Pular para conteúdo

Pular para sumário

Em breve, a solução!

Em breve, a solução!

 Em breve, a solução!

IMAGINE um mundo em que cada criança é realmente apreciada, amada e abençoada com pais cuidadosos e amorosos que têm o desejo sincero de lhe dar a melhor orientação possível. Imagine um mundo onde toda criança é tanto física quanto mentalmente saudável, onde não existem crianças de rua, nem crianças privadas da sua infância por precisarem trabalhar devido a dificuldades econômicas.

Gostaria de viver num mundo assim? É claro. Pode acreditar nisso? As Testemunhas de Jeová acham que sim, por duas razões.

Os pais podem ajudar na solução

Sem dúvida você concorda que os adultos têm o poder de solucionar — às vezes até de prevenir — alguns problemas das crianças, desde que se disponham a isso, naturalmente. De fato, os próprios pais  têm uma das chaves para solucionar o problema.

Por exemplo, se os adultos seguirem o conselho bíblico de que “a esposa não [deve se afastar] de seu marido . . . e o marido não deve deixar a sua esposa”, seus filhos não sofrerão vivendo num lar desfeito pela separação ou pelo divórcio. — 1 Coríntios 7:10, 11.

Se estiverem dispostos a seguir o conselho bíblico de ‘andar decentemente, não em festanças e em bebedeiras’, seus filhos não sofrerão por ter pais alcoólatras ou viciados em drogas. — Romanos 13:13; Efésios 5:18.

Se estiverem dispostos a seguir o conselho bíblico de ‘abster-se de fornicação’, ajudarão a diminuir o risco de seus filhos crescerem se sentindo indesejados, talvez em uma família uniparental. — 1 Tessalonicenses 4:3; Mateus 19:9.

Se estiverem dispostos a seguir o conselho bíblico: “Não estejais exasperando os vossos filhos, para que não fiquem desanimados”, e a ‘amar seus filhos’, esses não sofrerão a dor física e mental causada por vários tipos de maus-tratos. — Colossenses 3:21; Tito 2:4.

Em resumo, será que haveria milhões de crianças indesejadas e sem amor se todos os adultos estivessem dispostos a seguir o conselho bíblico dado por Jesus: “Todas as coisas, portanto, que quereis que os homens vos façam, vós também tendes de fazer do mesmo modo a eles”? — Mateus 7:12.

Felizmente, muitos adultos estão dispostos a fazer tudo o que foi mencionado acima. Mas é triste dizer que nem todos estão, e aí é que está o problema. Mesmo os que estão dispostos percebem às vezes que seus esforços são frustrados pela imperfeição humana e por coisas além do seu controle. Os humanos podem solucionar os problemas das crianças em parte, mas é óbvio que são incapazes de conseguir a solução definitiva.

O governo divino trará a solução definitiva

O escritor John Ruskin, mencionado no artigo anterior, acreditava fortemente que “o primeiro dever do Estado é cuidar para que cada criança nascida sob seus cuidados receba abrigo, roupa, comida e estudo apropriados, até que atinja a maioridade”. Ruskin admitiu, porém, que “a fim de [realizar] isso o Governo deve exercer autoridade sobre as pessoas de um modo que nós hoje só podemos sonhar”.

Somente um governo que contasse com o apoio de Deus poderia ter a autoridade positiva mencionada por Ruskin. E esse governo foi prometido por Jesus em Mateus 6:9, 10. Quando assumir o controle total dos assuntos na Terra, o governo de Deus exercerá sua autoridade sobre todos os povos, dando abrigo, roupa, alimento e educação a todos os seus súditos, incluindo as crianças. (Isaías 65:17-25) Mas esse governo perfeito fará ainda mais.

O Reino de Deus restaurará a humanidade a uma condição perfeita, permitindo que os filhos sejam criados de forma perfeitamente equilibrada. (Jó 33:24-26) As crianças serão criadas no espírito de paz e fraternidade universal, o ideal mencionado na Declaração dos Direitos da Criança, da ONU. (Salmo 46:8, 9) Nunca mais haverá necessidade de um Ano Internacional da Criança ou de uma Convenção sobre os Direitos da Criança.

Para Cristo Jesus, o Rei desse governo celestial, será uma tarefa simples restaurar a saúde perfeita aos pais e às crianças deficientes. Os milagres de cura que ele fez quando estava na Terra são garantia disso. (Lucas 6:17-19; João 5:3-9; 9:1-7) Nem a ressurreição de crianças e de pais que morreram estará fora do seu alcance. — Mateus 9:18-25.

Como é bom saber que está próximo o tempo em que Deus vai agir a favor das crianças da Terra!

 [Quadro/Fotos na página 12]

Ajuda para os jovens

As Testemunhas de Jeová estão muito interessadas tanto em ajudar os jovens a evitar problemas como em lhes mostrar como lidar da melhor maneira com problemas inevitáveis. Assim, no decorrer dos anos, elas publicaram várias ajudas para atender às necessidades dos jovens, da pré-escola à adolescência. Essas publicações incluem os livros Meu Livro de Histórias Bíblicas e Os Jovens Perguntam — Respostas Práticas, bem como o vídeo Os Jovens Perguntam . . . Como Fazer Verdadeiros Amigos?. Você poderá obtê-los com as Testemunhas de Jeová na sua localidade ou por meio dos editores desta revista.

Quanto aos seus próprios filhos, as Testemunhas de Jeová mostram-lhes que são apreciados e amados conversando regularmente com eles sobre seus problemas. Os pais muitas vezes usam as excelentes matérias encontradas nas publicações mencionadas acima como base para um programa progressivo e regular de treinamento dos jovens. Talvez você queira fazer o mesmo por seus filhos.