Pular para conteúdo

Pular para sumário

Lembra-se?

Lembra-se?

 Lembra-se?

Gostou de ler os números recentes de A Sentinela? Nesse caso, veja se consegue responder às seguintes perguntas:

• Como Jesus ‘livrará o pobre’, conforme prediz o Salmo 72:12?

No seu reinado haverá justiça para todos, sem corrupção. A guerra muitas vezes traz pobreza, mas Cristo trará paz perfeita. Ele se compadece das pessoas e unirá a todas, cuidando de que a humanidade tenha fartura de alimentos. (Salmo 72:4-16) — 1/5, página 7.

• Como podemos, quais cristãos, manifestar “franqueza no falar”? (1 Timóteo 3:13; Filêmon 8; Hebreus 4:16)

Podemos fazer isso por pregar com zelo e coragem, por ensinar e aconselhar com prontidão e eficácia e por abrir o coração a Deus em oração, certos de que ele ouvirá e atenderá. — 15/5, páginas 14-16.

• Por que, sob a Lei, certas funções sexuais naturais tornavam “impura” a pessoa?

As leis sobre impureza resultante de emissões seminais, menstruação e parto promoviam a boa higiene e um estilo de vida sadio, enfatizavam a santidade do sangue e indicavam a necessidade de expiação dos pecados. — 1/6, página 31.

• Se a pessoa deseja ser feliz, por que é bom que estude o livro dos Salmos?

Os compositores dos Salmos sabiam que a felicidade resulta de se ter uma boa relação com Deus. (Salmo 112:1) Eles enfatizaram que nenhuma relação humana, nenhum bem e nenhuma consecução pode produzir a felicidade resultante de se pertencer ao “povo cujo Deus é Jeová”. (Salmo 144:15) — 15/6, página 12.

• Que relação especial com Jeová tinham os israelitas do passado?

Em 1513 AEC, Jeová introduziu os israelitas numa nova relação com ele, num pacto. (Êxodo 19:5, 6; 24:7) Depois disso, os israelitas nasciam como membros da nação escolhida de Deus, dedicada a ele. Ainda assim, cada um tinha de tomar uma decisão pessoal de servir a Deus. — 1/7, páginas 21-2.

• Por que devemos fazer todas as coisas “livres de resmungos”? (Filipenses 2:14)

Muitos exemplos bíblicos mostram que resmungar causou danos entre o povo de Deus. Faremos bem em pensar seriamente a respeito da influência corrosiva que isso pode ter hoje em dia. Humanos imperfeitos tendem a se queixar, e devemos estar atentos a detectar qualquer sinal disso e evitar esse comportamento. — 15/7, páginas 16-17.

• Por que sabemos que a sabedoria descrita em Provérbios 8:22-31 não é a sabedoria no seu sentido abstrato?

Essa sabedoria foi ‘produzida’, ou criada, ‘como princípio do caminho de Jeová’. Deus sempre existiu e sempre tem sido sábio; a sua sabedoria não foi criada. A sabedoria descrita em Provérbios 8:22-31 estava ao lado de Deus como “mestre-de-obras”, que se refere à criatura espiritual que veio a tornar-se Jesus e que trabalhou intimamente com Deus na criação. (Colossenses 1:17; Revelação [Apocalipse] 3:14) — 1/8, página 31.