Pular para conteúdo

Pular para sumário

Você preza os concrentes idosos?

Você preza os concrentes idosos?

 Você preza os concrentes idosos?

QUANDO o antigo povo de Israel estava numa relação pactuada com Deus, ordenou-se-lhe: “Deves levantar-te diante do cabelo grisalho e tens de mostrar consideração para com a pessoa dum homem idoso, e tens de ter temor de teu Deus.” (Levítico 19:32) De modo que o respeito pelos idosos era um dever sagrado, relacionado com a sujeição a Deus. Embora os cristãos hoje não estejam mais sob a Lei mosaica, isso nos lembra que Jeová considera valiosos e preciosos os idosos que o servem. (Provérbios 16:31; Hebreus 7:18) Compartilhamos o conceito de Jeová? Prezamos nossos irmãos e irmãs cristãos idosos?

Ele prezava o seu amigo idoso

Um relato bíblico que destaca o respeito pelos idosos se encontra no livro Segundo dos Reis. O relato contém uma descrição de como o profeta Elias foi sucedido pelo jovem profeta Eliseu. Considere o que aconteceu com Elias no seu último dia como profeta no reino das dez tribos de Israel.

Naquele dia, Jeová determinou que o idoso profeta viajasse de Gilgal para Betel, de Betel para Jericó, e de Jericó para o rio Jordão. (2 Reis 2:1, 2, 4, 6) Durante a viagem de cerca de 50 quilômetros, Elias exortou três vezes a Eliseu que não o acompanhasse mais. No entanto, assim como Rute, séculos antes, negou-se firmemente a deixar Noemi, Eliseu se negou a deixar o profeta idoso. (Rute 1:16, 17) Eliseu declarou três vezes: “Por Jeová que vive e por tua alma que vive, não te deixarei.” (2 Reis 2:2, 4, 6) Naquela ocasião, Eliseu já havia ajudado Elias por uns seis anos. No entanto, queria servir com Elias o maior tempo possível. De fato, o relato acrescenta: “Aconteceu que, seguindo eles andando, falando ao andarem, ora, . . . Elias foi subindo.” (Versículo 11) Elias e Eliseu conversaram até o último momento do ministério de Elias em Israel. Pelo visto, o profeta mais jovem estava ansioso de assimilar do profeta mais idoso e mais experiente toda a instrução e encorajamento que pudesse. É evidente que prezava seu amigo idoso.

‘Como pais e mães’

Não é difícil compreender por que Eliseu amava o profeta idoso como amigo — até mesmo como pai espiritual. (2 Reis 2:12) Pouco antes de encerrar a sua designação em Israel,  Elias disse a Eliseu: “Pede o que devo fazer por ti antes de eu te ser tirado.” (Versículo 9) De modo que, até o fim, Elias mostrou preocupação com o bem-estar espiritual do seu sucessor e com a continuação da obra de Deus.

Hoje em dia, é animador notar que nossos irmãos e irmãs cristãos mais idosos têm a mesma preocupação paternal e maternal ao compartilharem livremente seu conhecimento e sua sabedoria com os mais jovens. Por exemplo, voluntários que servem há muitos anos nos escritórios administrativos das Testemunhas de Jeová ajudam voluntariamente os novos membros da família de Betel a obter as habilidades necessárias para executarem o seu serviço. Do mesmo modo, os superintendentes viajantes e suas esposas, que por muitos anos têm visitado congregações, compartilham de bom grado sua abundante experiência com os que estão sendo treinados para servir como ministros viajantes. Além disso, nas congregações das Testemunhas de Jeová, em todo o globo, há irmãos e irmãs idosos que por décadas servem fielmente a Jeová e que de bom grado compartilham sua sabedoria prática e experiência com os novos membros da congregação. — Provérbios 2:7; Filipenses 3:17; Tito 2:3-5.

A profunda preocupação demonstrada por esses queridos cristãos idosos faz com que seja um verdadeiro prazer mostrar-lhes respeito. Por isso, queremos imitar o exemplo de Eliseu e demonstrar profundo apreço por concrentes idosos. Conforme nos lembra o apóstolo Paulo, continuemos a tratar “um ancião . . . como a um pai” e “as mulheres mais idosas, como a mães”. (1 Timóteo 5:1, 2) Agindo assim, contribuiremos muito para o bom funcionamento e o progresso da congregação cristã em todo o mundo.

[Foto na página 30]

Eliseu queria servir com Elias o maior tempo possível

[Fotos na página 31]

Os mais jovens são muito beneficiados pelos cristãos idosos