Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

A Sentinela  |  Agosto de 2014

 NOSSOS LEITORES PERGUNTAM . . .

Quem criou Deus?

Quem criou Deus?

Imagine um pai falando com seu filho de 7 anos. Ele diz: “Muito tempo atrás, Deus criou a Terra e tudo o que existe nela; ele criou o Sol, a Lua e as estrelas.” Depois de pensar um pouco, o menino pergunta: “Pai, e quem criou Deus?”

“Ninguém criou Deus”, responde o pai. “Ele sempre existiu.” Essa explicação simples talvez seja suficiente para o menino nesse momento. Mas, à medida que cresce, ele continua intrigado com a pergunta. Ele não entende como é possível alguém não ter um começo. Até mesmo o Universo teve um começo. ‘De onde Deus veio?’ pensa ele.

Qual é a resposta da Bíblia? Basicamente a mesma resposta que o pai deu no exemplo acima. Moisés escreveu: “Ó Jeová, . . . antes de nascerem os próprios montes ou de teres passado a produzir . . . a terra e o solo produtivo, sim, de tempo indefinido a tempo indefinido, tu és Deus.” (Salmo 90:1, 2) Da mesma forma, o profeta Isaías disse: “Acaso não vieste a saber ou não ouviste? Jeová, o Criador das extremidades da terra, é Deus por tempo indefinido.” (Isaías 40:28) Similarmente, a carta de Judas fala de Deus como existindo “por toda a eternidade passada”. — Judas 25.

Esses textos nos mostram que Deus é o “Rei da eternidade”, como escreveu o apóstolo Paulo. (1 Timóteo 1:17) O que isso significa? Volte sua mente na linha do tempo. Qual foi o ponto mais distante que você imaginou? Deus já existia nesse tempo. E ele sempre existirá. (Revelação [Apocalipse] 1:8) Assim, a existência eterna é uma característica fundamental do Todo-Poderoso.

Por que essa ideia é tão difícil de entender? Porque a curta duração de nossa vida faz com que vejamos o tempo de modo diferente de como Jeová o vê. Como Deus é eterno, mil anos para ele são como um dia. (2 Pedro 3:8) Para ilustrar: será que um gafanhoto, que vive apenas uns 50 dias em sua fase adulta, conseguiria compreender a nossa duração de vida de 70 ou 80 anos? Dificilmente. É interessante que a Bíblia diz que, comparados ao nosso Grandioso Criador, somos como gafanhotos. Perto dele, até mesmo nossa capacidade de raciocínio é insignificante. (Isaías 40:22; 55:8, 9) Assim, não é de admirar que alguns aspectos da natureza de Jeová estejam além da compreensão humana.

Embora seja difícil de entender, a ideia de um Deus eterno faz sentido. Se alguém tivesse criado Deus, essa pessoa seria o Criador. Mas, como a Bíblia explica, foi Jeová quem ‘criou todas as coisas’. (Revelação 4:11) Além do mais, sabemos que o Universo teve um início. (Gênesis 1:1, 2) De onde ele surgiu? Seu Criador teve de existir antes dele. Esse Criador também já existia antes de qualquer outro ser inteligente, como seu Filho unigênito e os anjos. (Jó 38:4, 7; Colossenses 1:15) Então é óbvio que, antes de começar a criar, Deus existia sozinho. Por isso, não poderia ter sido criado; não existia nada que pudesse criá-lo.

Nossa própria existência e a de todo o Universo comprovam que existe um Deus eterno. Para colocar nosso vasto Universo em movimento e estabelecer as leis que o controlam, era necessário que nosso Criador sempre existisse. Só ele poderia dar vida a todas as outras coisas. — Jó 33:4.