Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Despertai!  |  Setembro de 2012

 Os Jovens Perguntam

O que posso esperar do casamento? — Parte 1

O que posso esperar do casamento? — Parte 1

“Quando estou com ele, me sinto nas nuvens! Não vejo a hora de nos casar!”

“Não temos quase nada em comum. Sinto que não fazemos nada mais do que morar debaixo do mesmo teto. Eu me sinto tão sozinha!”

COMO você deve ter imaginado, a primeira citação é de uma moça solteira; a segunda citação, de uma moça casada. Mas o que você talvez não saiba é que os dois comentários foram feitos pela mesma pessoa.

O que deu errado? Se você pensa em se casar algum dia, como pode evitar que um sonho romântico se transforme num casamento problemático?

Fato: Grande parte de sua felicidade no casamento dependerá do que você espera dele.

Este artigo — bem como “Os Jovens Perguntam” da Despertai! do próximo mês — ajudará você a não ter falsas expectativas.

 Sendo realista, o que você pode esperar do casamento? Resumindo:

  1. Espere benefícios
  2. Espere desafios
  3. Espere o inesperado

Vejamos cada um desses pontos em mais detalhes.

ESPERE BENEFÍCIOS

A Bíblia apresenta um conceito positivo do casamento. (Provérbios 18:22) Veja alguns benefícios.

Companheirismo. Algum tempo depois de ter criado Adão, o primeiro homem, Deus disse: “Não é bom que o homem continue só.” Daí, Ele criou Eva para ser companheira de Adão. (Gênesis 2:18) Deus criou os dois para serem diferentes — com qualidades únicas — e ao mesmo tempo compatíveis. Isso torna marido e esposa excelentes companheiros um do outro. — Provérbios 5:18.

Parceria. A Bíblia diz: “Valem mais dois juntos do que um sozinho, pois o esforço de dois consegue melhores resultados.” (Eclesiastes 4:9, Sociedade Bíblica Portuguesa) Isso com certeza se aplica ao casamento. “É tudo uma questão de colaboração, humildade e disposição de ceder de vez em quando”, diz Beatriz, * que se casou há pouco tempo.

Intimidade. A Bíblia diz: “O marido deve satisfazer as necessidades sexuais da esposa, e a esposa deve fazer o mesmo pelo marido.” (1 Coríntios 7:3, Common English Bible) Depois de casar, você poderá fazer sexo sem a ansiedade e o arrependimento que geralmente fazem parte das tristes consequências do sexo antes do casamento. — Provérbios 7:22, 23; 1 Coríntios 7:8, 9.

Conclusão: O casamento é um presente de Deus. (Tiago 1:17) Por obedecer aos princípios dele, você pode esperar que o casamento seja muito gratificante.

Pergunte-se: Tenho um conceito negativo do casamento por causa dos maus exemplos que tenho visto — talvez em minha própria família? Se tenho, que pessoas conheço que são bons exemplos para imitar?

 ESPERE DESAFIOS

A Bíblia apresenta um conceito realista sobre o casamento. (1 Coríntios 7:28) Seguem alguns desafios que você pode esperar.

Conflitos. Não existem dois humanos idênticos — exceto o fato de serem imperfeitos. (Romanos 3:23) Assim, um casal terá conflitos de vez em quando, por mais compatíveis que eles sejam. Às vezes, eles podem até dizer coisas desagradáveis das quais mais tarde se arrependerão. “Se alguém não peca no falar é uma pessoa perfeita”, diz a Bíblia. (Tiago 3:2, Bíblia Fácil de Ler) Em vez de tentarem o impossível, ou seja, evitar que surjam desentendimentos, casais felizes aprendem a conversar e resolver os problemas assim que surgem.

Decepções. “Somos bombardeados por filmes e seriados em que a moça encontra seu par ‘perfeito’ e eles vivem felizes para sempre”, comenta uma garota chamada Karen. Quando um casamento não corresponde a essas expectativas, o casal pode se sentir decepcionado. É claro que, depois do casamento, marido e mulher vão descobrir outras imperfeições e manias um do outro. O segredo é se lembrar de que o verdadeiro amor “persevera em todas as coisas” — até mesmo diante de decepções. — 1 Coríntios 13:4, 7.

Ansiedade. A Bíblia diz que alguém casado “está ansioso das coisas do mundo”. (1 Coríntios 7:33, 34) Essa ansiedade é normal e muitas vezes até apropriada. Por exemplo, você talvez ache difícil sustentar a casa. Pode ser que marido e mulher precisem trabalhar só para pagar despesas com alimentação, roupa e moradia. Mas tudo dá certo quando há colaboração entre os dois. — 1 Timóteo 5:8.

Conclusão: Se namorar é como soltar pipa, casar é como pilotar um avião. Você vai precisar de muito mais habilidade e esforço para lidar com os desafios turbulentos — mas você pode vencê-los.

Pergunte-se: Como você lida agora com os conflitos que tem com seus pais e irmãos? Consegue reagir bem às decepções? Como lida com as ansiedades?

NO PRÓXIMO ARTIGO DE “OS JOVENS PERGUNTAM” . . . Como os princípios bíblicos podem ajudá-lo a esperar o inesperado?

^ parágrafo 17 Alguns nomes neste artigo foram mudados.