Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Despertai!  |  Novembro de 2013

Os desafios da menopausa

Os desafios da menopausa

“De repente eu ficava muito triste sem nenhum motivo. Eu chorava e me perguntava se estava ficando louca.” — Rosana, * 50 anos.

“Você acorda de manhã e vê que sua casa está uma bagunça. Você não encontra nada. O que antes fazia com facilidade, agora parece difícil e você não sabe por quê.” — Helena, 55 anos.

ESSAS mulheres não estavam doentes. Estavam passando pela transição menopáusica, uma mudança natural na vida da mulher que indica o final da fertilidade. Se você é mulher, está perto dessa fase? Está passando por ela? Seja qual for sua situação, quanto mais você, seus amigos e parentes entenderem essa mudança, melhor enfrentarão os desafios da menopausa.

A transição menopáusica

A transição menopáusica, também chamada climatério, inclui o período que antecede a menopausa e a menopausa em si. * “Menopausa”, porém, é o termo usado popularmente para se referir a esses dois períodos.

A maioria das mulheres entra no climatério a partir dos 40 anos, mas já houve casos de isso acontecer só depois dos 60! Na maioria das vezes, a menstruação para aos poucos. Por causa da insuficiência de alguns hormônios, a menstruação da mulher pode ser irregular, excessiva ou fora de época. Poucas mulheres param de menstruar de um dia para o outro.

Os sintomas da menopausa variam de mulher para mulher. O livro Saúde da Mulher diz que os “mais comuns são os chamados fogachos e a sudorese, conhecidos como onda de calor”. “A mulher pode ter calafrios” logo em seguida, diz a obra de referência Ginecologia de Williams. Esses sintomas podem prejudicar o sono e esgotar as energias. Quanto tempo dura esse desconforto? De acordo com a mesma obra de referência, “85% das mulheres  que experimentam essa condição ainda continuam a experimentá-la por mais de um ano. Entre essas mulheres, de 25% a 50% têm fogacho durante cinco anos, e 15% experimentam essa condição por mais de 15 anos”. *

Por causa da variação hormonal, a mulher pode ter também períodos de depressão, mudanças bruscas de humor, crises de choro e dificuldades de concentração e memorização. Mas é tranquilizador saber que “dificilmente uma mulher vai sofrer todos esses sintomas”, conforme The Menopause Book (O Livro da Menopausa). Algumas mulheres dizem ter tido poucos ou nenhum desses problemas e desconfortos.

Como ter uma menopausa mais tranquila

Mudanças simples no seu estilo de vida podem reduzir alguns incômodos. Para diminuir o número de crises de calor é aconselhável adotar uma dieta saudável e variada, com pouca cafeína, açúcar e temperos fortes. Muitas mulheres também perceberam que foi de muita ajuda parar de fumar e diminuir ou eliminar completamente o álcool de sua dieta.

Atividades físicas também podem ajudar bastante a combater os sintomas da menopausa. Por exemplo, podem melhorar significativamente o humor, a qualidade do sono, a massa óssea e a saúde em geral. *

Não esconda o que você está sentindo

Rosana, já mencionada, diz: “Não há necessidade de sofrer em silêncio. Se você contar o que está sentindo a seus parentes e amigos, eles não ficarão tão preocupados quando perceberem algo diferente em você.” Talvez isso os ajude a serem mais pacientes e compreensivos. “Quem ama é paciente e bondoso”, diz 1 Coríntios 13:4. — Bíblia na Linguagem de Hoje.

A oração também tem ajudado muitas mulheres, incluindo aquelas que ficam tristes por causa do fim do período reprodutivo. “[Deus] nos consola quando estamos em dificuldades”, assegura a Bíblia. (2 Coríntios 1:4, Bíblia Fácil de Ler) Também é consolador saber que essa fase é temporária. Depois desse período, a mulher que continua a cuidar de sua saúde pode recuperar a energia e voltar a ter uma vida normal.

^ parágrafo 2 Os nomes foram mudados.

^ parágrafo 6 Os médicos consideram que uma mulher entra na menopausa 12 meses depois da última menstruação.

^ parágrafo 8 Alguns problemas de saúde, como doenças na tireoide e infecções, assim como alguns medicamentos, também podem causar ondas de calor. Por isso, descubra qual a causa desses sintomas antes de concluir precipitadamente que estão relacionados à menopausa.

^ parágrafo 12 Para tornar a menopausa mais tranquila, os médicos podem prescrever vários produtos, como hormônios, suplementos alimentares e antidepressivos. Despertai! não recomenda nenhum produto ou terapia específica.