Pular para conteúdo

Pular para sumário

Perguntas dos Leitores

Perguntas dos Leitores

 Perguntas dos Leitores

Como devem os cristãos considerar o uso de pedras da sorte?

Em algumas culturas, as pedras da sorte são associadas com o mês do nascimento da pessoa (birthstone, em inglês). Se o cristão usará ou não um anel com determinada pedra preciosa ou semipreciosa é um assunto de decisão pessoal. (Gálatas 6:5) Mas, ao decidir esse assunto, é preciso considerar vários fatores significativos.

A Encyclopaedia Britannica menciona que a birthstone é uma “pedra preciosa ou semipreciosa associada com a data de nascimento da pessoa, e que é comum a crença de que seu uso traz boa sorte ou saúde”. Essa enciclopédia acrescenta: “Já por muito tempo, os astrólogos têm atribuído poderes sobrenaturais a certas pedras.”

Especialmente na antiguidade, muitos acreditavam que usar uma pedra associada com o mês do seu nascimento dava sorte. Será que o verdadeiro cristão acredita nisso? De forma alguma, pois ele sabe que Jeová condenou os que o abandonaram e confiaram no “deus da Boa Sorte”. — Isaías 65:11.

Na Idade Média, os adivinhos elegeram uma pedra para cada mês do ano. Incentivavam as pessoas a usar a pedra do mês do seu nascimento, supostamente para proteger contra danos aquele que a usasse. No entanto, para os cristãos seria errado seguirem as orientações de pessoas desse tipo, pois a Bíblia condena isso. — Deuteronômio 18:9-12.

Também seria impróprio os cristãos atribuírem significado especial a um anel com a pedra do mês do seu nascimento. As Testemunhas de Jeová não comemoram aniversários natalícios. Isso se dá porque essas comemorações destacam muito a pessoa, e as únicas datas de nascimento registradas na Bíblia são as de governantes que não serviram a Deus. — Gênesis 40:20; Mateus 14:6-10.

Algumas pessoas acham que o uso dum anel com uma pedra do tipo mencionado exerce uma boa influência sobre a personalidade de quem o usa. No entanto, os verdadeiros cristãos não acreditam nisso, pois sabem que o que influencia a formação da “nova personalidade” é o espírito santo de Deus e a aplicação dos princípios bíblicos. — Efésios 4:22-24.

Um fator muito importante a se analisar é a motivação. Ao decidir se deve ou não usar um anel com uma pedra associada à data do seu nascimento, o cristão pode perguntar-se: “Quero usar esse anel só porque a pedra me agrada, embora ela também seja considerada pedra da sorte, ou deixei-me influenciar pelas idéias supersticiosas que certas pessoas atribuíram a pedras deste tipo?”

O cristão deve examinar seu coração para ver a sua motivação. “Mais do que qualquer outra coisa a ser guardada”, dizem as Escrituras, “resguarda teu coração, pois dele procedem as fontes da vida”. (Provérbios 4:23) Ao decidir por si mesmo se deve ou não usar uma pedra relacionada com a data do seu nascimento, cada cristão deve analisar bem a sua motivação, e os possíveis efeitos dos seus atos sobre ele mesmo e sobre outros. — Romanos 14:13.