Pular para conteúdo

Pular para sumário

Proteja-se contra o engano

Proteja-se contra o engano

 Proteja-se contra o engano

“Acautelai-vos: talvez haja alguém que vos leve embora como presa sua, por intermédio de . . . vão engano.” — COLOSSENSES 2:8.

1-3. (a) Que exemplos mostram que o engano está presente em quase todos os aspectos da vida moderna? (b) Por que não deve surpreender-nos que haja tanto engano no mundo?

“QUANTOS de vocês nunca tiveram um cliente que lhes mentiu?” Há alguns anos, um professor de direito fez essa pergunta numa pesquisa. Qual foi a resposta? Ele explica: “Dentre milhares de advogados, apenas um nunca teve um cliente que lhe mentiu.” E por quê? “O advogado havia começado a trabalhar num grande escritório de advocacia fazia pouco tempo e ainda não havia conversado com nenhum cliente.” Essa experiência ilustra uma triste verdade — no mundo atual é comum mentir e enganar.

2 Há muitas formas de engano e ele está presente em quase todos os aspectos da vida moderna. A mídia está cheia de exemplos — políticos que mentem sobre a sua conduta, contadores e advogados que exageram os lucros das empresas, propaganda enganosa, fraudes contra seguradoras, apenas para citar alguns. Daí, há o engano religioso. Os clérigos desencaminham as massas por ensinarem doutrinas falsas, tais como a imortalidade da alma, o inferno de fogo e a Trindade. — 2 Timóteo 4:3, 4.

3 Deve surpreender-nos que haja tanto engano? Realmente não. A Bíblia adverte sobre os “últimos dias”: “Os homens iníquos e os impostores passarão de mal a pior, desencaminhando e sendo desencaminhados.” (2 Timóteo 3:1, 13) Como cristãos, temos de estar atentos às idéias desencaminhantes, que poderiam desviar-nos da verdade. Isso nos leva a perguntar: Por que o engano é tão comum no mundo de hoje, e  como podemos proteger-nos contra sermos enganados?

Por que há tanta falsidade?

4. Como a Bíblia explica por que a falsidade está tão difundida?

4 A Bíblia explica claramente por que a falsidade está tão difundida. O apóstolo João escreveu que “o mundo inteiro jaz no poder do iníquo”. (1 João 5:19) O “iníquo” é Satanás, o Diabo. Jesus disse a respeito dele: “Não permaneceu firme na verdade, porque não há nele verdade. Quando fala a mentira, fala segundo a sua própria disposição, porque é um mentiroso e o pai da mentira.” É de admirar, então, que este mundo reflita o espírito, os valores e as tendências enganosas do seu governante? — João 8:44; 14:30; Efésios 2:1-3.

5. Como Satanás tem intensificado seus esforços enganosos neste tempo do fim, e especialmente contra quem?

5 Satanás tem intensificado seus esforços neste tempo do fim. Ele foi lançado para a Terra. Sabe que lhe resta pouco tempo e por isso tem “grande ira”. Visto que está determinado a destruir o maior número possível de humanos, ele ‘desencaminha toda a terra habitada’. (Revelação [Apocalipse] 12:9, 12) Satanás não é alguém que engana esporadicamente. Antes, é implacável nos seus esforços de desencaminhar a humanidade. * Usa todos os métodos enganosos de que dispõe — inclusive trapaças e traição — para cegar a mente dos descrentes e mantê-los longe de Deus. (2 Coríntios 4:4) Esse mestre do engano está especialmente empenhado em devorar os que adoram a Deus “com espírito e verdade”. (João 4:24; 1 Pedro 5:8) Nunca se esqueça de que Satanás a bem dizer afirmou: ‘Eu conseguirei desviar qualquer um de servir a Deus.’ (Jó 1:9-12) Consideremos algumas das “ciladas” de Satanás e como nos podemos proteger contra elas. — Efésios 6:11, NVI.

Esteja atento para não ser enganado pelos apóstatas

6, 7. (a) Que afirmação os apóstatas talvez façam? (b) Como as Escrituras mostram claramente o que os apóstatas querem?

6 Por muito tempo Satanás tem usado apóstatas nos seus esforços de seduzir os servos de Deus. (Mateus 13:36-39) Os apóstatas podem afirmar que adoram a Jeová e que crêem na Bíblia, mas rejeitam a parte visível da organização dele. Alguns até mesmo voltam a aceitar as doutrinas de “Babilônia, a Grande”, o império mundial da religião falsa, que desonram a Deus. (Revelação 17:5; 2 Pedro 2:19-22) Os escritores da Bíblia, sob inspiração divina, usaram palavras fortes para expor as intenções e os métodos dos apóstatas.

7 O que querem os apóstatas? Muitos não se contentam em apenas abandonar a fé que antes talvez considerassem verdadeira. Freqüentemente, querem levar outros com eles. Em vez de fazer os seus próprios discípulos, muitos apóstatas procuram “atrair a si os discípulos [de Cristo]”. (Atos 20:29, 30) Paulo fez essa advertência urgente a respeito de falsos instrutores: “Acautelai-vos: talvez haja alguém que vos leve embora como presa sua.” (Colossenses 2:8) Não é isso o que muitos apóstatas procuram fazer? Assim como um seqüestrador leva uma vítima incauta para longe da família, os apóstatas atacam membros ingênuos da congregação, procurando afastá-los do rebanho.

8. Que métodos os apóstatas usam para alcançar seus objetivos?

8 Que métodos os apóstatas usam para alcançar seus objetivos? Eles muitas vezes recorrem a distorções, a meias-verdades e a flagrantes falsidades. Jesus sabia que seus seguidores seriam vítimas de pessoas que diriam “todo tipo de calúnia contra” eles. (Mateus 5:11, NVI) Esses opositores maliciosos usariam mentiras para enganar outros. O apóstolo Pedro nos previne contra os apóstatas que usariam “palavras simuladas”, divulgariam “ensinos enganosos” e ‘deturpariam as Escrituras’  para alcançar seus objetivos. (2 Pedro 2:3, 13; 3:16) Lamentavelmente, os apóstatas estão “subvertendo a fé que alguns têm”. — 2 Timóteo 2:18.

9, 10. (a) Como podemos nos proteger para não sermos enganados por apóstatas? (b) Por que não ficamos perturbados quando nosso entendimento do propósito de Deus precisa ser reajustado?

9 Como podemos nos proteger para não sermos enganados por apóstatas? Por acatarmos o conselho da Palavra de Deus, que diz: “Exorto-vos  . . . que fiqueis de olho nos que causam divisões e motivos para tropeço contra o ensino que aprendestes, e que os eviteis.” (Romanos 16:17) Nós ‘os evitamos’ por rejeitar seus raciocínios — quer sejam apresentados pessoalmente, em forma impressa quer na internet. Por que adotamos essa atitude? Primeiro, porque a Palavra de Deus nos orienta a fazer isso, e confiamos que Jeová sempre pensa no que é melhor para nós. — Isaías 48:17, 18.

10 Segundo, amamos a organização que nos ensinou as verdades preciosas que nos separam tão claramente de Babilônia, a Grande. Ao mesmo tempo, reconhecemos que o conhecimento que temos do propósito de Deus não é perfeito; nosso entendimento teve reajustes no decorrer dos anos. Os cristãos leais estão contentes de esperar em Jeová para receber tais aprimoramentos. (Provérbios 4:18) No ínterim, não abandonaremos a organização que Deus tem o prazer de usar, pois notamos a evidência da sua bênção sobre ela. — Atos 6:7; 1 Coríntios 3:6.

Tome cuidado para não se iludir

11. Por que os humanos imperfeitos têm a tendência de se iludir?

11 Os humanos imperfeitos têm um defeito que Satanás está sempre atento para explorar — a tendência de se iludir. “O coração é mais traiçoeiro do que qualquer outra coisa e está desesperado”, diz Jeremias 17:9. E Tiago escreveu: “Cada um é provado por ser provocado e engodado pelo seu próprio desejo.” (Tiago 1:14) Se o coração for engodado, ele pode nos fazer pensar no pecado vez após vez, atiçando o desejo e fazendo com que o pecado pareça atraente e inofensivo. Engana-se quem encara o pecado dessa maneira, pois entregar-se a ele por fim leva à ruína. — Romanos 8:6.

12. Como os que se iludem podem facilmente ser enlaçados?

12 Os que se iludem podem facilmente ser enlaçados. O coração traiçoeiro talvez tente  justificar uma séria falha de personalidade ou invente pretextos para um grave pecado. (1 Samuel 15:13-15, 20, 21) Nosso coração desesperado talvez também procure modos de justificar uma conduta questionável. Por exemplo, considere o caso da diversão. Algumas formas de entretenimento são benéficas e agradáveis. No entanto, grande parte do que o mundo oferece — em filmes e programas de televisão e na internet — é obscena e imoral. É fácil nos convencermos de que podemos ver diversões sórdidas sem nos prejudicar. Alguns até mesmo argumentam: “Isso não incomoda minha consciência, então, o que há de errado?” Mas alguém assim ‘engana-se com falsos raciocínios’. — Tiago 1:22.

13, 14. (a) Que exemplo bíblico mostra que a nossa consciência nem sempre é um guia seguro? (b) Como podemos evitar nos iludir?

13 Como podemos tomar cuidado para não nos iludirmos? Para começar, temos de nos lembrar de que a consciência humana nem sempre é confiável. Considere o caso do apóstolo Paulo. Antes de se tornar cristão, ele perseguia  os seguidores de Cristo. (Atos 9:1, 2) Talvez a sua consciência nem o incomodasse naquele tempo. É óbvio, porém, que ela tinha sido mal orientada. “Eu era ignorante e agi com falta de fé”, disse Paulo. (1 Timóteo 1:13) Portanto, o mero fato de que um determinado tipo de entretenimento não perturba a nossa consciência não é garantia de que a nossa decisão seja a certa. Somente uma consciência saudável, devidamente treinada pela Palavra de Deus, pode ser um guia seguro.

14 Para não nos iludirmos, precisamos ter em mente algumas sugestões úteis. Faça uma análise de si mesmo com oração. (Salmo 26:2; 2 Coríntios 13:5) Uma auto-análise honesta pode abrir-lhe os olhos para perceber a necessidade de fazer algumas mudanças no seu modo de pensar ou de agir. Escute outros. (Tiago 1:19) Visto que uma auto-análise tende a ser subjetiva, é sábio prestar atenção às palavras honestas de concristãos maduros. Se você descobrir que toma decisões ou age duma forma que outros, concrentes experientes, acham questionável, poderá perguntar-se: ‘Será que a minha consciência não foi devidamente treinada, ou que o meu coração está me enganando?’ Nutra-se regularmente com a Bíblia e com as publicações bíblicas. (Salmo 1:2) Isso o ajudará a manter seus pensamentos, suas atitudes e seus sentimentos em harmonia com os princípios divinos.

Proteja-se contra as mentiras de Satanás

15, 16. (a) Que mentiras Satanás usa nos seus esforços de nos enganar? (b) Como podemos evitar ser enganados por tais mentiras?

15 Satanás usa diversas mentiras nos seus esforços de nos enganar. Ele procura convencer-nos de que os bens materiais dão felicidade e satisfação, no entanto, muitas vezes acontece o contrário. (Eclesiastes 5:10-12) Ele quer nos fazer acreditar que este mundo perverso vai continuar para sempre, embora as evidências de que vivemos “nos últimos dias” sejam claras. (2 Timóteo 3:1-5) Satanás promove a idéia de que uma vida imoral não é prejudicial, embora os que levam uma vida na busca de prazeres muitas vezes colham conseqüências amargas. (Gálatas 6:7) Como podemos evitar ser enganados por tais mentiras?

16 Tire proveito de exemplos bíblicos. A Bíblia contém exemplos que servem de aviso para nós, de pessoas que foram enganadas pelas mentiras de Satanás. Elas amavam coisas materiais, perderam de vista o significado dos tempos em que viviam ou se entregaram à imoralidade — tudo com péssimos resultados. (Mateus 19:16-22; 24:36-42; Lucas 16:14; 1 Coríntios 10:8-11) Aprenda de exemplos modernos. De vez em quando, alguns cristãos infelizmente perdem o senso de urgência e passam a achar que estão perdendo algo de bom por servirem a Deus. Talvez abandonem a verdade para se entregarem a uma vida de supostos prazeres. No entanto, tais pessoas estão “em terreno escorregadio”, porque mais cedo ou mais tarde sofrerão as conseqüências da sua conduta ímpia. (Salmo 73:18, 19) É sábio aprendermos dos enganos de outros. — Provérbios 22:3.

17. Por que Satanás promove a mentira de que Jeová não nos ama, nem nos dá valor?

17 Há ainda outra mentira que Satanás tem usado eficazmente — que Jeová não nos ama, nem nos dá valor. Satanás teve milhares de anos para estudar os humanos imperfeitos. Ele sabe muito bem que o desânimo pode enfraquecer-nos. (Provérbios 24:10) Por isso ele promove a mentira de que nós não valemos nada aos olhos de Deus. Se formos “derrubados” e ficarmos convencidos de que Jeová não se importa conosco, podemos ficar tentados a desistir. (2 Coríntios 4:9) Isso é exatamente o que o grande Enganador quer! Então, como podemos precaver-nos contra ser enganados por essa mentira satânica?

18. Como a Bíblia nos assegura que Jeová nos ama?

18 Medite no que a Bíblia diz sobre o amor que Deus tem por nós. A Palavra de Deus  usa algumas vívidas e comoventes figuras de linguagem como garantia de que Jeová nos dá atenção e nos ama como pessoas. Ele coloca as lágrimas que você derrama no “odre” dele, o que significa que vê e se lembra das lágrimas que você derrama na luta para continuar a ser fiel. (Salmo 56:8) Ele sabe quando você está com “coração quebrantado”, e está perto de você nessas horas. (Salmo 34:18) Sabe cada pormenor a seu respeito, inclusive o número dos ‘próprios cabelos da sua cabeça’. (Mateus 10:29-31) Acima de tudo, Deus “deu o seu Filho unigênito” a seu favor. (João 3:16; Gálatas 2:20) Ocasionalmente, talvez ache difícil acreditar que tais textos se aplicam a você. No entanto, temos de confiar na palavra de Jeová. Ele quer que acreditemos que ele nos ama, não só como grupo, mas como indivíduo.

19, 20. (a) Por que é importante que reconheça e rejeite a mentira satânica de que Jeová não o ama? (b) Como um superintendente viajante tem ajudado pessoas desanimadas?

19 Reconheça e rejeite mentiras. Se você souber que alguém está mentindo, poderá proteger-se para não ser enganado. Assim, também, saber que Satanás quer que você acredite na mentira de que Jeová não o ama já pode ser de grande ajuda. Motivada por um artigo na revista A Sentinela, uma cristã disse: “Nunca tinha me ocorrido que Satanás procura usar meus sentimentos para me desanimar. Saber disso me deu a motivação para combater esses sentimentos.”

20 Considere o exemplo de um superintendente viajante num país sul-americano. Ao fazer visitas de pastoreio a concrentes desanimados, ele costuma lhes perguntar: ‘Crê na Trindade?’ A pessoa desanimada normalmente responde: ‘Claro que não’, sabendo que esta é uma das mentiras de Satanás. O ancião viajante então pergunta: ‘Crê num inferno de fogo?’ Novamente vem a resposta: ‘Claro que não!’ Em seguida, o ancião viajante lhes diz que há outra mentira satânica que não costuma ser reconhecida como tal. Chama a atenção deles para a página 248, parágrafo 21, do livro Achegue-se a Jeová, * que expõe a mentira de que Jeová não nos ama em base pessoal. O superintendente viajante relata que os resultados de ajudar pessoas desanimadas a reconhecer e a rejeitar essa mentira satânica têm sido muito positivos.

Proteja-se contra o engano

21, 22. Por que não estamos desprevenidos contra as táticas enganosas de Satanás, e o que devemos estar decididos a fazer?

21 Durante esta parte final dos últimos dias, é de esperar que Satanás continue a lançar uma avalanche de mentiras e enganos. Graças a Jeová, ele não nos deixou desprevenidos contra as táticas enganosas de Satanás. A Bíblia e as publicações bíblicas do “escravo fiel e discreto” expõem claramente os métodos ímpios do Diabo. (Mateus 24:45) Visto que conhecemos bem seus planos, ficamos prevenidos para o que possa vir. — 2 Coríntios 2:11.

22 Portanto, continuemos a proteger-nos contra os raciocínios dos apóstatas. Estejamos decididos a evitar o perigo sutil de enganar a nós mesmos. E reconheçamos e rejeitemos todas as mentiras de Satanás. Por fazermos isso, protegeremos nosso relacionamento com o “Deus da verdade”, que detesta o engano. — Salmo 31:5; Provérbios 3:32.

[Nota(s) de rodapé]

^ parágrafo 5 A respeito da forma do verbo traduzido “está desencaminhando”, em Revelação 12:9, certa obra de referências diz que ele “indica uma ação contínua que se tornou parte intrínseca do caráter”.

^ parágrafo 20 Publicado pelas Testemunhas de Jeová.

Lembra-se?

• Por que há tanto engano no mundo atual?

• Como podemos proteger-nos contra sermos enganados por apóstatas?

• Como podemos prevenir-nos contra a tendência de nos iludir?

• Como podemos evitar ser enganados por mentiras satânicas?

[Perguntas de Estudo]

[Foto na página 17]

Não se deixe enganar pelas diversões

[Foto na página 18]

Para não se iludir, analise a si mesmo com oração, escute outros e nutra-se regularmente com a Palavra de Deus