Pular para conteúdo

Pular para sumário

De Nossos Leitores

De Nossos Leitores

 De Nossos Leitores

Espantosos sentidos da vida. Tenho 15 anos e leio suas revistas desde que fui alfabetizada. Agradeço a série de artigos “Os espantosos sentidos da vida — Você os aprecia?” (8 de março de 2003). Os artigos são fascinantes. Obrigada pelo trabalho árduo e pela pesquisa envolvidos na matéria de todos os números de Despertai!. Mal posso esperar pelo próximo!

H. S., Estados Unidos

Essa série de artigos me fez ver como nós somos complexos. Fiquei espantado de constatar que a ponta do dedo consegue detectar um ponto de apenas três mícrons de altura. Jeová deve mesmo se importar com sua criação porque deu tanta consideração a um detalhe tão pequeno!

E. R., Austrália

Mártir espanhol. Obrigada de coração pelo artigo “Um homem que preferiu obedecer a Deus” (8 de março de 2003). Fiquei emocionada de ler como Antonio Gargallo, com apenas 19 anos e recém-batizado como cristão, manteve a integridade quando teve de tomar repentinamente uma séria decisão. Aprendi que Jeová pode nos dar muita força e paz interior se tivermos a determinação de fazer a sua vontade.

M. T., Itália

Muito obrigada por essa curta, mas poderosa, experiência. As lágrimas escorriam pelo meu rosto enquanto a lia. Fiquei especialmente emocionada de ler a carta que Antonio Gargallo escreveu à irmã e à mãe antes da execução. Por favor, continuem a escrever sobre cristãos que mantiveram a integridade a Jeová diante da morte, para que a nossa fé também seja fortalecida.

R. O., Nigéria

Calçados. Obrigada pelo artigo “Seus calçados são realmente confortáveis?” (8 de março de 2003). Eu tinha problemas com os pés já por anos e fiz várias pequenas cirurgias nos dedos do pé. Finalmente descobri que um pé era ligeiramente maior que o outro. Visto que calcei muitos anos um número errado, agora tenho de usar calçados ortopédicos.

R. G., Estados Unidos

O artigo está ótimo. No entanto, vocês não mencionam que a melhor hora para comprar calçados é geralmente no final da tarde, quando os pés podem estar inchados.

A. W., Canadá

“Despertai!” responde: Agradecemos sua informação. Queira ler o item “Problemas de saúde causados pelos sapatos” na seção “Observando o Mundo” do número de 8 de agosto de 1999.

Colar na escola. Gostaria de agradecer pelo artigo “Os Jovens Perguntam  . . . O que há de mais em colar?” (22 de janeiro de 2003). Estou estudando na universidade e comecei a colar quando estava na quinta série. Sempre me perguntava se colar era certo ou errado, mas nunca consegui encontrar a resposta. Por isso, esse artigo é um verdadeiro tesouro. Vou mudar de atitude — a começar pelo próximo exame, para o qual já estou estudando.

S. Y., Ucrânia

Prostituição infantil. Obrigada pela série de artigos “Prostituição infantil — uma trágica realidade” (8 de fevereiro de 2003). O que particularmente tocou meu coração foi que, apesar de o artigo ter abordado um assunto aflitivo, as vítimas foram consoladas com uma esperança. Os relatos mencionados eram exatamente o que eu mesma vivi. Isso mostra que, mesmo nesse velho sistema, as feridas desse terrível trauma podem ser curadas em grande medida — com a ajuda de Jeová.

P. R., Alemanha