Pular para conteúdo

Pular para sumário

Antes e depois — sua vida mudou completamente

Antes e depois — sua vida mudou completamente

 “Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós”

Antes e depois — sua vida mudou completamente

A VIDA de Matsepang era triste e sem sentido. Quando menina, ela morava em Lesoto, um país na parte central da África do Sul. Foi criada como católica. No entanto, em vez de ser ajudada a se achegar a Deus, durante anos ela foi abusada por freiras que lhe davam dinheiro para induzi-la a atos imorais.

Em resultado disso, Matsepang ficou desiludida com a religião e não conseguia aceitar a crença num Criador amoroso, que se importa genuinamente com a criação humana. Por causa da negligência e dos abusos que sofrera, Matsepang tinha profundas feridas emocionais e sentimentos de completa inutilidade. Tornou-se muito violenta e agressiva. Isso a levou a um comportamento criminoso.

Com o tempo, Matsepang passou a fazer parte duma gangue que roubava pessoas nos trens. Ela foi presa e sentenciada à prisão na África do Sul. Mais tarde, foi deportada para a sua pátria, Lesoto, onde continuou a levar uma vida de crime, bebedice, violência e imoralidade.

Sentindo-se muito deprimida, Matsepang orou desesperadamente a Deus, pedindo ajuda. Prometeu: “Deus, se eu sobreviver, farei tudo o que puder para servi-lo.”

Pouco depois, Matsepang foi contatada por missionárias que eram Testemunhas de Jeová. Elas ofereceram-se para estudar a Bíblia com ela. À base do seu estudo, passou a dar-se conta de que Deus não é indiferente, nem insensível. Ela discerniu que Satanás, “o pai da mentira”, usa táticas espertas e enganosas para incutir em alguns o sentimento de que não valem nada e para fazê-los crer que Jeová nunca poderia amá-los. — João 8:44; Efésios 6:11.

Como foi consolador para Matsepang saber que as pessoas podem recuperar a auto-estima quando se arrependem dos seus pecados, procuram obter o perdão de Deus e se esforçam a agradá-lo! Ela foi ajudada a compreender que “Deus é maior do que os nossos corações” e nos vê de uma forma que talvez seja bem diferente de como nos vemos. — 1 João 3:19, 20.

Matsepang ficou emocionada ao ler as seguintes palavras do salmista Davi: “Perto está Jeová dos que têm coração quebrantado; e salva os que têm espírito esmagado.” (Salmo 34:18) Como alguém que ‘tinha espírito esmagado’, ela percebeu que Jeová não abandona os seus servos, mesmo que  alguns deles fiquem deprimidos ou se achem insignificantes. Animou-lhe o coração saber que Deus se importa com todas as suas ovelhas e as ampara em tempos difíceis. (Salmo 55:22; 1 Pedro 5:6, 7) Ela ficou especialmente comovida pelas palavras: “Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós.” — Tiago 4:8.

O poder da Palavra de Deus, a Bíblia, logo se evidenciou na vida de Matsepang. Ela começou a assistir regularmente às reuniões cristãs e abandonou suas práticas antibíblicas. Com que resultado? Ela não se sente mais indigna do amor e do favor de Deus. Desde o seu batismo como Testemunha de Jeová, já gastou milhares de horas no ministério cristão como proclamadora das boas novas do Reino. Apesar das feridas do passado, Matsepang leva agora uma vida feliz e significativa. Que demonstração do poder da Bíblia em melhorar a vida das pessoas! — Hebreus 4:12.

[Destaque na página 9]

“Deus, se eu sobreviver, farei tudo o que puder para servi-lo”

[Quadro na página 9]

Os princípios bíblicos em ação

Princípios bíblicos que têm consolado vítimas de maus-tratos incluem os seguintes:

“Quando os meus pensamentos inquietantes se tornaram muitos no meu íntimo, tuas próprias consolações [as de Deus] começaram a afagar a minha alma.” (Salmo 94:19) As “consolações” de Jeová, encontradas na sua Palavra, são motivo de grande consolo. Refletir nelas durante a meditação e a oração ajuda a afastar pensamentos inquietantes e aumenta a confiança em Deus como Amigo compreensivo.

“[Jeová] está sarando os quebrantados de coração e está pensando seus pontos doloridos.” (Salmo 147:3) Se apreciarmos a misericórdia de Jeová e sua provisão para cobrir nossos pecados por meio do sacrifício resgatador de Jesus, poderemos dirigir-nos a Deus com confiança, sem nos sentirmos condenados no coração. Isso pode dar consolo e paz mental incomparáveis.

“Ninguém pode vir a mim [Jesus Cristo], a menos que o Pai, que me enviou, o atraia; e eu o ressuscitarei no último dia.” (João 6:44) Jeová, por meio do seu espírito santo e da pregação do Reino, atrai-nos pessoalmente ao seu Filho e nos dá a esperança de vida eterna.