Pular para conteúdo

Pular para sumário

De Nossos Leitores

De Nossos Leitores

 De Nossos Leitores

Clima. Escrevo esta carta para agradecer pela série de artigos “O que está acontecendo com o clima?” (8 de agosto de 2003). Admito que achei estranha a declaração: “Apesar das aflições que causam, . . . esses eventos catastróficos podem ter um efeito benéfico.” Mas depois, quando li a próxima sentença: “Podem mover pessoas a mostrar amor e preocupação para com o próximo”, eu tive de concordar. Enfrentamos diariamente todo tipo de aflição — e não apenas catástrofes. Por isso eu preciso ter sempre em mente que, não importa o mal que aconteça, há também um lado bom.

S. T., Japão

Ajuda humanitária. Eu li o artigo “Algo que nenhuma tempestade pode destruir” (8 de agosto de 2003). A maneira como as Testemunhas de Jeová enfrentaram as situações de emergência causadas pelos desastres naturais me fez ter muito orgulho de fazer parte dessa organização. Obrigado por publicarem artigos como esse, que nos ajudam a manifestar qualidades que nenhuma tempestade pode destruir.

M. P., Itália

Eu passei por muitas catástrofes na vida, incluindo enchentes e terremotos. Em 1989, um terremoto atingiu a minha cidade enquanto eu fazia a obra de pregação de casa em casa. O rapaz de 14 anos que me acompanhava entrou em pânico e se pôs a correr. Eu o peguei pela mão e orei para que ele se acalmasse. Em questão de segundos, cabos de eletricidade estavam no chão por todo lado em nossa volta. As pessoas ficaram em pânico. Na minha casa havia uma rachadura enorme no chão de concreto. Mas naquela mesma tarde, voltamos a fazer o serviço de pregação de casa em casa para ajudar os outros a enfrentar o desastre. Esse artigo me trouxe tantas recordações!

B. S., Estados Unidos

Muito obrigada por publicarem artigos tão animadores como “Algo que nenhuma tempestade pode destruir”. Chorei ao ler o artigo. Com certeza, nenhuma tempestade pode destruir o amor que temos por concristãos e o amor altruísta que temos pelo próximo.

I. A., Japão

Abuso de drogas. Muito obrigado pela série de artigos “Abuso de drogas na família — o que você pode fazer?” (8 de abril de 2003). Eu venho estudando a Bíblia com as Testemunhas de ­Jeová há algum tempo, mas não consigo fazer progresso espiritual devido ao problema das drogas. Ao ler o quadro “Ajuda para a recuperação de viciados em droga”, cheguei à conclusão de que ler a Bíblia diariamente e aplicar seus princípios ajudarão a me recuperar. O fato, também, de saber que Deus realmente se importa comigo faz diferença.

R. S. A., Brasil

Crianças estressadas. Quero agradecer de coração pela série de artigos “Crianças — estão amadurecendo rápido demais?” (22 de abril de 2003). Foi exatamente o assunto que eu estava precisando. Estou criando a minha filha sozinha e sou evangelizadora de tempo integral. Minha agenda é muito aper­tada. Às vezes me preocupo se sou uma boa mãe ou se exijo demais da minha filha. Ajudou muito saber em que posso melhorar. Quero desfrutar agora a infância da minha filha e quero que ela a desfrute também. Na realidade, todos os seus artigos são edificantes, mas artigos como esse me dão muita força.

M. D. E., México

Uma criança procura a Deus. Tenho 11 anos. Li o artigo “Desejo aprender mais sobre Jeová” (22 de abril de 2003). Fiquei animada ao ler sobre o esforço dessa menina, um ano mais velha do que eu, para estudar sobre ­Jeová. Agora eu quero sair e dar testemunho a outros.

Y. T., Japão