Pular para conteúdo

Pular para sumário

De Nossos Leitores

De Nossos Leitores

 De Nossos Leitores

Comércio mundial. Gostaria de agradecer-lhes muito pelas informações claras apresentadas no artigo “Comércio mundial: como afeta você”. (8 de setembro de 1999) Agora entendo melhor por que há um abismo tão grande entre as nações ricas e as pobres.

M. Z., Itália

Estou na faculdade de economia e recentemente terminamos de estudar sobre o comércio internacional. O artigo mencionou pontos que não havíamos discutido em aula. Vão ser úteis para mim na minha prova, no mês que vem.

H. N., Zimbábue

Laser errado? O item “Dentista sem dor?” em “Observando o Mundo” (22 de outubro de 1999) mencionou o uso do “laser de érbio (YAG) em cirurgias dentárias”. Não seria “laser de neodímio (YAG)”?

D. B., Canadá

Embora a Academia de Odontologia a Laserdescreva o “laser” de neodímio (YAG) como “o mais comumente usado em odontologia”, um artigo em “The Journal of the American Dental Association” (agosto de 1997, volume 128, páginas 1080-7) menciona o uso do “laser” de érbio (YAG) conforme descrito em “FDA Consumer”. — RED.

Palavras Cruzadas. Será que vocês não poderiam publicar as soluções das palavras cruzadas no número seguinte da revista? Eu sempre leio toda a revista antes de fazer as palavras cruzadas e é difícil ler a página das soluções sem dar uma espiada nelas.

J. L., Estados Unidos

Apreciamos a sugestão. Mas visto que “Despertai!” é distribuída de casa em casa, muitos leitores não obtêm os números sucessivos. Assim, achamos melhor publicar as soluções no mesmo número. Tente não lê-las antes de fazer as palavras cruzadas. — RED.

Bruxaria. Tenho 13 anos e tem uma menina na minha escola que acredita em bruxaria. Um dia ela me perguntou o que eu achava disso. Respondi que, como Testemunha de Jeová, não acreditava no uso de poderes ocultos. Ela não gostou muito e desde então puxou conversa sobre o assunto diversas vezes. Eu orei a Jeová pedindo ajuda e essa chegou na forma do artigo “O Conceito da Bíblia: O que há por trás da bruxaria?”. (8 de novembro de 1999) Eu lhe dei o artigo, ela o leu e desde então não questionou mais o meu ponto de vista.

K. E., Estados Unidos

Iguaria fétida. Obrigado pelo artigo “Surströmming: uma iguaria fétida”. (8 de julho de 1999) Visto que nunca tínhamos ouvido falar dele, perguntamos sobre ele a uma concrente que é natural da Suécia. Ela fez os maiores elogios a essa iguaria e algum tempo depois nos fez uma surpresa: nos deu duas latas de surströmming. Reunimos alguns irmãos da nossa congregação para prová-lo. Lembrando do aviso do artigo, abrimos as latas no jardim. Ainda bem! Nem em sonho imaginamos que o cheiro fosse tão forte. Foi impossível avaliar devidamente o sabor. Mas obrigado pelo artigo, sem o qual nunca teríamos tido essa experiência inesquecível.

C. B., Alemanha

Drogas. Recentemente realizou-se uma palestra sobre drogas na escola primária do meu filho. Distribuí exemplares da Despertai! de 8 de novembro de 1999 para a pessoa que fez a palestra e para os pais de vários jovens que têm problemas com drogas. A professora do meu filho também ficou contente de receber um exemplar. Ela mencionou que deixa Despertai! num lugar em que os filhos vão ler e depois eles se reúnem para discutir os assuntos. Obrigada por publicarem informações tão úteis para a família.

P. E. A. L., Brasil