Pular para conteúdo

Pular para sumário

As deficiências físicas não respeitam fronteiras

As deficiências físicas não respeitam fronteiras

 As deficiências físicas não respeitam fronteiras

CHRISTIAN, que mora num país africano, foi seqüestrado por soldados que procuraram obrigá-lo a ingressar no exército, mas ele se negou a isso por causa da sua consciência treinada pela Bíblia. Os soldados o levaram então a um acampamento militar onde, depois de o espancarem por quatro dias, um deles deu-lhe um tiro na perna. Christian conseguiu chegar ao hospital, mas teve a perna amputada abaixo do joelho. Em outro país africano, até mesmo crianças pequenas tiveram membros do corpo decepados por rebeldes armados. E do Camboja aos Bálcãs, do Afeganistão a Angola, minas terrestres continuam a mutilar e a aleijar indiscriminadamente tanto jovens como idosos.

O que também causa vítimas são acidentes, bem como doenças tais como o diabetes. Até mesmo toxinas no ambiente podem causar deficiências. Em bairros vizinhos duma cidade da Europa Oriental, por exemplo, nasceram diversas crianças com apenas um antebraço. Elas têm apenas parte do antebraço. A evidência indica dano genético causado por poluição química. Inúmeras outras pessoas, embora tenham todos os membros do corpo, são inválidas devido à paralisia ou a outros padecimentos. Deveras, as deficiências físicas não têm limite.

Não importa qual seja a causa, as deficiências físicas podem ser devastadoras. Júnior perdeu a parte inferior da perna esquerda à idade de 20 anos. Mais tarde, ele disse: “Tive muitos problemas emocionais. Chorava muito por nunca mais poder ter a minha perna. Não sabia o que fazer. Fiquei confuso.” Com o tempo, porém, a atitude de Júnior mudou notavelmente. Começou a estudar a Bíblia e a aprender coisas que não só o ajudaram a lidar com a situação, mas também lhe deram a maravilhosa esperança dum futuro feliz aqui mesmo na Terra. Se você for deficiente físico, gostaria de ter tal esperança?

Em caso afirmativo, queira ler o próximo artigo. Recomendamos que verifique os textos bíblicos na sua própria Bíblia, para ver por si mesmo o que o Criador tem reservado para os que aprendem o propósito dele e harmonizam a vida com ele.