Pular para conteúdo

Pular para sumário

Alegre-se com a esperança

Alegre-se com a esperança

 Alegre-se com a esperança

JOE estava muito doente, com câncer terminal. Sua esposa, Kirsten, e alguns amigos estavam conversando ao lado de sua cama. Kirsten olhou para seu marido e percebeu que lágrimas corriam no seu rosto. De início, ela pensou que Joe estivesse sentindo dor. Talvez estivesse, mas ele disse que as lágrimas, naquele momento, não eram por causa da dor.

Kirsten diz: “Naquela hora difícil, Joe estava rodeado de amigos achegados que vieram lhe fazer companhia. Além disso, ele estava agora mais confiante do que nunca de que sua valiosa esperança se realizaria, e sabia que ninguém poderia tirá-la dele. Joe disse que suas lágrimas, na verdade, eram de alegria. Ele morreu mais tarde naquela mesma noite.”

Qual era a esperança que sustentava Joe enquanto sua doença piorava? Era a promessa de Jeová Deus, de vida eterna com saúde perfeita no Paraíso na Terra. (Salmo 37:10, 11, 29) Revelação (Apocalipse) 21:3, 4 diz: “A tenda de Deus está com a humanidade . . . [Ele] enxugará dos seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem haverá mais pranto, nem clamor, nem dor. As coisas anteriores [inclusive os muitos problemas atuais] já passaram.”

Esperança até mesmo para os mortos

Para Joe, sua esperança se cumprirá quando ele voltar da sepultura. De fato, ele foi consolado pela promessa de Jesus de que “todos os que estão nos túmulos memoriais” — os mortos que estão na memória de Deus — voltarão do sono da morte. (João 5:28, 29) Você está triste porque alguém da família ou um amigo morreu? Se estiver, a esperança da ressurreição também pode animá-lo. Deve-se admitir que essa esperança não elimina o sentimento de perda quando morre alguém que amamos. O próprio Jesus ‘se entregou ao choro’ quando seu amigo Lázaro morreu. Mas essa esperança realmente alivia a dor. — João 11:14, 34, 35; 1 Tessalonicenses 4:13.

 Kirsten diz: “Quando Joe perdeu sua batalha contra o câncer, achei que nunca mais seria feliz de novo. Mesmo agora, depois de alguns anos, vejo que minha vida neste mundo nunca mais será a mesma. Joe deixou um vazio que não há como preencher. Mas posso dizer com sinceridade que voltei a ter paz mental e alegria.”

As palavras de Kirsten nos lembram que, no mundo atual, não podemos esperar ficar alegres o tempo todo. A vida tem altos e baixos. E há ocasiões em que devemos ficar tristes, quando expressões de alegria são completamente inapropriadas. (Eclesiastes 3:1, 4; 7:2-4) Além disso, alguns talvez tenham de lutar contra a depressão, que pode ter muitas causas. No entanto, as promessas da Bíblia são muito consoladoras, e a sabedoria incomparável que encontramos nela pode ajudar-nos a evitar as muitas armadilhas que trazem infelicidade. Deus diz: “Quanto àquele que me escuta, residirá em segurança e estará despreocupado do pavor da calamidade.” — Provérbios 1:33.

Sem dúvida, Jeová está muito interessado em nosso bem-estar. Ele quer que sejamos felizes — não superficialmente, mas no íntimo, e não apenas por poucos anos, mas para sempre! É por isso que seu Filho fez essa declaração memorável: “Felizes os cônscios de sua necessidade espiritual.” (Mateus 5:3) Seremos sábios se levarmos a sério suas palavras.

[Quadro/Foto na página 9]

Nove ingredientes para a felicidade

1. Dê valor a coisas espirituais. — Mateus 5:3.

2. Esteja satisfeito com o que tem e evite “o amor ao dinheiro”. — 1 Timóteo 6:6-10.

3. Mantenha os prazeres no devido lugar. — 2 Timóteo 3:1, 4.

4. Seja generoso e empenhe-se pela felicidade de outros. — Atos 20:35.

5. Seja grato e veja o lado bom da vida. — Colossenses 3:15.

6. Tenha um espírito perdoador. — Mateus 6:14.

7. Escolha bem suas amizades. — Provérbios 13:20.

8. Cuide bem de sua saúde e evite maus hábitos. — 2 Coríntios 7:1.

9. ‘Alegre-se na esperança’ que a Bíblia lhe oferece. — Romanos 12:12.

[Fotos nas páginas 8, 9]

A esperança bíblica de viver num novo mundo é muito consoladora