Pular para conteúdo

Pular para sumário

O espírito santo é uma pessoa?

O espírito santo é uma pessoa?

 O Conceito da Bíblia

O espírito santo é uma pessoa?

O QUE é o espírito santo de Deus? Nas suas palavras iniciais, a Bíblia diz que o espírito santo — também traduzido por “força ativa de Deus” — ‘se movia por cima da superfície das águas’. (Gênesis 1:2) No relato sobre o batismo de Jesus, descreve-se Deus como estando nos “céus”, enquanto que o espírito santo ‘descia sobre Jesus como pomba’. (Mateus 3:16, 17) Além disso, Jesus se referiu ao espírito santo como um “ajudador”. — João 14:16.

Essas e outras passagens bíblicas levaram alguns a concluir que o espírito santo é uma pessoa, assim como Deus, Jesus e os anjos são pessoas espirituais. De fato, já por séculos, algumas das mais influentes religiões da cristandade têm personificado o espírito santo. Apesar de essa doutrina ser tão antiga, muitos membros das igrejas ainda ficam confusos, e alguns até mesmo discordam de seus líderes religiosos. Por exemplo, numa pesquisa recente, 61% dos entrevistados acreditavam que o espírito de Deus é “um símbolo da presença ou poder de Deus, mas não uma entidade viva”. No entanto, o que diz a Bíblia sobre isso?

O que a Bíblia diz

Um leitor sincero da Bíblia não pode deixar de concluir que o espírito santo difere das descrições oficiais das igrejas, que dizem que ele é uma pessoa. Considere os seguintes relatos bíblicos.

1. Quando Maria, a mãe de Jesus, visitou sua prima Elisabete, a Bíblia diz que a criança no ventre de Elisabete pulou, e “Elisabete ficou cheia de espírito santo”. (Lucas 1:41) É razoável imaginar que uma pessoa fique “cheia” de outra pessoa?

2. Quando João Batista falou a seus discípulos sobre Jesus como aquele que o iria suceder, João disse: “Eu, da minha parte, batizo-vos com água . . . , mas o que vem depois de mim é mais forte do que eu, não sendo eu nem apto para tirar-lhe as sandálias. Este vos batizará com espírito santo.” (Mateus 3:11) Dificilmente João estaria dizendo que o espírito santo era uma pessoa quando falou sobre Jesus batizar pessoas com esse espírito.

3. Quando visitou um oficial do exército romano e sua família, o apóstolo Pedro falou de Jesus como tendo sido ungido por Deus “com espírito santo e poder”. (Atos 10:38) Pouco tempo depois, “caiu o espírito santo sobre” a família desse oficial do exército. O relato diz que muitos ficaram maravilhados “porque a dádiva gratuita do espírito santo estava sendo derramada também sobre pessoas das nações”. (Atos 10:44, 45) Aqui, novamente, os termos usados não se harmonizam com a idéia de o espírito santo ser uma pessoa.

É comum a Palavra de Deus personificar coisas que não são pessoas. Entre essas estão a sabedoria, o discernimento, o pecado, a morte e a benignidade imerecida. (Provérbios 8:1-9:6; Romanos 5:14, 17, 21; 6:12) O próprio Jesus disse que “a sabedoria é provada justa por todos os seus filhos”, ou por seus bons resultados. (Lucas 7:35) É evidente que a sabedoria não é uma pessoa que tem filhos literais.  Da mesma forma, o espírito santo não é uma pessoa só porque em alguns casos ele é personificado.

O que é o espírito santo

Na Bíblia, o espírito santo de Deus é identificado como sendo o poder de Deus em ação. Por isso, uma tradução exata do texto hebraico da Bíblia menciona o espírito de Deus como “a força ativa de Deus”. (Gênesis 1:2) A Bíblia inteira apóia esse conceito de forma bem clara. — Miquéias 3:8; Lucas 1:35; Atos 10:38.

Ao contrário da crença popular, Deus não está presente em toda a parte ao mesmo tempo. Em vez disso, ele vive no domínio espiritual, num “lugar estabelecido de morada”, ou residência. (1 Reis 8:39; 2 Crônicas 6:39) As Escrituras também fazem referência ao lugar específico onde Deus mora e tem seu “trono”. (1 Reis 22:19; Isaías 6:1; Daniel 7:9; Revelação [Apocalipse] 4:1-3) No entanto, a partir desse “lugar estabelecido de morada”, ele pode usar sua força ativa para alcançar qualquer lugar, tanto no domínio espiritual como no domínio físico. — Salmo 139:7.

Em 1879, o erudito bíblico Charles L. Ives ilustrou apropriadamente a habilidade de Deus de exercer seu poder a partir de um lugar fixo. Ele escreveu: “Por exemplo, nós dizemos: ‘Abra as venezianas e deixe o sol entrar.’ Não estamos nos referindo ao Sol literal, físico, mas sim aos raios solares, ou seja, aquilo que procede do Sol.” De maneira similar, Deus não precisa ir aos lugares em que pretende usar sua força ativa. Ele simplesmente utiliza seu espírito santo, que pode alcançar as extremidades de sua criação. Encarar o espírito santo pelo que ele é — a poderosa força ativa de Deus — pode lhe dar a confiança que Jeová cumprirá suas promessas.

JÁ SE PERGUNTOU?

▪ Será que a Bíblia ensina que o espírito santo é uma pessoa? — Atos 10:44, 45.

▪ O que é o espírito santo? — Gênesis 1:2.

▪ Qual é o alcance do espírito santo de Deus? — Salmo 139:7.