Pular para conteúdo

Pular para sumário

De Nossos Leitores

De Nossos Leitores

 De Nossos Leitores

Elogio a Despertai!. Parabéns por essa excelente publicação. Despertai! é uma revista que dá esperança. A primeira vez que a li foi quando uma vizinha me deu dois exemplares na ocasião em que meu marido morreu. Eu estava péssima e não queria ver ninguém. Mas depois de ler as revistas, fiquei mais calma e me dei conta de que a vida continuava. Algum tempo depois, minha filha me trouxe mais dois exemplares que havia ganhado de uma enfermeira no hospital. Posteriormente algumas Testemunhas de Jeová me contataram na rua e me deram mais alguns exemplares. Sempre que me sinto deprimida, leio e releio as revistas que tenho em casa. Elas só ensinam o que é bom e ajudam as pessoas a serem mais compreensivas.

I. Y. A., Rússia

Fraquezas. Quero agradecer-lhes pelo artigo “O Conceito da Bíblia: Será que Deus não leva em conta as nossas fraquezas?” (8 de novembro de 2002). Esta sem dúvida foi a melhor ajuda que recebi, pois compreendi como Deus encara as nossas fraquezas.

E. C., Estados Unidos

Eu vinha orando a Jeová sobre um problema pessoal. Esse artigo foi uma resposta às minhas orações. Ao terminar de lê-lo, fiz uma oração agradecendo a Jeová.

M. S., Japão

Teclados. Não posso deixar de lhes agradecer pelo artigo sobre teclados intitulado “Consegue distingui-los?” (8 de novembro de 2002). Sempre apreciei a música — principalmente o piano — e tenho vontade de aprender alguns cânticos que cantamos no Salão do Reino. Depois de ler esse artigo, fiquei animada para aprender a tocar o sintetizador que há muitos anos tenho encostado em casa.

V. T., Estados Unidos

Como sou clarinetista e grande apreciador da música, sempre tive vontade de aprender a tocar instrumentos de teclado. Há seis anos comecei a estudar piano e isso só foi possível graças ao teclado, pois eu não tinha condições de adquirir um piano. O teclado simula o som do piano e do cravo.

S. T., Escócia

Estudo música na escola. Aprendi um pouco sobre instrumentos de teclado, mas não sabia como eram feitos nem como funcionavam. As explicações simples e as fotos interessantes do artigo me ajudaram a entender melhor o assunto. Muito obrigada!

A. M., Japão

Cavalo Louco. Agradeço-lhes pelo artigo “Cavalo Louco: um monumento esculpido na montanha” (8 de novembro de 2002). Chegou bem na hora em que eu estava precisando de matéria para um trabalho escolar sobre os índios sioux e cheyenne e sobre seu modo de vida. A professora elogiou o meu trabalho. Muito obrigada!

F. V., Estados Unidos

Reencontro. Ao terminar de ler o artigo “Um surpreendente reencontro após 30 anos” (22 de outubro de 2002), sinto um misto de gratidão, alegria e tristeza. Fico feliz por Mark Ruge e Dennis Sheets, que decidiram servir a Jeová. Mas é triste dizer que nem todos os meus cinco filhos fizeram essa escolha, embora tenham sido criados como cristãos. Quanta dor poderiam evitar se procurassem seguir a Deus! Oro constantemente para que um dia isso aconteça. Muito obrigada pelo artigo. Era o que eu realmente estava precisando.

M. O., Estados Unidos