Pular para conteúdo

Pular para sumário

Sua iniciativa foi recompensada

Sua iniciativa foi recompensada

 Sua iniciativa foi recompensada

MUITAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ JOVENS SÃO exemplares — não têm medo de falar sobre a sua fé. Veja o caso de Stella, uma adolescente de Salonica, Grécia. “Em uma das nossas reuniões cristãs”, disse ela, “foram analisadas maneiras de usar os nossos vídeos para ajudar as pessoas a conhecer a Jeová. Eu pensei bem e planejei um modo de usar o vídeo Testemunhas de Jeová — A Organização Que Leva o Nome. No dia seguinte, fui falar com o diretor da escola e perguntei sobre a possibilidade de passarmos o vídeo para os alunos da minha classe. Mal pude acreditar quando ele respondeu que por ele estava tudo bem. Só que ele teria de consultar os outros professores.

“Mais tarde naquele mesmo dia, o diretor me disse que estava tudo certo. Podíamos passar o vídeo na semana seguinte. Mas só depois das aulas. Fiquei desapontada. Eu achava que os meus colegas não iriam querer ficar depois das aulas para assistir ao vídeo. Mesmo assim, no dia seguinte convidei a todos. Por incrível que pareça, eles não só aceitaram o convite, mas também convidaram alunos de outras classes. Seis professores, incluindo um teólogo, estavam presentes.

“Todos prestaram muita atenção. Depois, o diretor me chamou para uma sessão de perguntas e respostas. Muitos estudantes ficaram impressionados de ver no vídeo o trabalho voluntário que é executado na sede das Testemunhas de Jeová. ‘Eles não são pagos e mesmo assim cumprem as suas tarefas com alegria!’, disse um aluno.

“Eu falei a todos os presentes sobre as nossas publicações baseadas na Bíblia. Também distribuí a todos o panfleto Notícias do Reino N.° 36, ‘O novo milênio: o que você pode esperar do futuro?’. O diretor pediu mais exemplares para os professores que não haviam comparecido.

“Depois, muitos alunos contaram aos amigos sobre o vídeo. Fiquei contente por não ter perdido essa oportunidade de dar testemunho. Hoje os alunos me tratam com mais respeito e, acima de tudo, mostram respeito pelo Deus a quem eu adoro!”