Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

DESPERTAI! N.° 4 2016

 TEVE UM PROJETO?

O ciclo de vida da cigarra-periódica

O ciclo de vida da cigarra-periódica

AS CIGARRAS são insetos parecidos com gafanhotos. Elas são encontradas em todos os continentes, menos na Antártida. Mas a cigarra-periódica aparece apenas na América do Norte e já faz tempo que ela atrai a atenção dos biólogos.

Analise o seguinte: Milhões de cigarras-periódicas aparecem de repente na primavera, apenas por algumas semanas. Na sua curta vida ao ar livre, elas perdem a pele, cantam bem alto, voam, se reproduzem e depois morrem. Uma coisa curiosa é que a próxima geração dessas cigarras só aparece 13 ou 17 anos depois, dependendo da espécie. O que acontece com elas durante todo esse tempo?

Para responder, precisamos entender o fascinante ciclo de vida da cigarra-periódica. Cerca de uma semana depois de surgir, ela bota de 400 a 600 ovos dentro dos ramos das árvores. Ela morre logo em seguida. Depois de algumas semanas, as larvas saem dos ovos, caem na terra e passam a viver debaixo do chão. Nessa fase da vida, elas se alimentam dos nutrientes das raízes de arbustos ou de árvores por vários anos. Depois de 13 ou 17 anos, surge outra geração dessa cigarra, e um novo ciclo começa.

De acordo com um artigo da revista Nature, o complexo ciclo de vida dessas cigarras “tem deixado os cientistas confusos por séculos. . . . Até hoje, os especialistas em insetos tentam entender como o incrível ciclo de vida da cigarra-periódica evoluiu”. Esse é um dos grandes mistérios da natureza.

O que você acha? Será que o ciclo de vida da cigarra-periódica é resultado da evolução? Ou teve um projeto?

Saiba mais

LIVROS E BROCHURAS

A Vida — Teve um Criador?

O que você pensa sobre a origem da vida tem muita importância.