Pular para conteúdo

Pular para sumário

Quando surge um problema de saúde

Quando surge um problema de saúde

 Quando surge um problema de saúde

“Foi como se eu tivesse levado um soco no estômago.” — John, ao saber que tinha uma doença debilitante.

“Fiquei apavorada.” — Beth, depois de se dar conta da gravidade do seu problema de saúde.

UMA das coisas mais dolorosas que podem acontecer com alguém é saber que tem uma doença crônica e incapacitante ou que os ferimentos causados por um acidente o deixarão com uma deficiência permanente. Não importa onde a pessoa seja informada de sua doença ou deficiência — quer em um tranqüilo consultório médico, quer em uma agitada sala de emergência —, é provável que sua primeira reação seja de descrença. Poucos estão preparados para lidar com os fortes sentimentos que acometem aqueles que foram abalados por um devastador problema de saúde.

Despertai! esforçou-se para colher informações que podem ser úteis para quem recentemente se deparou com essa situação aflitiva. Entrevistamos várias pessoas de diversos países que têm conseguido lidar com doenças crônicas e debilitantes durante muitos anos. Pedimos que elas respondessem a questões como: que sentimentos você teve? O que o ajudou a enfrentar a crise e recuperar o equilíbrio? Que passos deu para conseguir ter novamente uma certa medida de controle sobre a própria vida? Além desses comentários de pessoas que conhecem o problema por experiência própria, citamos também descobertas de pesquisadores que estudam os efeitos de doenças prolongadas. Cremos que essas informações ajudarão aqueles que enfrentam graves problemas de saúde. *

[Nota(s) de rodapé]

^ parágrafo 5 Esta série de capa é dirigida especialmente aos doentes ou deficientes. A série “Como a família pode lidar com uma doença crônica” (na Despertai! de 22 de maio de 2000) trouxe informações para os que cuidam dos doentes.