado com profecias das Escrituras, as Testemunhas de Jeová não têm esse conceito. Elas não acreditam que esse acontecimento político tenha sido especificamente predito nas Escrituras, que não promovem nenhum governo humano nem exaltam nenhum grupo étnico ou povo sobre outro. A Sentinela, a revista oficial das Testemunhas de Jeová, declarou categoricamente: “Não [há] apoio bíblico para o sionismo político.”

A Enciclopédia Barsa descreve o sionismo como um “movimento nacionalista judeu que teve como objetivo inicial a criação e apoio a um estado nacional [judeu] na Palestina”. Seus fundamentos são tanto religiosos como políticos. As Testemunhas de Jeová não promovem o sionismo como doutrina religiosa e são totalmente neutras no que diz respeito ao sionismo político.

A organização das Testemunhas de Jeová é inteiramente religiosa e não promove nenhum sistema político, o que incluiria o sionismo. A neutralidade política das Testemunhas de Jeová é bem conhecida, e em alguns países elas têm sofrido intensa perseguição por manterem essa posição neutra. Estamos convencidos de que apenas o Reino celestial de Deus trará paz duradoura para a Terra; nenhum governo ou movimento humano pode conseguir isso.

Um elemento básico das crenças religiosas das Testemunhas de Jeová, onde quer que morem, é a obediência às leis dos governos seculares. Elas não se rebelam contra autoridades governamentais nem participam em conflitos armados.