Pular para conteúdo

Pular para sumário

Observando o Mundo

Observando o Mundo

 Observando o Mundo

Um touro na loja de porcelanas

Você já pensou no que aconteceria se um touro entrasse numa loja de porcelanas? A BBC News relatou que, por incrível que pareça, isso aconteceu em Lancashire, Inglaterra. O touro em questão escapou de um leilão de animais, e entrou numa de loja de antiguidades. “É uma loja que vende porcelana antiga e, como era de esperar, várias peças de valor ficaram esmigalhadas”, disse um jornal que noticiou o ocorrido. Com a permissão do dono do touro e levando-se em conta os riscos envolvidos em se tentar capturá-lo, optou-se por sacrificá-lo. A polícia isolou a área e deu um tiro no animal encurralado na loja.

 Campeão mundial de raios

Pesquisadores analisaram dados colhidos por um sensor no espaço e descobriram que “o Brasil tem a maior incidência mundial de raios”, relatou o jornal O Globo. “São de duas a três descargas elétricas por segundo, o que perfaz um total de 70 milhões a cada ano.” Qual é a causa disso? As grandes áreas cobertas por florestas tropicais e as altas temperaturas criam o ambiente ideal para freqüentes tempestades elétricas. Além de tirar a vida de cerca de cem brasileiros por ano, estima-se que os raios causem prejuízos de uns 200 milhões de dólares a linhas de distribuição e transmissão de energia, redes de telefonia, indústrias e outras instalações. E, ao contrário do que muitos acreditam, “raios caem três, cinco, dez vezes no mesmo lugar”, disse o cientista Osmar Pinto Jr., do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Espionagem com celular

Telefones celulares com câmera embutida vêm pondo em risco o sigilo em assuntos comerciais confidenciais, relatou o jornal alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung. No início, as câmeras eram consideradas apenas um acessório a mais para promover a venda de celulares. Mas nos celulares de última geração, a resolução das fotos digitais tiradas por essas câmeras melhorou bastante, tornando-se um grande problema para os agentes de segurança de muitas empresas. Ao contrário das câmeras convencionais, elas não chamam atenção e permitem que se transmita a foto instantaneamente. Assim, esses celulares tornaram-se a ferramenta perfeita para a espionagem industrial. Mesmo que o intruso seja interceptado, o estrago já foi feito. É por isso que muitas empresas proibiram o uso de celulares com câmera embutida em áreas de sigilo profissional — departamentos de projetos e locais onde novos modelos de produtos estão sendo testados.

Aumentam tragédias no trânsito

“Acidentes de trânsito matam milhares de pessoas a mais do que crimes violentos”, noticiou o jornal espanhol El País. Na Europa, os acidentes trágicos nas estradas resultam em 55 mil mortes e 3,5 milhões de feridos anualmente. Na Espanha, 35% das fatalidades na estrada atingem pessoas entre 15 e 29 anos, tornando os acidentes de trânsito a principal causa de morte nessa faixa etária. “É o problema de saúde pública mais grave”, disse Jeanne Picard Mahaut, porta-voz de La Ligue, organização não-governamental para melhorar a segurança nas estradas. “Se vocês não acreditam em mim”, disse ela, “conversem com os médicos que trabalham no pronto-socorro nos fins de semana”. Entre outras medidas, La Ligue e dois outros grupos europeus pedem que as montadoras instalem nos veículos bloqueadores de velocidade e “caixas-pretas”, para revelar a possível causa do acidente.

Ano ruim para as geleiras alpinas

Para as geleiras alpinas, o verão tórrido de 2003 foi “a pior estação de que se tem lembrança”, disse o jornal italiano Corriere della Sera. Em resultado de verões cada vez mais quentes e temperaturas médias mais altas, a neve e o gelo acumulados nas montanhas no norte da Itália estão derretendo “numa escala nunca vista”. Uma das muitas surpresas que o gelo derretido deixou à mostra foi um canhão de 3.300 quilos, de fabricação austríaca, encontrado a uma altitude de 3.178 metros acima do nível do mar. A artilharia era usada para atacar as posições italianas durante a Primeira Guerra Mundial. “Achados assim vêm se tornando cada vez mais comuns nos últimos 20 anos”, declarou o artigo. “Os verões cada vez mais quentes transformaram as geleiras em freezers com a porta aberta.”

Suicídios na Coréia do Sul

Vem ocorrendo um aumento constante no número de suicídios na Coréia do Sul ano após ano, desde 1999, relatou o jornal The Korea Times. “Nos últimos meses”, disse um artigo, “quase que diariamente tem havido relatos de casos trágicos de pessoas que tiraram a própria vida, principalmente devido a dificuldades financeiras, como dívidas com cartões de crédito, mas também por se entregarem ao desespero. Segundo estatísticas da Agência Nacional da Polícia, um total de 13.055 pessoas cometeram suicídio [em 2002], um aumento de 6,3% comparado com os 12.277 do ano anterior. Isso significa que 36 pessoas se matam por dia — 1,5 por hora”. Mas há um detalhe mais alarmante ainda: “Pais desesperados estão optando por tirar a vida de seus filhos primeiro e depois se suicidarem.” Exemplo disso foi o de uma mulher de 37 anos que cometeu suicídio ao saber que o marido havia perdido o equivalente a 140 mil dólares na bolsa de valores. O filho de 14 e a filha de 12 anos foram encontrados mortos também. “Psicólogos dizem que cada vez mais pessoas estão sendo levadas a cometer suicídio, uma vez que a sociedade não consegue dar-lhes esperança de vencer as dificuldades”, conclui o artigo.

Viagem e saúde

“No mundo inteiro, mais de uma entre nove pessoas que viajam desenvolvem doenças respiratórias”, disse o jornal canadense The Medical Post. Foi o que revelou um estudo realizado pela Geo-Sentinel — parceria entre a Sociedade Internacional de Medicina de Viagem e os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos. A Geo-Sentinel recebe informações sobre saúde de uma rede de comunicação e de coleta de dados de 25 clínicas de medicina de viagem no mundo todo. Entre janeiro de 1997 e dezembro de 2002, passaram por essas clínicas 18.817 viajantes, dos quais 2.173 foram diagnosticados com males desde dor de garganta, infecção no ouvido e sinusite até pneumonia, bronquite e infecções micobacteriáceas. Recomenda-se a pessoas que viajam a países de alto risco que verifiquem a validade de suas vacinas e pensem na possibilidade de tomar uma vacina contra gripe, independentemente da época do ano. Segundo a infectologista Dra. Isabelle Nuttall, da Organização Mundial da Saúde, a boa higiene é a melhor defesa contra doenças bacterianas ou viróticas. Ela declarou: “Se existe uma recomendação que queremos repetir vez após vez é esta: ‘Lavem as mãos!’”.