Pular para conteúdo

Pular para sumário

A influência dos jornais

A influência dos jornais

 A influência dos jornais

Quando a Primeira Guerra Mundial pôs fim à monarquia na Alemanha, um governo social-democrata subiu ao poder em Berlim. Mais tarde, os comunistas tentaram derrubar esse novo governo. Tanto os comunistas como o governo perceberam que controlar a imprensa significaria controlar não só a opinião pública, mas também o próprio povo. Assim, iniciou-se uma batalha ferrenha pelo poder da imprensa.

NOS últimos séculos, os jornais têm influenciado a cultura e a política, têm desempenhado um papel importante nos negócios e afetado a vida de milhões de pessoas. Como eles influenciam você?

A Alemanha aparentemente tornou-se o berço do primeiro jornal europeu, em 1605. Em alguns lugares hoje, cerca de 3 em cada 4 pessoas com mais de 14 anos lêem um jornal diariamente. Enquanto certos países em desenvolvimento têm menos de 20 exemplares de jornal para cada 1.000 habitantes, a Noruega tem mais de 600. No mundo todo, cerca de 38 mil jornais competem pelo público leitor.

Em todos os lugares, os jornais informam o público sobre assuntos importantes. Mas fazem mais do que isso, fornecem informações com as quais os leitores formam opinião. “A leitura diária do jornal”, diz Dieter Offenhäusser, da comissão alemã da Unesco, influencia “nossa atitude, nossa conduta e até nossos valores básicos de moral”.

Os historiadores dizem que os jornais instigaram, apoiaram e justificaram guerras. Citam como exemplo a Guerra Franco-Prussiana, de 1870-​71, a Guerra Hispano-​Americana, de 1898 e a Guerra do Vietnã, de 1955-​75. Escândalos publicados em jornais arruinaram a vida de muitos executivos, cientistas, astros e políticos. No famoso escândalo de Watergate, na década de 70, o jornalismo investigativo deu início a uma série de eventos que levaram à renúncia do presidente dos EUA, Richard M. Nixon. De fato, para o bem ou para o mal, a imprensa exerce muita influência e não pode ser desconsiderada.

Mas como se iniciou essa influência? Até que ponto podemos confiar no que lemos nos jornais? Embora úteis, que cuidados devemos ter?

[Foto na página 3]

Batalha pelo controle da imprensa em Berlim, após a Primeira Guerra Mundial