Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Despertai!  |  Fevereiro de 2014

 MATÉRIA DE CAPA

Como aproveitar bem seu tempo

Como aproveitar bem seu tempo

“Como eu queria ter mais tempo!” Quantas vezes você já disse isso? De certo modo, o tempo iguala as pessoas — os ricos e poderosos têm a mesma quantidade de tempo que os pobres e humildes. Além disso, nem o rico nem o pobre podem acumular tempo. O tempo que passou não volta mais. Então seria sábio fazer bom uso do tempo que temos. Como? Vejamos quatro estratégias que têm ajudado muitas pessoas a aproveitar bem seu tempo.

Estratégia 1: Seja organizado

Defina suas prioridades. A Bíblia aconselha: “Que vos certifiqueis das coisas mais importantes.” (Filipenses 1:10) Faça uma lista do que você precisa fazer e determine se uma tarefa é importante, urgente, ou ambas. Lembre-se de que algo pode ser importante, por exemplo, fazer compras no supermercado, mas nem sempre é urgente. E o que talvez pareça ser urgente, por exemplo, assistir a seu programa de televisão favorito que está começando, pode não ser importante. *

Planeje-se. Eclesiastes 10:10 diz: “Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força; agir com sabedoria assegura o sucesso.” (Nova Versão Internacional) O que isso significa? Assim como um lenhador vai perder menos tempo se afiar seu machado, você vai conseguir usar melhor seu tempo se planejar suas atividades antes de começá-las. Deixe para depois ou descarte as tarefas não essenciais, que só servem para consumir seu tempo e energia. Se sobrar algum tempo depois de completar uma tarefa, aproveite esse tempo para adiantar outra. Quando você se planeja, sua produtividade aumenta.

Simplifique sua vida. Saiba dizer “não” às coisas que não são importantes ou que só consomem tempo. Ter atividades e compromissos demais pode sobrecarregá-lo e tirar sua alegria.

 Estratégia 2: Fuja dos “ladrões” de tempo

Indecisão e hábito de adiar as coisas. “Quem vigiar o vento, não semeará; e quem olhar para as nuvens, não ceifará.” (Eclesiastes 11:4) O que isso quer dizer? O hábito de adiar as coisas rouba tempo e produtividade. Um lavrador que espera pelas condições perfeitas para plantar pode acabar não semeando nem colhendo. Da mesma forma, se não tivermos cuidado, podemos acabar permitindo que o medo das incertezas da vida nos transforme em pessoas indecisas. Ou talvez achemos que uma decisão só pode ser tomada se tivermos todos os detalhes sobre um assunto. É claro que, antes de tomarmos uma decisão importante, precisamos examinar bem o assunto. Provérbios 14:15 diz: “O argucioso [ou inteligente] considera os seus passos.” Mas, na realidade, toda decisão envolve alguma incerteza. — Eclesiastes 11:6.

Perfeccionismo. Tiago 3:17 diz: “A sabedoria de cima [ou seja, de Deus] é . . . razoável.” É elogiável que alguém queira dar seu melhor. Mas quando fixamos padrões muito altos, podemos ficar desapontados e até mesmo fracassar. Por exemplo, uma pessoa que está aprendendo outro idioma precisa entender que vai cometer erros e que vai aprender desses erros. Por outro lado, um perfeccionista pode morrer de medo de falar algo do jeito errado — uma atitude que vai prejudicar seu progresso. É muito melhor sermos modestos e termos expectativas razoáveis. Provérbios 11:2 diz: “A sabedoria está com os modestos.” Os modestos e humildes não se levam a sério demais nem têm medo de rir de seus erros.

“Na verdade, você não paga as coisas com dinheiro, você as paga com tempo.” — A Arte de Crescer

 Estratégia 3: Seja equilibrado e realista

Equilibre trabalho e recreação. “Melhor é um punhado de descanso do que um punhado duplo de trabalho árduo e um esforço para alcançar o vento.” (Eclesiastes 4:6) Quem é viciado em trabalho geralmente não aproveita o resultado do seu “punhado duplo de trabalho árduo” porque não tem tempo ou energia para isso. Mas o preguiçoso escolhe um “punhado duplo” de descanso e desperdiça tempo precioso. A Bíblia nos incentiva a ter equilíbrio: trabalhe bem e aproveite o resultado de seu trabalho. Fazer isso é um presente de Deus. — Eclesiastes 5:19.

Durma o suficiente. A Bíblia diz: “Vou tanto deitar-me como dormir em paz.” (Salmo 4:8) A maioria dos adultos precisa dormir cerca de oito horas por dia para estar bem em sentido físico e emocional. O sono também nos beneficia em sentido cognitivo, porque ajuda na concentração, na memorização e no aprendizado. Por isso, dormir é uma forma de usar bem o tempo. Não dormir o suficiente dificulta o aprendizado e torna a pessoa propensa a erros, a acidentes e a se irritar com facilidade.

Defina objetivos realistas. “Melhor é contentar-se com o que os olhos veem do que sonhar com o que se deseja.” (Eclesiastes 6:9, NVI) O que isso nos ensina? Uma pessoa sábia não permite que desejos ou sonhos controlem sua vida, principalmente os irrealistas ou os impossíveis de alcançar. Assim, ela não se deixa seduzir pela propaganda enganosa nem pelo crédito fácil. Em vez disso, ela aprende a se contentar com o que realmente está a seu alcance — “o que [seus] olhos veem”.

 Estratégia 4: Seja guiado pelos valores certos

Analise seus valores. Seus valores podem ajudar você a avaliar o que é bom, o que é importante e o que vale a pena. Se sua vida fosse uma flecha, então seus valores apontariam para onde essa flecha deve ir. Por isso, ter bons valores pode ajudar você a definir as prioridades certas na vida e a usar melhor seu tempo. Onde você pode encontrar esses valores? Muitas pessoas têm consultado a Bíblia, pois reconhecem que ela é fonte de grande sabedoria. — Provérbios 2:6, 7.

Coloque o amor em primeiro lugar. O amor “é o perfeito vínculo de união”, diz Colossenses 3:14. Sem amor, é impossível ser feliz e se sentir emocionalmente bem, em especial na vida familiar. Quem ignora esse fato, talvez por colocar a carreira ou o dinheiro em primeiro lugar, está investindo em sua própria infelicidade. Sem dúvida, existe uma boa razão para a Bíblia mencionar centenas de vezes que o amor é o valor mais importante na vida. — 1 Coríntios 13:1-3; 1 João 4:8.

Reserve tempo para conhecer melhor a Deus. Geoff tinha uma esposa que o amava, dois filhos maravilhosos, bons amigos e gostava muito de seu trabalho como paramédico. Mas, por causa de sua profissão, ele muitas vezes se deparava com sofrimento e morte. Ele se perguntava: “É assim que a vida deveria ser?” Certo dia, ele leu algumas publicações bíblicas das Testemunhas de Jeová que responderam sua pergunta.

Geoff falou sobre o que estava aprendendo a sua esposa e filhos. Eles também ficaram interessados, e a família toda começou a estudar a Bíblia. Esse conhecimento enriqueceu sua vida, e agora eles usam seu tempo para o que é realmente importante. Por estudarem a Bíblia, agora eles têm a maravilhosa esperança de vida eterna num mundo livre de futilidades e sofrimentos. — Revelação (Apocalipse) 21:3, 4.

A experiência de Geoff nos faz lembrar as palavras de Jesus Cristo: “Felizes os cônscios de sua necessidade espiritual.” (Mateus 5:3) Que tal reservar um pouco de seu tempo para conhecer melhor a Deus? Isso, com certeza, lhe dará a sabedoria necessária para aproveitar bem, não apenas seu dia, mas também sua vida.

^ parágrafo 5 Veja “20 modos de criar mais tempo”, na Despertai! de abril de 2010.