Pular para conteúdo

Pular para sumário

Jovens enriquecem a vida louvando a Jeová

Jovens enriquecem a vida louvando a Jeová

 “Minha Ajuda Procede de Jeová”

Jovens enriquecem a vida louvando a Jeová

“EU QUERO aproveitar a vida ao máximo!” Foi assim que um adolescente descreveu suas expectativas. Mas como pode um jovem obter o melhor da vida? A Bíblia dá uma resposta direta: “Lembre do seu Criador enquanto você ainda é jovem.” — Eclesiastes 12:1, Bíblia na Linguagem de Hoje.

Louvar e servir a Jeová não é apenas para adultos. Samuel, filho de Elcana e de Ana, era muito jovem quando servia a Jeová no tabernáculo. (1 Samuel 1:19, 20, 24; 2:11) Uma jovem hebréia mostrou ter fé absoluta em Jeová quando sugeriu que Naamã, chefe do exército sírio, fosse ao profeta Eliseu para ser curado de lepra. (2 Reis 5:2, 3) No Salmo 148:7, 12, ordena-se a rapazes e moças que louvem a Jeová. * Com apenas 12 anos de idade, Jesus já tinha vívido interesse no serviço de seu Pai. (Lucas 2:41-49) Por causa do treinamento que receberam à base das Escrituras, alguns meninos que viram Jesus no templo clamaram: “Salva, rogamos, o Filho de Davi!” — Mateus 21:15, 16.

Louvar a Jeová hoje em dia

Atualmente, muitos jovens entre as Testemunhas de Jeová se orgulham de suas crenças e as pregam corajosamente na escola e em outros lugares. Considere dois exemplos.

Na Grã-Bretanha, Stephanie, de 18 anos, e seus colegas de classe estavam fazendo um debate sobre o aborto e outros assuntos éticos. O professor afirmava que hoje os abortos são geralmente aceitos e que nenhuma jovem teria motivos para rejeitar essa prática. Quando todos na classe concordaram com esse conceito, Stephanie sentiu-se impelida a defender sua opinião baseada na Bíblia. Teve a oportunidade de fazer isso quando o professor pediu sua opinião. Embora estivesse nervosa a princípio, Stephanie aproveitou a ocasião para apresentar o conceito bíblico. Ela parafraseou Êxodo 21:22-24 e explicou que, se era errado ferir uma criança por nascer, então o aborto obviamente era contrário à vontade de Deus.

O professor, que era membro do clero, nunca havia lido esses versículos. O testemunho corajoso de Stephanie resultou em muitas palestras excelentes com colegas de classe sobre diversos assuntos. Uma das alunas agora aceita com regularidade os números mais novos de A Sentinela e de Despertai!, e outras duas assistiram a um congresso de distrito das Testemunhas de Jeová para ver o batismo de Stephanie em símbolo de sua dedicação a Deus.

Vareta, de seis anos, que mora no Suriname, América do Sul, aproveitou uma oportunidade para louvar a Deus quando sua professora precisava do consolo das Escrituras. Quando voltou depois de três dias de ausência, a professora perguntou aos alunos se sabiam por que estivera ausente. Eles responderam: “Estava doente, não estava?” “Não”, respondeu  ela. “Minha irmã morreu, e estou muito triste. Por isso, vocês têm de ficar quietos.”

Naquela tarde, enquanto sua mãe tirava uma soneca, Vareta folheou algumas revistas antigas, lendo os títulos. Encontrou A Sentinela de 15 de julho de 2001, com o título “Há vida após a morte?”. Entusiasmada, acordou a mãe e disse: “Mamãe, mamãe, veja! Encontrei uma revista sobre a morte, para minha professora!” A professora recebeu a revista junto com uma carta de Vareta. Ela escreveu: “Esta é especialmente para a senhora. No Paraíso, a senhora vai ver de novo sua irmã, porque Jeová nunca mente. Ele prometeu trazer um paraíso, não no céu, mas na Terra.” A professora demonstrou profundo apreço pelo consolo bíblico que os artigos forneceram.

Construir para o futuro

Jeová é o “Deus feliz” e quer que os jovens sejam felizes. (1 Timóteo 1:11) A própria Palavra dele diz: “Aproveite a sua mocidade e seja feliz enquanto é moço.” (Eclesiastes 11:9, BLH) Jeová vê além do presente e percebe as conseqüências a longo prazo tanto do comportamento bom como do mau. É por isso que a sua Palavra incentiva aos jovens: “Lembra-te, pois, do teu Grandioso Criador nos dias da tua idade viril, antes que passem a vir os dias calamitosos ou cheguem os anos em que dirás: ‘Não tenho agrado neles.’” — Eclesiastes 12:1.

Jeová deseja que os jovens usufruam plenamente o precioso dom da vida. Ao se lembrarem de Deus e o louvarem, os jovens podem levar uma vida significativa e recompensadora. Mesmo quando se confrontam com desafios, podem dizer com confiança: “Minha ajuda procede de Jeová.” — Salmo 121:2.

[Nota(s) de rodapé]

^ parágrafo 4 Veja o Calendário das Testemunhas de Jeová, março e abril de 2005.

[Destaque na página 9]

“Louvai a Jeová desde a terra, . . . vós, jovens e também vós, virgens.” — SALMO 148:7, 12

[Quadro na página 8]

JEOVÁ APÓIA OS JOVENS

“Tu és a minha esperança, ó Soberano Senhor Jeová, minha confiança desde a minha mocidade.” — Salmo 71:5.

“[Deus] farta o curso da tua vida com o que é bom; tua mocidade se renova como a duma águia.” — Salmo 103:5.