Pular para conteúdo

Pular para sumário

Em breve — o fim de todos os desastres

Em breve — o fim de todos os desastres

 Em breve — o fim de todos os desastres

“Filhos e filhos dos filhos. Ouçam! . . . Mais cedo ou mais tarde esta montanha se incendiará. Mas antes disso, haverá estrondos, bramidos e terremotos. Fumaça, chamas e clarões serão expelidos, o ar estremecerá, trovejará e rugirá. Fujam enquanto puderem . . . Se não derem ouvidos, se propriedades e bens forem mais preciosos do que a vida, a montanha punirá sua negligência e ganância. Não se prendam ao seu lar; fujam sem hesitação.”

ESSE aviso, do livro Earth Shock (Terra em Choque), de Andrew Robinson, foi inscrito numa placa em Portici — uma cidade ao sopé do monte Vesúvio, na Itália — após a erupção do vulcão em 1631. A erupção ceifou mais de 4 mil vidas. “Por uma ironia do destino”, diz Robinson, “foi essa erupção de 1631 . . . que tornou o Vesúvio famoso”. Como? A reconstrução de Portici levou à descoberta de Herculano e Pompéia. Ambas as cidades tinham sido soterradas quando o Vesúvio entrou em erupção em 79 EC.

 Plínio, o Moço, um romano que sobreviveu ao desastre e depois se tornou governador, escreveu a respeito dos tremores incomuns que serviram de aviso. Ele, sua mãe e outros reagiram ao aviso e sobreviveram.

Um sinal de aviso para nossos dias

Atualmente, estamos nos aproximando rapidamente do fim dos sistemas econômico, social e político do mundo. Como sabemos disso? Jesus Cristo predisse uma série de acontecimentos mundiais que forneceriam um sinal indicando que o dia de ajuste de contas está próximo. Assim como um vulcão que troveja e expele fumaça e cinzas, esse sinal composto inclui grandes guerras, terremotos, fome e doenças que de fato, desde o ano de 1914, têm devastado o mundo numa escala sem precedentes. — Mateus 24:3-8; Lucas 21:10, 11; Revelação (Apocalipse) 6:1-8.

Mas o sinal de aviso de Jesus também contém uma mensagem de esperança. Ele disse: “Estas boas novas do reino serão pregadas em toda a terra habitada, em testemunho a todas as nações; e então virá o fim.” (Mateus 24:14) Note que Jesus chamou a mensagem do Reino de “boas novas”. E realmente são boas notícias porque o Reino de Deus, um governo celestial às mãos de Cristo Jesus, corrigirá todo o estrago que os humanos têm causado. Além disso, fará cessar os desastres naturais. — Lucas 4:43; Revelação 21:3, 4.

De fato, enquanto viveu como homem na Terra, Jesus mostrou o poder que tinha sobre as forças da natureza por acalmar uma tempestade que ameaçava vidas. Maravilhados e tomados de temor, seus discípulos disseram: “Quem é realmente este, porque dá ordens até mesmo aos ventos e à água, e eles lhe obedecem?” (Lucas 8:22-25) Atualmente, Jesus não é mais um mero humano, mas um espírito poderoso. Assim, controlar os elementos naturais para que não causem danos a seus súditos não será nenhum problema para Jesus! — Salmo 2:6-9; Revelação 11:15.

Alguns podem encarar tudo isso como uma ilusão. Mas tenha em mente que a profecia bíblica — diferentemente das promessas e predições humanas — tem uma história infalível de cumprimentos, incluindo as profecias que nós temos visto cumprir-se desde 1914. (Isaías 46:10; 55:10, 11) Sim, o futuro pacífico da Terra está garantido. E o nosso futuro também estará, se levarmos a sério a Palavra de Deus e acatarmos seu aviso amoroso referente aos eventos que em breve abalarão a Terra. — Mateus 24:42, 44; João 17:⁠3.

[Quadro/Foto na página 11]

QUE ESPERANÇA HÁ PARA OS QUE PERDEMOS NA MORTE?

QUANDO perdemos na morte uma pessoa amada, talvez nos sintamos esmagados pela dor. A Bíblia nos diz que Jesus chorou quando seu querido amigo Lázaro morreu. Mas apenas alguns minutos depois, Jesus realizou um milagre espantoso — trouxe Lázaro de volta à vida! (João 11:32-44) Ao fazer isso, Jesus deu a toda a humanidade uma base sólida para confiar na promessa surpreendente que ele já fizera durante seu ministério, quando disse: “Vem a hora em que todos os que estão nos túmulos memoriais ouvirão a voz [de Jesus] e sairão.” (João 5:28, 29) Que a esperança preciosa da ressurreição para a vida num paraíso na Terra console todos os que perderam pessoas amadas. — Atos 24:15.

[Fotos na página 10]

Está dando atenção ao aviso de que o mundo atual está nos últimos dias?

[Crédito da foto na página 10]

USGS, David A. Johnston, Cascades Volcano Observatory